domingo, 11 de dezembro de 2011

E 2011 ta indo embora

Esse ano de 2011 foi um ano de muita desconstrução pra minha vida, desconsrução de valores, de amizades, de sonhos, planos, de vida etc. Como se fosse um copo de vidro que o quebramos todo para voltar ao fogo e criar uma nova peça, de preferencia de melhor qualidade, pois o vidro quando volta ao fogo ele se torna mais resistente, e mais belo.
Não foi um ano muito feliz, mas foi um ano que muitas coisas aconteceram, muitas mesmo. Voltei a fazer faculdade e dessa vez pra encerrar, ate porque ela é de graça, consegui bolsa. Deixei de lado a RCC por um tempo, fiquei mais na minha e como sempre muitos comentaram sobre mim, sobre eu estar ate namorando, quem dera... perdi alguns amigos, ganhei outros, no trabalhoas exigencias cada vez aumentam, em casa entao... e por ai vai. Não foi nada fácil, alias nao está sendo nada fácil, ate porque faltam uns 20 dias pra terminar, e em 20 dias muitas coisas ainda podems acontecer.
A única coisa que sei é que estou muito mais maduro, nao me importando tanto com as coisas ao meu redor, deixando a vida acontecer. Apesar de nao ter muita espectativa, vou seguindo minha vida, vivendo a cada instante. Nesse ano descobri que tenho um tumor benigno no ouvido que o  estou tratando, descobri que ser feliz é algo que nunca serei, por isso nao irei quebrar minha cabeça pra ser. Entre outras coisas. A solidao foi uma grande companheira. Tinha muitos planos pro ano passado, poucos realizados.
Ultimamente tenho estado bastante cético diante de muitas coisas e assim vou seguindo, correndo contra o tempo. Lutando contra as coisas que as pessoas insistem em kerer dizer ao meu respeito, já nao me incomodo com o que falam, pois sou muito mais do que insistem em difamar o que sou. Algumas pessoas tentaram amordaçar minha voz para que nao mais escrevesse em meu blog, por sentirem ameaçadas com as coisas que escrevo aqui, só que o que escrevo é sempre sobre minha vida, sobre o que acontece comigo, se isso interfere na vida delas, ai é com elas, pois em nem um momento kero atingir alguem a nao ser eu mesmo. Mas um dia entenderei porque tanta gente se incomoda tanto com minha vida, com o q digo, ou com o que faço.
Meu ano de 2011 foi um ano bem pacato, nao fiz grandes coisas, fui apenas intenso em meus momentos reservados, em minha constante solidão. Cresci muito este ano como pessoa, como alguém que busca insesantemente a calmaria, nao estar em guerra com ninguem. Por isso, entrego meu coraçaõ para que venha 2012...

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

procura-se um AMIGO...

Quero ser o teu amigo.

Nem demais e nem de menos.

Nem tão longe e nem tão perto.

Na medida mais precisa que eu puder.

Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,

Da maneira mais discreta que eu souber.

Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.

Sem forçar tua vontade.

Sem falar, quando for hora de calar.

E sem calar, quando for hora de falar.

Nem ausente, nem presente por demais.

Simplesmente, calmamente, ser-te paz.

É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!

E por isso eu te suplico paciência.

Vou encher este teu rosto de lembranças,

Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...

(FERNANDO PESSOA)

Projetando me

Há dias que passam pelas nossas vidas que melhor seriam nunca te-los vividos, é uma mistura de medo, com sei lá o que! Só sei que essas ultimas semanas t:êm sido um pouco tenebrosas em minha vida.
Já tentei de tudo pra entender o porque de tantas coisas sofriveis acometem minha vida com tanta frequencia, porem em nem uma conclusao concreta pude chegar, só sei que a cada dia que passa viver tem um gosto amargo, mas ainda sigo vivendo, nao como há muitos anos em que lutava, brigava, etc... hoje apenas vivo... ainda mais agora... Semana passada voltei ao medico otorrino, e depois de muitos meses acabei por saber que estou desenvolvendo um nerinoma acústico, é esse o bendito nome que nao sai da minha cabeça nesses ultimos dias, mas nao é nada grave ainda, apesar de ja ter perdido 35% da minha audição esquerda isso nao é nada.
Fiquei perguntando pra Deus este fim de semana o que fiz que tanto me acomete sofrer, sofrer espiritualmente, emocionalmente, profissionalmente, fisicamente e tantos outros mentes que tem por ai... Tantas lutas que já travei na vida, tantas guerras e mais uma batalha para ser vivida, claro que nao há uma gravidade ate porque é benigno por enquanto, possui o tamanho de um grao de pimenta-do-reino, que se no cuidar pode crescer e vir a tornar algo maligno.
Mas o que me doi é por que??? por que eu tive e tenho que sofrer tanto assim?? Nao consigo chegar a conclusao alguma, por mais que a ansiedade vem me visitar constantemnte, só me cabe esperar pra ver o que me reserva, fazer alguns procedimentos medicos e viver.
Hoje entendo a necessidade de viver o presente intensamente, ate por que o dia de amanha é uma grande incognita, ainda mais agora. Um mal deste tipo pode se transformar de uma noite pro dia ou mesmo de um da pra noite ou simplesmente ficar ali, incólume, intocavel.
Sei que no andar da carruagem o desespero é a pior arma que pode me visitar ou deixar expor, medo entao, nem se fala, ate porque ja passei da fase do medo.
Estou construindo pra minha vida um projeto pessoal onde me desapego de mim mesmo e do mundo externo com tudo que tenha nele, sua materialidade,sua ganancia entre outras coisas.
Percebo que preciso viver a vida, como ela é, encarar os problemas, as dores, as difculdades, a vida assimdo jeito que ela se encontra, com meus defeitos, com mnhas limitaçoes... Se estou feliz diante de tudo que a vida tem me apresentado, tenha certeza que nao, porem ficar lamentando nao é o melhor remédio e vamos viver, tratar desse tumorzinho, e curtir meu momento... na tranquilidade e na paz, sem muita preocupaçao. Estou vendo que a melhor coisa é fcar kieto no meu canto e viver no meu mundo alternativo... do jeito que posso... e venha o que vier...

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

"Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia." II Corintios 4:16



Uma mulher acordou uma manhã após a quimioterapia olhou no espelho e percebeu que tinha somente três fios de cabelo na cabeça.



Bom (ela disse) acho que vou trançar meus cabelos hoje.



Assim ela fez e teve um dia maravilhoso.



No dia seguinte ela acordou olhou no espelho e viu que tinha somente dois fios de cabelo na cabeça...



Hummm (ela disse) acho que vou repartir meu cabelo no meio hoje.



Assim ela fez e teve um dia magnífico.



No dia seguinte ela acordou olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo na cabeça.



Bem (ela disse) hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo.



Assim ela fez e teve um dia divertido.



No dia seguinte ela acordou olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça.



Yeeesss... (ela exclamou) hoje não tenho que pentear meu cabelo.



ATITUDE É TUDO!



Seja mais humano e agradável com as pessoas.



Cada uma das pessoas com quem você convive está travando algum tipo de batalha.



Viva com simplicidade.



Ame generosamente.



Cuide-se intensamente.



Fale com gentileza.



E principalmente não reclame.



Se preocupe em agradecer pelo que você é e por tudo o que tem!



E deixe o restante com Deus.

Óbvio...

Estava visitando o blog de um conhecido e achei essa frase:

"As vezes o óbvio é tão grande

que é preciso afastar-se dele

para enxergar a mensagem"

E comecei a relacioná-la com algumas situações que tenho vivido.
 
Há muitas coisas que para nós sao tao obscura, que quando menos percebemos a clareza está mais perto de nós do que imaginávamos, e essa clareza muitas vezes nos chegam um pouco tarde.
As vezes estamos do lado de um amor, de uma paixao, de um sonho, de um desejo e nao percebemos nem um pouco, só depois que passa que damos conta que o óbvio era tão óbvio e nao nos demos conta disso.
Tenho procurado entender as minimas coisas e os minimos detalhes que a vida vem pondo em meu caminho, para que esse óbvio nao me passe desapercebido e possa lamentar no final...
Já passei por muitas situações que o obvio era tao evidente que acabou sendo obscurecido.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

I come back...

Estou voltando aos trabalhos digitados neste blog, tentaram amordaçar a minha boca, calar a minha voz, mas nao estou conseguindo aguentar ficar longe disso aqui e estou voltando a escrever. Doa a quem doer... Aos perseguidore de plantao, aos espiões que se danem, eu não vou explodir de angustia somente para o bel prazer de muitos que se sentem incomodados com o que escrevo. Só penso que quem tende a kerer me criticar, perseguir, se incomodar com o que escrevo poderia ser um pouco mais audaciosa e ao inves de falar por ai, pra outros que chegassem e falassem pra mim, na minha cara... pessolamenteeeee...  e eu estou voltando, falando ainda mais de mim... os incomodados que nao leiam e larguem do meu pé... que nao to podendo hein...Por isso eu canto:

Cantaré



Ziza Fernandes


Cantaré, aunque quede sin palabras


Cantaré, aunque se apaguen las ganas


Cantaré, cuando ya se acabe el día


Cuando se abran las heridas, cantaré


Aunque todo esté perdido


Si me das tu voz...


Cantaré,aunque nadie me comprenda


Aunque me duelan las piedras,


En el medio de tormentas


Cantaré, aunque no me queden fuerzas


Malherido de tristeza


Cantaré, aunque mi alma se enmudezca


Si me das tu voz






Cantaré, yendo al frente en la batalla


Cantaré, cuando nadie me defienda


Tú serás mi fortaleza y


Cantaré, aunque las piedras me dañen


Cantaré, aunque la muerte me abrace,


Si me das tu voz, no callaré...


Mientras Tu me des aliento,cantaré...


Cantaré, porque Tú me dás palabras






Porque Tú eres mi esperanza


Porque tu amor me acompaña


Cantaré, porque Tú eres esa calma


Que da música a mi alma


Cantaré, y es que estás tan dentro mío


Que lo quiera o no...






En medio de desiertos, o sobre las montanãs


Aunque nadie me escuche, donde Tú me llevves...


segunda-feira, 1 de agosto de 2011


FUIIIIIII

Valeu a pena...

Quando achamos ter as respostas para a VIDA , ELA vem e muda a pergunta ....!!!


É com essa frase que dou uma pausa em algumas situações e alguns sentimentos... quando a gente menos espera, atinge no mais profundo do coração a necessidade de desvendar algo mais profundo ainda. E como ja expus em post anteriores tenho vivido muitas coisas de formas muito intensa, algumas expostas aqui, outras guardadas a 7 chaves em meu coração...
Durante 03 anos +/- vivi me expondo em palavras, imagens, músicas um pouco das coisas que sinto, que penso, que vivo, que me rega no meu cotidiano. Tenho lutado sem forças para vencer a mim mesmo, coisa que muitas vezes acho ser impossível, porem continuo lutando mesmo sem a espectativa de vencer... e continuarei ate quando nao faço a minima ideia... só espero esperar o tempo suficiente...
Esse final de semana pensei muito nas coisas que ouvi durante toda minha semana última, e tomo a decisão de dar uma pausa, nao na vida (apesar da vontade), mas do blog... vou tentar expressar-me de outra forma, como nao sei... só espero nao incomodar os comodados com o meu silencio...
às vezes com o tempo volte a dar o ar da graça, porém a única certeza que tenho agora e que desejo é a de ficar quieto no meu cantinho vendo a banda passar como diz a canção... e deixar a vida rolar, caminhar... mesmo que a saudade aperte e a necessidade grite para escrever, tentarei silenciar...
Mas aos amigos que acompanham meu blog, leem constantemente, se é que alguém lê essas baboseiras né, eu quero agradecer... MUITO OBRIGADO! pelos comentarios, pelo silencio, pela companhia... mas em breve retorno... um breve nao tao breve assim... Nada de grave aconteceu, só preciso colocar meu coraçao no eixo e evitar pormenores e "pormaiores" e seguir minha vida... na pacatez do dia-a-dia... Só sei de uma coisa: Valeu a pena!!
Valeu a pena os dias em que as lágrimas vieram e as consolei escrevendo aqui,
Valeu pelos dias de falta de sono em que a companhia era escrever,
Valeu a pena pelos amigos que conheci, que partilharam um pouco da vida, pelas criticas, pelos apoios, pelos medos e conquista,
Valeu a pena por hoje ser como sou, sem medo, aceitar-me como sou e nao o que outros pensam que sou,
Valeu a pena tudo o que ouvi na vida que me levou a criar este blog.
Valeu a pena eu ser eu mesmo, diante de tantas situações...
valeu a pena as dúvidas, os questionamentos, as incertezas e os talvez
Simplesmente VALEU A PENA!!!
 
Até algum dia... de vez em quando visitem, olhem, apareçam, so nao irei postar, mas sempre estarei por aqui acompanhando os amigos...
Saudades!!!! Eu tenho saudades de tudo que marcou minha vida: Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, Quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, Eu sinto saudades... Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, De pessoas com quem não mais fa...lei ou cruzei... Sinto saudades da minha infância, De meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro, Do penultimo, e daqueles que ainda vou vir a ter... Sinto saudades do presente, que não aproveitei do todo, Lembrando do passado e apostando no futuro... Sinto saudades do futuro, que se idealizado, Provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser... Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei, De quem disse que viria e nem apareceu; De quem apareceu correndo, sem tempo de me conhecer direito, De quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer. Sinto saudade dos que se foram, E de quem não me despedi direito; Daqueles que não tiveram como me dizer adeus; De gente que passou na calçada contrária da minha vida E que só enxerguei de vislumbre De coisas que tive e outras que não tive, mas quis muito ter; De coisas que nem sei como existiram, mas que se soubesse, De certo gostaria de experimentar. Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que... Não sei onde.... Para resgatar alguma coisa que nem sei o que é E nem onde perdi... E é por isso que tenho mais saudades... Porque encontrei uma palavra para usar todas as vezes em que tenho este aperto no peito, meio nostálgico, meio gostoso Mas que funciona melhor do que um sinal vital, Quando se quer falar de vida, de sentimentos. Ela é a prova inequívoca de que somos sensíveis, De que amamos muito do que tivemos e lamentamos as coisas boas que perdemos ao longo da nossa existência. "Sentir saudades é um sinal de que estamos vivos"

texto tirado do face de um amigo... resume minha nostalgia de hoje...

sexta-feira, 29 de julho de 2011



Será que estou tao gordo assim, pra me enviarem dieta, regimes etc... a parei com a palhaçada hein rsrsrsrs

no Pit stop...

Dei-me um momento pra eu parar, pensar, refletir, beber agua, criar forças e voltar a lutar... Como eu sempre disse a uma antiga amiga(Saudades!!!): EU QUERO VIVER!!! E querer viver, pra quem sofre de depressao, entre outras coisas mais, é uma decisão que tomamos diariamente, senao acho que acabamos por desistir.
Estou vivendo meu momento Se(Talvez), a música de Djavan amado amigo... alguns ao interpretá-la, dizem ser uma proposta indecente onde o cara está doido pra ter uma noite com a namorada e a namorada vive dizendo que nao sabe se libera ou nao, como se fosse tao simples assim né, rs! mas avisando aos desajuizados que meu se/talvez nao se refere a nem um tipo de conotação sexual não... mas é algo para a vida que estou vivendo. 
Diante dos problemas, das situações e dos momentos às acabamos nos perdendo em meio a tamanhas duvidas e incertezas, ontem fui ter uma conversa séria com Deus... expor minhas situações, minhas angústias e resolvi a ser o que sou, a deixar esse lado reservado de lado (ficou prolixo), a fazer do meu mundo alternativo nao tao alternativo assim... A nao permitir que me façam como peça de quebra cabeça e quando nao precisam mais jogam fora ou deixam de lado... Estou reconquistando meus valores como pessoa interna e externamente falando.
Sempre fui uma pessoa direta, porem de poucas palavras, vivi minha adolescencia e parte da minha juventude sendo sincero, falando o que penso e isso fez-me ser respeitado até hoje, e com o tempo venho perdendo essa parte tao preciosa dentro de mim, devido as amarguras, às dores e aos sofrimentos... porém hoje paro um pouco desse meu mundo alternativo e mundo real e vou aos poucos transformá-los em um só. Por isso estou no pit stop, pra reabastecer e angariar forças pra desbravar essa vida que me leva... Nao quero ser mais e nem menos que ninguém, quero ser apenas eu... 
Sei que muitos tentaram, tentam e tentarao mudar minha vida, intrometer melhor dizendo, quererao influenciar, mas levarei minha vida com minhas pernas sem fugir de mim mesmo e muito menos dos problemas e das dificuldades. Já enfrentei muita coisa, e sei que tenho muito a enfrentar ainda... mas o me Se já é um Se com resposta, com meta, pois enfrentarei o dragao e aprenderei japones em braile...





domingo, 24 de julho de 2011

Ai como eu to bandida!!!

Esse é um jargao que esta se espalhando no meio homo, como tambem no meio hetero, por que será??? Alguns acham ridículo a forma de ser de um homossexual afeminado, como diz a Valeria Vasquez: transsexual operada. Alguns caem na gargalhada, amam o que consideram "lúdico" da situação e quando vai se deparar com a realidade parece que a vida perde um pouco da graça.
Eu parabenizo o personagem que interpreta a Valéria Vasquez pois transmite com exatidão as ações de um transsexual, as palavras, os gestos, a delicadeza e a sua falta de delicadeza, a inconstancia e tudo mais, só que as pessoas nao percebem que os gays deste tipo dentro de si tem algo muito alem de caricatura, muito alem de aparencias, muito alem de jargoes. Em nem um momento querem divertir as pessoas que estao a volta, a única coisa que tem consigo que vivem intensamente a verdade... e muitas vezes achamos graça da verdade ao invés de  pararmos e pensarmos o que estamos fazendo com essa verdade em nossas vidas.
Em tempos que estamos vivendo esse apogeu sexual onde muitos querem decidir a sexualidade do outro, como devem ou naos se comportarem diante das pessoas... eu fico assustado com a receptividade das pessoas em relaçao a tal personagem... assusto-me com tamanha aceitação, porém me questiono por que que na vida real nao é assim, por que as pessoas na vida real nao aceitam os gays, as lésbicas, os bissexuais, os trans, e ficam impodom, brigando etc... quando se é pra satisfazer egos eles servem, por que quando estamos falando na seriedade nao somos respeitados, ouvidos... Nao estou reclamando de acharem graça das atitudes da Valéria, mas seria engraçado se o teu irmao aparecesse em casa vestido como tal e dizendo que fez um cirurgia  de mudança de sexo???
São coisas que eu fico por ai pensando né... O mundo quer impor algo que ja nao tem mais imposição. Algo que ja passou por uma transformaçao interna.
Pena de quem pensa que ser homossexual é ser Valéria Vasquez, homossexualidade é muito mais complexa, se alguem um dia pensa em me ver vestido como tal, engana-se pois é algo que jamais vai acontecer, nao por preconceito, pois sei muito bem da minha sexualidade que nasci homem, e em nem um momento deixei de ser homem, e isso falo nao so por mim como por todos os outros que tem por ai. Homossexualidade é muito mais profundo que isso...
E voltando à Valeria Vasquez, o ator responsável por toda atuação e performance é o Rodrigo Sant'ana de 30 anos, e que de homo nao tem muita coisa nao, aparentemente falando, e fora que é mó filé... rsrsrsss AI COMO EU TO BANDIDA!!!

Emprestado...

As vezes é tão difícil fazer feliz quem você ama...


Então você se pega sozinho em um turbilhão de pensamentos negativos. Duvidando de que o relacionamento possa dar certo por mais tempo do que já durou, começa a sentir tudo mais distante de você e em pouco tempo o medo da troca se torna inevitável.

Nessas horas é aonde geralmente a garo...ta ou o garoto tentam chegar aos seus pais que logo notam também que algo esta errado no relacionamento dos filhos e perguntam... Aconselham... Com toda a experiência de vida que já adquiriram e mostram que isso é apenas uma fase... Algo normal que todo relacionamento sério passa, como se fossem provas de fogo; geralmente o casal supera e segue em frente, por anos, muitos anos... Outros pela vida toda. No caso da diversidade sexual, em que muitos garotos e garotas se encontram hoje em dia, o que mais faz falta é essa conversa com os pais, a falta de liberdade de chegar em quem já te amou desde pequeno e contar seus problemas, pedir um conselho que seja útil na sua relação, talvez o meio homo seja hoje essa falta de amor próprio e de apreço pelo relacionamento serio e duradouro por muitos jovens terem de tomar suas decisões sozinhos... Sem poder contar com a voz da experiência que no caso de muitos pais só se aplica aos seus outros filhos heteros.

Ver tantos jovens com a minha idade ou ate menos desistindo de seus parceiros ou parceiras por problemas mínimos, que são grandes ali na hora... Mas se tivessem uma boa conversa, um pouco de paciência e uma busca dentro de si para relembrar o que te levou a se apaixonar por aquela pessoa, tudo se resolveria. Você não é diferente do seu irmão hetero, ou do seu pai, da sua mãe, da sua Irma, do seu vizinho, portanto seu relacionamento é tão serio e merece tanto apoio quanto qualquer outro. Não tem sentido você o tratar com menos seriedade ou desistir de quem está com você.

Para que? Só para se dar ao trabalho de começar uma nova busca na qual você ira falhar novamente? E de novo... E de novo... E de novo...

Bom hoje eu acordei assim... Querendo destas coisas rsrsrsrsrsr enfim... Só não quero que meus amigos acordem tarde demais porque nós somos tão sérios quanto nossos pais, portanto nossos relacionamentos são e sempre devem ser tão sérios quanto o deles com igualdade de valores e respeito.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Morrendo aos poucos...

Nao sei muito bem como começar, tem tanta coisa na minha cabeça e no meu coração... vou expondo, só espero que o post nao fique tao enorme... mas vou indo...
Essa semana está sendo A semana(The week), pois nao sei como consegui chegar até o dia de hoje... um misto de frustração, de decepção, angústia entre outras coisas que vem e se instalam na vida da gente e parece nao kerer ir embora nem com reza brava. São tantas cobranças, tantas decepçoes, frustrações que já nem sei mais... sinto-me sufocar as emoçoes, a vida, os desejos... percebo que aos poucos tenho morrido ainda mais. Aconteceu algo "engraçado" com um conhecido que achava que fosse amigo, mas pelo que percebi é igual a todos os outros, apenas dei uma opiniao para a pessoa reverter-me pedras e pedras doloridas, e como ja estou todo sensível entao as dores sao um pouco maiores do que são. Em casa só cobrança, atras de cobrança, irmaos em pé de guerra por besteira, entro mudo e saio calado, ate porque minha opiniao de nada irá adiantar, é muito mais facil piorar do que ajudar, simplesmente por ser eu falando. Tem o lado profissional que estamos na correria, montando 2 eventos ao mesmo tempo, e a pegaçao no pé está ferrenha, pois como trabalho em outra escola que é concorrenta da escola de minha chefe, ela tem feito de tudo e mais um pouco pra eu desistir de meu bico, e fora que sou totalmente contra o partido do executivo e já percebeu isso. Essa semana foi uma semana dolorida, onde do nada me senti abandonado, deixado de lado por todos os "amigos" se é que tenho...
É uma vontade de ficar em casa no meu quarto deitado e bem kietinho sem nada dizer, simplesmente ficar ali, sem ver ninguem nem ouvir ninguem, principalmente as coisas que pode me prejudicar ainda mais.
Essa semana ainda pra ajudar teve o dia do AMIGO, um bem necessário para a alma de cada um, bem este que está em falta na minha vida. Estou cansado de tanta frustração, de querer e nao poder, de sentir e nao poder...
Cansado de ser lembrado somente quando precisam, quando há o jogo de interesses. Queria sentir-me válido, ou seja, com valor... e cada dia que passa vejo que eu tenho perdido meu valor, se é que posso dizer que tenha algum valor.
Tento rezar, mas existe dentro de mim uma insatisfaçao que ate Deus parece que esqueceu de mim, que me abandonou, se bem que olhando toda minha história sempre fui abandonado por ele, esquecido... sempre tive que me virar diante dos problemas e das situaçoes dificeis. Simplesmente to cansado... é isso... de sofrer, sofrer e sofrer... Cansado de ser tapete, cansado de tantas humilhações, cansado das exploraçoes profissionais...
Com isso, tenho percebido que tenho morrido aos poucos, cada vez mais tenho caido no precipício... Hoje conversando com um amigo disse-lhe que gostaria de nascer de novo, ou voltar la no momento da fecundação e mudar o caminho percorrido... ou entao nao keria ter a tendencia à hxh, ou nascer em outra família...
Como é difícil ser eu, como é difícil passar por tudo que passo na minha vida, e ter que sofrer tudo calado, pois se falo as pessoas pensam que estou exagerando... outros dizem que a vida é maravilhosa... pra mim nao é e nunca foi... cresci em meio a dores e sofrimentos... nao tive um pai presente e com isso a mae tambem nao pois estava trabalhando tentando trazer um sustento pra casa. Nem doente posso ficar, pois se fico doente tenho que me cuidar sozinho...Estou perdendo o pouco que tinha de esperança, de esperar... o mais engraçado é que as pessoas me acham forte, e na verdade sou tao fraco, tao sensivel e tao limitado...
Tem dias, como hoje, que a única vontade que tenho é de chorar... ficar kieto em um canto sem ninguem... em silencio...
Cansei de viver essa vida frustrante... de ser um frustrado, de nada ter, nada ser, nada poder... Isso me faz aos poucos morrer... e uma morte muito pior que a morte física...

terça-feira, 21 de junho de 2011

Aos amigos

A AMIZADE vai sendo alimentada ao longo da vida. Cresce no tempo que passa. Há descobertas. Há experiências vividas em comum. Há alegrias e vitórias conquistadas pelos amigos. Há, sobretudo, dificuldades que nunca teriam sido vencidas sem o apoio de um ao outro. Nos ensinando que sem esforço da nossa parte, jamais atingiriamos ao alto da montanha. Não desanime no meio da estrada, siga em frente! Porque os horizontes se tornarão amplos e maravilhosos à medida que formos subindo. Nunca nos iludindo, pois, só atingirá o cimo da montanha se estiver decidido a enfrentar o esforça da caminhada. A todos os colegas que compartilham conosco anos de estudo e expectativa no cotidiano da vida escolar, sabendo cultivar amizade que o tempo amadureceu, os nosso sinceros agradecimentos, e que mesmo quando cada um de nós parte em busca do seu caminho, não se apaguem ou esmaeçam os brilhos do companheirismo e do respeito mútuo e nunca esquecendo que, não há nada mais forte do que uma ideia, quando chega o momento exato de sua realizaçao! Com certeza fica um pedaço, um traço de cada uma da lembrança de cada acontecimento, gesto e fala! Os caminhos começam a se dividir e o sabor da despedida muda de cor quando a certeza de encontro permanece em chama viva. E por tudo, a saudade há de ficar.

Saudade do amigo, que nunca tive!!!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Abraço, eu quero um..

Um abraço... Sentir o nosso coração ao mesmo tempo que o de alguém a quem damos um abraço faz-nos de tal maneira bem à saúde, traz-nos uma tal paz, que até existe uma forma de tratamento chamada Terapia do Abraço. Um bom abraço ajuda-nos a sentir as muitas dimensões do amor: a facilidade para receber e dar, a sensibilidade para o sofrimento, a disponibilidade para a alegria de se divertir e a profundidade da ternura.
 Abraçar alguém é como dizer-lhe: "Olha, aqui estou para o que quiseres, de coração aberto para ti". O que implica aceitar ser rejeitado. Mal interpretado. Correr esse risco. No entanto, só se a atitude interior, o pano de fundo a partir do qual nos relacionamos com os outros, for de lhes estender os braços e de os tocar, poderemos descobrir o valor da partilha. Não são só as pessoas solitárias, infelizes, inseguras, que precisam ser abraçadas. Abraçar bem dá-nos saúde. Mas não se trata de abraços sociais, de conveniência, em que duas pessoas se tocam apenas por fora – portanto não se tocam -, nem de abraços de dois amantes apaixonados que um ao outro se agarram. São abraços que acontecem porque saem cá de dentro sem que os travemos.
Como expressão de um amor incondicional que nos habita – e de que não temos medo, porque o olhamos como algo que verdadeiramente nos liberta. A intimidade que um abraço sincero oferece é a da compreensão. Da atenção. Da solidariedade. Da amizade que existe para lá da exaltação dos sentidos, apenas por ter a consistência daquilo que brota do fundo de nós mesmos e que se mantém quer faça sol quer chova. Abraços são uma espécie de foguetes capazes de fazer despertar moribundos ou fazer levantar da cama preguiçosos. Explosões de vida.
Há quem goste de os dar para reafirmar um vínculo de amizade ou qualquer outro sentimento. E são uma das melhores festas gratuitas a que toda a gente tem acesso. São abraços do fundo do coração, frequentes entre duas pessoas que, por nada pedirem uma à outra, de cada vez que se encontram recebem sempre muito – e apenas por isso são levadas a celebrá-lo.
Quando um coração se abre para outro coração, há quase sempre uma qualquer maravilha que pode acontecer. Ou, quanto mais não seja, uma sensação de paz possível, neste mundo cheio de guerras em que vivemos.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Lindo...

Já faz um tempinho que queria escrever este post, mas tenho evitado entrar no assunto, mas hoje sobrou um tempinho, antes de ir pro recinto da festa da soja e trabalhar como camelo, montando a lousa digital e tambem arrumando o espaço, pois amanhã não será possivel, bom voltando né...
Há algumas semana passei por um episódio desconfortante pra alma, como sou muito amoroso com as pessoas a minha volta, cultivei a mania de chamar o próximo de lindo, sem conotaçao sexual alguma, simplesmente por carinho e acabou se tornando uma mania, tanto pessoalmente como pela internet. Ate segunda-feira passada, quando fui abordado por um amigo (AB) e na conversa com ele terminei dizendo: " por nada meu lindo" a pessoa rebatei no ato: "nada de lindo, zima" (ps.: zima meu apelido), ai questionei o porque de nao pode-lo chamar de lindo e que era apenas uma mania minha de chamar a TODOS de lindo, claro que olhando pelos olhos carnais o lindo faz jus a pessoa dele, mas em momento algum quis assedia-lo ou sei la o que tenha imaginado, com isso perguntou-me se era homossexual, o que respondi que sim e se tinha algum problema com isso, afirmou que nao e que já sabia há algum tempo, o que me deixou intrigado, perguntei se dava muito na cara, se tinha algum tipo de afetação, respondeu curtamente que não, que sou muito sigiloso, que simplesmente percebe isso nas pessoas, coisa que já estranhei, pois quem tem gaydar (radar gay), mas fiquei na minha quieto, apesar da inquietaçao no coração, pois sabia que atras dakilo tinha algo mais, mais que depressa ja disse  que teria de sair que estava ocupado, coisa que é mentira pois fica o dia todo on line na internet e tal, só que nao puxo conversa com ele nao, com isso a pessoa me bloqueoou no msn, excluiu  de vez da vida, e ultimamente, tenho o visto todas as segundas-feiras devido ao meu 2º emprego e ao emprego dele, essa semana por educaçao me cumprimentou, porem semana passada fez de conta que nao me viu, na rua entao...
Com isso, fiquei com esse questionamento na cabeça e fui perguntar a amigos heteros se chamar outra pessoa do mesmo sexo como lindo pega  mal e pra meu espanto disseram que sim e ainda falaram que as pessoas zuam tanto quem fala quanto quem é chamado... fiquei horrorizado com isso, tamanha ignorancia em que o mundo se encontra, as pessoas maldam do simples ato de ser sensivel, de nao achar o proximo de voce bonito, conversei abertamente com alguns amigos e resolvi que vou tentar nao chamar ninguem de lindo mais... Fiquei muito chateado com tudo isso, pois em nem um instante tinha tal ação como uma açao sexuada, porém algumas pessoas de pensamento limitado, acabam deixando se levar por ideias que a maioria faz sem ao menos questionar.
Cansei de gente assim, se eu nao posso ser o que sou eu vou ser o que??? Ah para hein... vou tomar uma pílula de machismo e deixar de lado o lindo... e chamar o proximo de véi, feio, viado entre outros modos em que as pessoas heteras costumam se tratar, mais propriamente os homens, pura ignorancia.

Bom é isso!!! Nao mais lindo!!!

domingo, 15 de maio de 2011

Só poderei me aproximar dos outros depois que começar a desvendar a mim mesmo. Antes de estender os braços, preciso saber o que há dentro desses braços, porque não quero dar somente o vazio. Também não quero me buscar nos outros, me amoldar ao que eles pensam, e no fim não saber distinguir o pensar deles do meu.
[Caio F.]

Quem procura não acha. É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado.
[Caio F.]


às vezes encontramos nesse universo bloguístico pessoas muito semelhantes a nós... esse Caio estou amando sem ao menos ter falado com ele uma palavra sequer... thanks... http://www.otarioanonimo.blogspot.com/


sexta-feira, 6 de maio de 2011

Sabor amargo...

Nao sei o que tem me afetado diretamente, mas sei que estou com sabor de fel... isso mesmo, estou muito amargo, nao consigo ver beleza nas coisas, uma insensibilidade paira na minha vida que nao sei de onde surgiu. Sei que nada está bom e agradável como ja foi um dia. Tento encontrar explicação em várias situações, mas nem uma consegue explicar ou fundamentar esse amargor que atinge o mais profunda da alma.
Ultimamente rir tem sido tao dificil, tao doloroso pois a cada sorriso que dou vem uma cobrança atras dele. Pessoas nos apunhalando constantemente e nao é nem pelas costas e de frente mesmo sem esconder a cara. Nao sei mais o que fazer, tenho orado mais, tenho silenciado mais, porem esse fel so aumenta a cada dia... e tenho medo disso ser um principio de depressividade novamente em minha vida. Estou lutando contra esse sentimento, essa amargura, esse fel, porem estou sendo sufocado por ele. Talvez possa ser a pressao que tenho recebido no trampo, ou a igreja, ou sei la... poderia ser tantas coisas e ao mesmo tempo nada.
Perdi minha sensibilidade emocional e nao sei onde eu acho ela... nao consigo ter pena, nao consigo chorar diante de situações que me sensibilizariam... as lagrimas kerem sair, mas nem isso tenho mais... nem lagrimas mais...  Sensibilidade, doçuras onde voces foram parar hein... sinto saudades...
As pessoas tem me achado estranho, grosseiro... e nao era assim, nunca fui assim... estou cansado de achismo, mas creio q tudo isso deva a tudo que passei e venho passando, chega uma hora que cansamos de ser os bonzinhos, abaixar a cabeça, sensibilizar-se com lagrimas de crocodilo e por ai vai... 
Mas quero voltar a ser doce... sensivel... alguem me ajuda?

Eu olho por esse lado...

 peço também que eles entendam o porquê disso e que, mais do que ofensa, considerem um chamado para lutar contra a injustiça. Sim, pois não importa de que religião você seja, se seu Deus apoia ou não a homossexualidade, se você concorda ou não com o ser gay: se duas pessoas adultas e capazes se unem, constroem patrimônio juntas, dividem amor e responsabilidade juntas, deixá-las DESAMPARADAS legalmente é, sob quaisquer perspectivas, injustiça. E até onde sei, é ela também um pecado - e Deus tampouco se compraz de injustos.

Avanço ou decadência

Limito me a nao pronunciar sobre o tema, porem é de grande espanto a qual toda comunidade brasileira chega ao deparar com esse processo, pois ate entao todos esperavam uma atitude mais preconceituosa, porem...
leiam, retirei do site http://gospelgay.blogspot.com/

O avanço dos direitos dos homossexuais será colocado à prova esta quarta-feira (4) à tarde no Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros avaliarão, pela primeira vez, se a união homoafetiva pode ser enquadrada no regime jurídico de união estável. O Tribunal também analisará se a união de pessoas do mesmo sexo pode ser considerada como entidade familiar. Caso a resposta a essas perguntas seja afirmativa, casais homossexuais de todo o país terão dezenas de direitos assegurados, entre eles à herança e à adoção.




Duas ações estão em pauta. A primeira, ajuizada em fevereiro de 2008, é do governador reeleito do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Ele pede que o Código Civil e que o Estatuto dos Servidores Civis do estado não façam qualquer discriminação entre casais heterossexuais e homossexuais no que diz respeito ao reconhecimento legal da união estável. A ação afirma que posicionamentos discriminatórios vão de encontro a princípios constitucionais como o direito à igualdade e à liberdade e o princípio da dignidade da pessoa humana.



A ação também alega que a situação atual, com sentenças conflitantes no estado e em todo o país, contraria o princípio constitucional da segurança jurídica. O governador afirma ter interesse na ação porque no estado existe grande número de servidores que são parte em uniões homoafetivas estáveis.



“Diante disso, colocam-se para o governador e para a administração pública questões relevantes relativas às normas sobre licenças por motivo de doença de pessoa da família ou para acompanhamento de cônjuge, bem como sobre Previdência e assistência social”, diz a ação. O governador também afirma que como há numerosos casais homossexuais no Rio, se vê na obrigação de pleitear o direito de parcela dos cidadãos do estado.



A outra ação em análise, da Procuradoria-Geral da República, foi ajuizada em julho de 2009. O pedido é semelhante: que o STF declare obrigatório o reconhecimento, no Brasil, da união de pessoas do mesmo sexo como entidade familiar. Também pede que os mesmos direitos dos casais heterossexuais sejam estendidos aos casais homossexuais.



O processo, de 322 páginas, tramitava sob responsabilidade da ministra Ellen Gracie até março deste ano, quando foi redistribuída para Ayres Britto por tratar de tema semelhante ao que já estava sendo analisado pelo ministro. Além da procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Ela de Castilho, o documento também é assinado por diversas instituições que militam em favor dos direitos dos homossexuais.



Dia 05 de Maio de 2011, um dia histórico para a comunidade gay no Brasil. Um dia em que a razão, o bom senso, o escrúpulo, a vergonha, a honra e a dignidade foram proclamados como agentes componentes e constituidores das relações homoafetivas. Um dia em que o rancor, o ódio e o desprezo foram silenciados no Supremo Tribunal Federal por unanimidade. Fato deste rancor é o bate-bocas entre Silas Malafaia e Ana Paula Valadão pelo TWITTER, por conta da votação dos ministros no STF.




Silas, mercenário, queria impor o medo sobre os ministros convocando o povo e as “celebridades evangélicas” a se manifestarem na rede virtual contra a votação favorável à união homoafetiva.



Silas Malafaia é pior do que um drogado; é tão vil quanto o mais cruel dos assassinos, e seu ódio não tem limites. Ele é capaz de disparar contra os próprios aliados, quando se vê frustrado em suas pretensões. Silas é um sociopata com linguagem religiosa. E desta forma ele disparou: “ Obrigado pela omissão de vcs em não rtt p/ conclamar o povo de Deus a pressionar os ministros do STF num assunto q é fundamental q favorece os homossexuais. Se twitter é para mostrar agenda e fotos, é melhor acabar pq não presta pra nada.”



Quando Ana Paula revidou, num argumento típico, beirando a boçalidade evangélica brasileira, Silas jogou a pá de cal: “Qdo é pra defender seu nome, responde rapidamente. Qdo é pra defender o Reino de Deus, diz q ta viajando."



O caso do Silas é de uma interdição urgente, ele não é normal. E na vitória em Cristo dos gays ele chorou, esperneou, brigou, vociferou, explodiu em ódio inútil contra aquilo que é insuperável, e agora incontestável: O LEGÍTIMO DIREITO DOS GAYS AO RECONHECIMENTO DE SUAS RELAÇÕES COMO ENTIDADE FAMILIAR.



Assim a celebre frase do Ministro Ayres Britto merece destaque: “O órgão sexual é um plus; um bônus; um regalo da natureza. Não é um ônus; um peso; nem estorvo, menos ainda uma reprimenda dos deuses” (Ayres Britto Ministro do STF)



Desta feita, em resumo foi dito que: A família é uma construção cultural, onde a afetividade por outrem do mesmo sexo compõe a individualidade da pessoa de modo que se torna impossível, sem destruir o ser, exigir o contrário, e assim o Estado existe para auxiliar os indivíduos nos respectivos projetos individuais de vida.



Destarte a plena realização da liberdade, da igualdade e da não discriminação é que marcará o país. Pois, Uma sociedade decente é uma sociedade que não humilha seus integrantes, laica e que combate posturas preconceituosas ou discriminatórias, pois geram grandes injustiças.



Assim, hoje foi a vitória UNANIME dos gays contra o rancor laborioso do Silas que já argumenta na insanidade de seu ódio.





sexta-feira, 29 de abril de 2011

Meu atual Conselho...

Nem sempre o rio corre mais rápido apenas porque queremos!
Três virtudes serão fundamentais neste momento de sua vida:
  1. a paciência: para lidar com as diferenças,
  2. a prudência: a fim de jamais confiar inteiramente em ninguém;
  3. a persistência: para compreender que, no que diz respeito ao amor, muitas vezes é preciso bater várias vezes numa mesma porta.

sábado, 23 de abril de 2011

Perseguições! Cansado delas!!

As vezes nao entendo muito bem as pessoas, na verdade sempre nao entendo as pessoas... As pessoas nunca te valorizam e quando voce muda de direção, acha uma alternativa, as pessoas começam a te notar e a querer te perseguir, te atormentar... Como ja postei aqui sou funcionario publico de um municipio que paga muito mal, diante disso resolvi fazer um bico em uma escola profissionalizante, ate entao tudo bem neh, estava angariando fundos para melhorar minha renda, pois tenho passado por umas situações um pouco dificeis... em uma semana que estava nessa vida de dois empregos foi uma maravilha, ate que na 2ª semana minha chefe veio a saber e começou o terrorismo em minha vida... Pois é... nao paga hora extra e agora exige que fiquemos mais tempo, façamos mais coisas, entre outras coisas mais, tem implicado com tudo e com todos e principalmente comigo, acho que por eu estar trabalhando em uma concorrente da escola em que é diretora. Só sei que essas perseguiçoes tem acabado comigo. Semana passada teve a capacidade de jogar algumas coisas na cara, tanto minha como da outra funcionaria que é concursado, dizendo que deveria ter embargado nossa presença quando ainda estavamos no probatorio(1º dois anos), ficou super nova em saber que ja acabou, ate pensei que estivesse fazendo isso para ver se desestiriamos do cargo, pois na semana em que completamos 02 anos foi a pior semana da minha vida como funcionario público, essa semana da pascoa, tem a entrega de ovos, cada situaçao de humilhação que nos poe que fico espantado como uma pessoa da idade que tem é capaz de fazer.
Tem enchido as paciencias por irmos beber agua ou irmos ao banheiro, nao podemos olhar nem pro lado quando esta proxima... e pra ajudar tirou todos as regalias da internet: orkut, facebook, msn etc.  no inicio tinha tirado a internet por completo, ai chegou em um dia e eu estava diante do computador sem nada fazer e veio perguntar-me o que fazia e lhe respondi que nada, ficou irada e perguntou porque nao fazia nada ai expliquei que meu serviço envolve internet: prodesp, semec, lse, pdde etc, sistemas que necessitam de internet para serem usados e senao tinha acesso nao iria fazer nada, ficou hiper nervosa, uma subchefe tambem quis fazer graça pensando que iria conseguir me humilhar, mas nao teve pra ela nao, fui firme, nao faço mais nada apos as 17h, nem se estiver fazendo algo e queiram que faço outra, enquanto eu nao terminar o que estiver fazendo nao faço a outra coisa... cansei... nao sei se vou aguentar ficar em dois serviços mediante a essa pressao, mas sei que nao vou me rebaixar a tamanha humilhação.
Pensam que por sermos pobres e necessitados somos obrigados a engolir sapos assim e as coisas nao funcionam bem assim. Nao via a hora de chegar a semana santa para ficar longe dessa vida, semana passada peguei um dia de folga pois nao suportava olhar para cara dela e de seus seguidores que me dava nojo, ainda ter que ouvir dos puxa sacos que ela está com a razao de fazer o que faz com a gente... Estou cansado, e ainda tem o 2º emprego que nao acho justo deixar agora por causa disso...
Alem dessas perseguiçoes tem tambem as perseguiçoes na igreja que insistem em continuar... pessoas querendo me vigiar, mandar em mim... Agora por cima tera o encontro com o pregador Tannus de novooooooo... to ate vendo ele pregar td de novo... a criatividade a pessoa eh 0, nas 2 vezes que esteve em sao joaquim pregou sobre as mesmas coisas, ate as piadas eram as mesmas, e querem traze-lo de volta... e pra ajudar me chamaram para ser secretario do encontro, so de nome neh. Na última vez que ele veio eu estava vivendo o silencio, mesmo assim me convidaram, ate q fui mais livre... dessa vez... gzuiso... to pior que se estivesse com patrao... nao posso fazer nada, a equipe eles que montaram, iria fazer os crachas de um modo, nao querem e ja pediram pra outros fazerem de outro jeito. ninguem merece... fora que chamaram as pessoas sem me perguntarem o que achava ou deixava de achar, muita... deixa pra la, esta acabando meu periodo mesmo.
Tem hora que tenho vontade de desistir de tudo, dos serviços, da igreja, da vida etc. nao to aguentando mais essa pressao sobre mim... daki uns dias vem o cursilho pra desgastar ainda mais...


quinta-feira, 24 de março de 2011

Somos selvagens!!!



foto editada por Adonai Vecchi


"Há tempos estou pra lhe falar algumas coisas. Tudo tem ficado muito confuso, cada vez mais sinto que você me alcança menos e acho que esclarecer algumas coisas pode ajudar. Você diz que me ama, mas talvez esteja enganado. O amor compreende, e o amor só ama de verdade aquilo que o completa. Talvez você ame quem você é quando estou por perto. Talvez você ame apenas a idéia que tem de mim, e isso não sou eu. Isso é você querendo que eu caiba nos seus anseios, nos seus desejos. Vê? Isso é você amando a si mesmo. Essa é a soma das suas perspectivas, que muitas vezes não condiz com o real. Nesse caso, não tendo eu outra alternativa além de ser o que eu sou, a você restam duas opções: me ame, ou me deixe. Me queira com tudo o que eu tenho de bom e de ruim, com todas as idiossincrasias e as pequeninas coisas que muitas vezes você nem considera correto. Entenda que eu não escolhi e nem tenho culpa de ser cavalo selvagem: o fato de você conseguir cavalgar comigo depende unicamente da sua destreza. Entenda que eu sou como um gato, variável , inconstante, mas sempre honesto: uma vez que se sabe lidar com ele é garantia de carinho e apego eterno. Caso contrário, arranhões e comportamento arredio são inevitáveis. Caso contrário, se prepare pra me ver fugir ou te ignorar. Quem quer conviver com bichos selvagens deve estar preparado para as intempéries. No mínimo existe a garantia de surpresa e nenhuma previsibilidade, nunca se sabe o que pode acontecer. Pra uns isso pode parecer desesperador, para outros é apenas imensamente emocionante. É sempre seu direito botar na balança e decidir se quer viver assim na corda bamba, numa aventura sem roteiro pré-estabelecido. Mas se me quer por perto, deixa-me ser. Não me tome por pretensioso por falar desse jeito sobre mim mesmo. É apenas uma tentativa de que eu e você descubramos se existe realmente algum laço real, ou se ele é feito de filó. Decifra-me, ou te devoro. Sem dó nem piedade."

sexta-feira, 11 de março de 2011

HOMEM X FUTEBOL

Dizem que moramos no país do futebol, onde todoa a naçao come e respira futebol... a ta... senta lá...
Bom venho nesse post desabafar minha indignação de pessoas virem conversar comigo sobre futebol, ja  cansei de falar que nao assisto, e nao vou assistir... nao quero, nao gosto, nao tenho tempo e muito menos paciencia. Sou sao paulino, de coração e de herança paterna, mas nao me questione nomes de jogadores, de técnicos, pontuaçao, campeonato etc. que nao sei bolhufas disso.
Ai vem aquele papo que todo BOM homem tem que falar sobre futebol, conversar sobre os campeonatos...  valha me Deus, com tanta coisa pra se fazer vou ficar me matando por 22 homens que ganham absurdo em dinheiro pra ficar discutindo, sendo que nao dao a mínima pro que penso ou deixo de pensar, fala sério!!! Fora ouvir as piadinhas de alguns, só por nao me importar por futebol sou homossexual... conheço muitos homens que jogam, que falam de futebol etc mas sao grandes "bichonas", sem pré conceitos, nao tenho nada contra quem gosta ou deixa de gostar, só que sinto raiva quando, por ser homem, tenho que saber do futebol, do time que torço e se ja nao bastasse tenho que saber do time do outro... fala sério!!! Agora discutir sobre a fome do mundo, niguem faz, discutir sobre as sujeiras em nossa política ninguem quer, agora se eu nao discuto futebol na rodinha de macho sou taxado por isso...
Posso morar em um país considerado o país do futebol, mas isso nao me faz obrigado a ser um futebolista em todos os sentidos.
Estou indignado, podem me xingar etc mas nao vou ficar discutiindo futebol só porque a maioria o faz, eu nao sou a maioria nem faço parte dela.
Que o futebol se danem, e olhemos as classes sociais que a cada dia que passa ha uma discrepancia enorme...

EU ME CONHEÇO???

Essa é uma pergunta que tem rondado minha cabeça nos últimos dias. Sobre conhecer-se ou nao... E me deparo com tal dúvida diante a inúmeras situações que me surgem, me vem a mente. Às vezes sinto que quando me deparo comigo mesmo, percebo que estou "diante" de um desconhecido... pporem preste a ser conhecido... Por mais que me venho conhecer, acabo me desconhecendo.
O mais engraçado que há pessoas que insistem em querer dizer que nos conhecem melhor que nós mesmos, e as vezes tentam nos convencer de tal fato... pleno engano.
Esses dias algumas pessoas tentaram afirmar coisas a meu respeito que me abismei  em ouvir de pessoas tolas que me conhecem muito bem e coisa tal... se me conhecessem tao bem assim nem diriam isso. E atestam com tanta convicção que as vezes acho que realmente me conhece melhor que a mim mesmo #assustado.
Se me conhecessem bem, saberiam que o meu ir ao carnaval nao ha nada demais, o meu ficar isolado seria o mesmo que dizer muita coisa e tantas outras coisas, saberiam que falo muito mais com o olhar do que com as palavras, que minha tendencia sexual nao eh o carro chefe em minha vida... e tantas outras coisas.
Quando dizemos conhecer alguem é muito mais do que já te-lo visto na rua, ou mesmo ouvido falar. Quando eu digo que conheço alguem estou querendo dizer que o sei de onde vem, pra onde vai e como vai... sei do que eh capaz e incapaz.
Precisamos aprender a nos colocar em nosso devido lugar, nao interferir na vida alhei pelo nosso bel prazer #prontofalei
Eu que sou eu mesmo nao me conheço, agora v~em alguns e dizem que me conhecem, ainda usam o nome de Deus pra dizer certas  baboseiras... convenhamos hein!!!
Eu me conheço suficiente pra dizer que estou me conhecendo...

quinta-feira, 10 de março de 2011

QUARESMA 2011



Chegamos em uma época totalmente propícia para recolhermos os nosso restos de nós mesmos, depois de termos nos dividido no carnaval, e meditar um pouco de como nossa vida pode ser um pouco melhor. Esse ano fiz o propósito de viver o silêncio, mas o silencio interior, aquele silencio da alma, fiquei 02 anos em um silêncio assim e cresci muito como homem, como cristão... e vejo que estou precisando voltar a silenciar... ainda mais com a CF que vem com um lema forte: A tema geme dores de parto... refletir sobre o planeta e voce no planeta...
Além disso estou vivendo um momento de descobertas internas e pessoais, onde busco meu ser no mundo...
Estou precisando ficar quietinho no meu canto, sem muita bagunça e barulhos... aprender a ser eu ainda mais um pouco.
Quaresma é considerado um tempo de conversão, tempo de mudar algo que nao nos leva mais a Deus ou nos tira de nós mesmos. E essa quaresma irei vivenciar de modo pleno em meu interior para que possa ser quem eu sou na íntegra.

Pós Carnaval

Hoje já estamos na quinta-feira depois do carnaval...Esse ano tive um ano bastante tranquilo, nao fui ao retiro de carnaval como havia dito, fui alguns dias a Orlândia, e também a Ribeirão Preto... curti bastante, sozinho. Descansei um tanto bom também
Algumas pessoas questionam minha ausencia no retiro, ate explicar que pretendo cada vez me afastar mais...
Ontem fui a missa, nao dei tempo de conversar com ninguem, queria paz!! alias quero paz!! e as perguntas só me... e simplesmente nao fui e pronto... ninguem morreu por causa disso, muito pelo contrario, as pessoas disseram que foi o melhor retiro que tiveram... ai fico me questionando que os que faziamos eram tao fracos assim??? Isso porque era tao bom!!! Mas fico pensando comigo como é bom sentir-se livre... nao troco essa atual liberdade para estar em retiro mais nao... e nao pensem que cai na orgia, muito pelo contrario, fui um menino muito mais santo se esstivesse no retiro em oração... estravazei minha alegria contida, minha ansia por dançar, coisa que vivia me guardando... pus pra fora, meu lado mais afetado, como alguns dizem por ai... e dancei como dançava aos 13 anos... voltei a ser criança, sem auxilio de qualquer tipo de droga... E foi revigorante da alma... como foi...
Meu pós carnaval está com gosto de liberdade! Coisa que nao sentia ha tempos... quando terminava os retiros, me sentia como um passaro preso em uma gaiola, fora o cansaço, as situaçoes complicadas que ficavam pra trás pra serem resolvidas.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Carnaval!!!

Sempre fui um jovem amante da dança e principalmente do samba, ou seja, do CARNAVAL. Comecei a ir ao carnaval com meus 10 anos, ia com pais de amigos de escola ou entao com vizinhos, amava, dançava pulava, suava e por ai iaaa... Ia ao carnaval pra dançar, somente isso, inocentemente como um bom folião. Aos 15 anos me foi apresentado o retiro de carnaval que acabei me apaixonando, tanto que já no meu 2º ano fui convidado para trabalhar na equipe de gincana, junto com minha amiga blogueira ELAINE, pelo qual agradeço muito pelo tempo em que convivemos, por tudo que aprendi, descobri, pelo macarrao com sardinha que amoooooo... Fiquei nessa funçao durante 10 anos, depois de 05 anos minha amiga que referi passou o bastao da Coordenaçao e comecei a coordenar a equipe, e descobri que de um garotinho timido eu poderia me tornar em um homem respeitado, acho que o respeito que muitos me dao hoje dentro da Igreja devido perceberem o pulso que tive que aprender a ter, enfrentar com os marmanjos brigoes que vinham participar do retiro... enfrentava mesmo... pequeninos e grandoes... e o mais incrivel que aprendi a me impor entre as pessoas e na frente das pessoas apesar de toda a minha timidez, vergonha que tinha... descobri que poderia ser alguem, dons que nunca imaginava, habilidade 1000...  e principalmente aprendi a lidar com o dificil sob pressao, coisa que trago pra vida sempre...no ano de 2004 o encanto acabou pra mim... foi o melhor e também foi o pior carnaval da minha vida...onde os amigos se voltaram contra mim... onde senti o mundo aos meus pes se ruirem... depois nos outros anos ate tentei voltar, mas o encanto deve ter ido pro ralo... Ano passado fiz a experiencia de retornar ao Carnaval e nossa quanta coisa perdi... e esse ano me chamaram pra animar o retiro, pra conduzir os momentos, fazer a costura... ate pensei em ir... porem meu coração nao está pronto e vou pro Carnaval curtir um pouco... talvez va la fazer uma visita, mas disseram que as visitas estao proibidas e sou obediente rsrsrs...
Gente divirtam-se nesse Carnaval, nao haja com imprudencia, se fizerem sexo usem camisinha para evitar problemas posteriores, se beber nao dirija, e vao com cuidado, pois este não é nem precisa ser nosso último carnaval... Pra quem gosta... Te vejo na folia

visao...

Estamos vivendo em mundo que talvez, podemos considerá-lo como o pior mundo a se viver... Mundo onde encontramos tanta desigualdade social, onde pai tem matadom filho e filho tem matado pai...
Estou vivendo uma fase de me aquietar e apenas observar o mundo a minha volta, ver as razoes entre outras coisas... Tenho percebido que a vida é tão complexa quanto simples... e muitas vezes complicamos tanto a situação da nossa vida...
Estou vivendo um momento de muuita ocupação em minha vida, trabalhando manha, tarde e noite, fazendo aula de ingles, de piano, fazendo faculdade de pedagogia(Verdade, nao contei aqui, consegui bolsa integral do PROUNI) e alem de estar acumulado de serviços da igreja... mas esse será meu último semestre que estarei diretamente a frente do movimento que tenho frequentado, quero conhecer novos ares, dar asas a minha liberdade...esse ano estou me libertando do resto do antigo josimar e assumindo ZIMA KURT... de vez... os incomodados que se danem... quero mais é ser eu mesmo independente do que pensam os que nao me conhecem.

quinta-feira, 3 de março de 2011

La vem mais um dia às MULHERES...

PORQUE AS MULHERES SÃO IMPORTANTES...






ELAS CANTAM QUANDO QUEREM CHORAR.

ELAS CHORAM QUANDO ESTÃO FELIZES.

E RIEM QUANDO ESTÃO NERVOSAS.

ELAS LUTAM POR AQUILO QUE ACREDITAM.

ELAS LEVANTAM-SE PARA INJUSTIÇA.

ELAS NÃO LEVAM “NÃO” COMO RESPOSTA QUANDO ACREDITAM QUE EXISTE MELHOR SOLUÇÃO.

ELAS ANDAM SEM NOVOS SAPATOS PARA SUAS CRIANÇAS PODEREM TÊ-LOS.

ELAS VÃO AO MÉDICO COM UMA AMIGA ASSUSTADA.

ELAS AMAM INCONDICIONALMENTE.

ELAS FICAM CONTENTES QUANDO OUVEM SOBRE UM ANIVERSÁRIO OU UM NOVO CASAMENTO.

SEUS CORAÇÕES QUEBRAM QUANDO UM (A) AMIGO (A) MORRE.

ELAS LAMENTAM-SE COM A PERDA DE UM MEMBRO DA FAMÍLIA; CONTUDO, SÃO FORTES QUANDO ELAS PENSAM QUE NÃO HÁ MAIS FORÇA.

ELAS SABEM QUE UM ABRAÇO E UM BEIJO PODEM CURAR UM CORAÇÃO QUEBRADO.

O CORAÇÃO DA MULHER É O QUE FAZ O MUNDO GIRAR!

MULHERES FAZEM MAIS DO QUE DAR A VIDA.

ELAS TRAZEM ALEGRIA E ESPERANÇA.

ELAS DÃO COMPAIXÃO E IDEAIS.

ELAS DÃO APOIO MORAL PARA SUA FAMÍLIA E AMIGOS.

MULHERES TÊM MUITO A DIZER E MUITO A OFERECER...



Ciro Sanches Zibordi

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Pe Fabio - Solidao

A graça de ser sóAndo pensando no valor de ser só. Talvez seja por causa da grande polêmica que envolveu a vida celibatária nos últimos dias. Interessante como as pessoas ficam querendo arrumar esposas para os padres. Lutam, mesmo que não as tenhamos convocado para tal, para que recebamos o direito de nos casar e constituir família.




Já presenciei discursos inflamados de pessoas que acham um absurdo o fato de padre não poder casar.



Eu também fico indignado, mas de outro modo. Fico indignado quando a sociedade interpreta a vida celibatária como mera restrição da vida sexual. Fico indignado quando vejo as pessoas se perderem em argumentos rasos, limitando uma questão tão complexa ao contexto do “pode ou não pode”.



A sexualidade é apenas um detalhe da questão. Castidade é muito mais. Castidade é um elemento que favorece a solidão frutuosa, pois nos coloca diante da possibilidade de fazer da vida uma experiência de doação plena. Digo por mim. Eu não poderia ser um homem casado e levar a vida que levo. Não poderia privar os meus filhos de minha presença para fazer as escolhas que faço. O fato de não me casar não me priva do amor. Eu o descubro de outros modos. Tenho diante de mim a possibilidade de ser dos que precisam de minha presença. Na palavra que digo, na música que canto e no gesto que realizo, o todo de minha condição humana está colocado. É o que tento viver. É o que acredito ser o certo.



Nunca encarei o celibato como restrição. Esta opção de vida não me foi imposta. Ninguém me obrigou ser padre, e quando escolhi o ser, ninguém me enganou. Eu assumi livremente todas as possibilidades do meu ministério, mas também todos os limites. Não há escolhas humanas que só nos trarão possibilidades. Tudo é tecido a partir dos avessos e dos direitos. É questão de maturidade.



Eu não sou um homem solitário, apenas escolhi ser só. Não vivo lamentando o fato de não me casar. Ao contrário, sou muito feliz sendo quem eu sou e fazendo o que faço. Tenho meus limites, minhas lutas cotidianas para manter a minha fidelidade, mas não faço desta luta uma experiência de lamento. Já caí inúmeras vezes ao longo de minha vida. Não tenho medo das minhas quedas. Elas me humanizaram e me ajudaram a compreender o significado da misericórdia. Eu não sou teórico. Vivo na carne a necessidade de estar em Deus para que minhas esperanças continuem vivas. Eu não sou por acaso. Sou fruto de um processo histórico que me faz perceber as pessoas que posso trazer para dentro do meu coração. Deus me mostra. Ele me indica, por meio de minha sensibilidade, quais são as pessoas que poderão oferecer algum risco para minha castidade. Eu não me refiro somente ao perigo da sexualidade. Eu me refiro também às pessoas que querem me transformar em “propriedade privada”. Querem depositar sobre mim o seu universo de carências e necessidades, iludidas de que eu sou o redentor de suas vidas.



Contra a castidade de um padre se peca de diversas formas. É preciso pensar sobre isso. Não se trata de casar ou não. Casamento não resolve os problemas do mundo.



Nem sempre o casamento acaba com a solidão. Vejo casais em locais públicos em profundo estado de solidão. Não trocam palavras, nem olhares. Não descobriram a beleza dos detalhes que a castidade sugere. Fizeram sexo demais, mas amaram de menos. Faltou castidade, encontro frutuoso, amor que não carece de sexo o tempo todo, porque sobrevive de outras formas de carinho.



É por isso que eu continuo aqui, lutando pelo direito de ser só, sem que isso pareça neurose ou imposição que alguém me fez. Da mesma forma que eu continuo lutando para que os casais descubram que o casamento também não é uma imposição. Só se casa aquele que quer. Por isso perguntamos sempre – É de livre e espontânea vontade que o fazeis? – É simples. Castos ou casados, ninguém está livre das obrigações do amor. A fidelidade é o rosto mais sincero de nossas predileções.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

QUARTA DÉCADA

Hoje pensando um pouco com meus botoes, lembrei que ja estou caminhando pra 4ª decada, ja vivi 3 decadas inteiras... que louco!! e nessas tres decadas quantas coisas ja vivi, ja passei...Coisas que pensei que nunca conseguiria passar hoje vejo que fui forte, persistente... sei que ainda tenho muita coisa pra mudar dentro de mim e vejo que a cada dia a maturidade tem chegado perto de mim.
Essa semana estou sofrendo com dores fisicas, dores que desde criança eu nao as tinha. Estou sofrendo de uma otite mutio forte, nao estou ouvindo nada com meu ouvido esquerdo... infecção que esta interna... estou tomando uns remedios para ver se passa a dor e a infcçao para que possa depois avaliar se nao prejudicou nem uma area da audiçao, ou se precisara fazer algum tipo de cirurgia, pois pelo prognostico a infecçao esta muito avançada e pode ser que tenha afetado areas internas... sei que é dificil ouvir certas coisas, mas a maturidade nos mostra que precisamos nos amnter firmes, com os pés no chao para nao desesperar... só o que me faltava era perder a audição na 4ª década...

Convites e pedidos...

Esse ano estou iniciando muito assustado, muitas coisas que estavam enterradas de repente ressurgem, pessoas que há tempos nao conversavam comigo vem conversar, outras fazer convites... isso muito me assusta.
Na véspera de Natal recebi um convite inusitado, estava eu alegre e contente na missa 'de galo", que prefiro denominar da galinha... e um antigo conhecido que participa do grupo em que deixei de participar ha quase 07 anos, abordou-me com o intuito de fazer-me um convite, convidou-me a ir no dia 08/01/01 fazer uma pregação... EUzinho... disse que iria pensar, porem ja estava mais que pensado... semana passou e dei a resposta, nao muito agradavel, achei uma desculpa e falei que nao... passado uns dias, melhor, ontem... uma pessoa que um dia disse que pra ele estaria morto, me ligou... pronto... pensei... la vem bomba... nao satisfeito em eu ter recusado a pregar no grupo deles veio convidar-me para fazer a tal no final de semana da frente... pode uma coisa dessa... PENSEI, repensei... rezei nao... e mandei a resposta... nao vai ser dessa vez, nao estou pronto, ou sei la... acho que meu momento ainda nao chegou para estar com aqueles que... simplesmente nao... sei que posso estar errado... mas nao irei a um lugar que nao me sinta a vontade, nao me sinta bem...
Tem cada coisa que...
convites e pedidos... affffffffff

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Esse ano...

Esse ano começou a todo vapor, nem bem sei o que me aguarda, só sei que essa 1ª semana foi tensa, muito tensa, principalmente profissionalmente... pensei que nao aguentaria chegar essa sexta... estou funcionario público, ate quando nao sei, pois sou muito impulsivo e essa semana repensei muitas vezes se é isso que quero pra minha vida... pois nao sou de levar desaforo e muito menos cultiva-los e essa semana... esse ano... humm vejo que promete.. muitas mudanças, muita pegaçao no pé, muito isso e muito aquilo, isso porque resolvi ser feliz, independente das situações que me apresentem a vida... infelizmente muita coisa nos acontece, muita coisa temos que engolir quieto, mas muita coisa nao dá... e essa semana o meu limite foi ás  @#%$#. Nunca passei por tanta humilhação, por tanta perseguição, por tanta frescura, injustiça e injurias como essa semana no trabalho, nem nos meus ultimos empregos, e olha que ja trabalhei em 3 lugares mto dificeis de estar, porém  sabia lhe dar, pois era da personalidade da pessoa ser estourada e tal, ja agora convivo com dissimulações, pessoas que falam coisas a sua frente e logo depois dizem outra ou entao que na sua frente te paparicam e pelas costas... é complicado... essa semana tenho ido dormir cedo, da 21h ja to indo pra cama... ainda mais tendo que fazer serviço de 3 pessoas...
Nao sei até quando darei conta, só sei que mandei uns curriculuns, pois nao sei ate onde eu aguento essa pressao... isso por que nem é ano politico ainda... quando for ano politico entao... ai bicho pega...
Se 2011 for assim o ano todo... TO FUDIDO!!!

Esse ano... PROMETE!!!

Feliz 2011!!!

Isso são algumas das coisas as quais desejo a vc em 2011, mas desejo principalmente que vc continue esta pessoa especial, que esteja sempre com Deus e que mais um ano possamos ir nos falando, alguns conhecendo, estreitando laços e sempre, sempre, aprendendo, pois só aprendendo podemos evoluir e crescer espiritualmente. Que com o passar do tempo possamos aprender que muitas outras coisas contam mais que coisas materiais e o externo, não esqueçam que cada um de nós tem aqui dentro uma ALMA e ela é o tesouro mais valioso.


Um maravilhoso, abençoado e iluminado 2011.

domingo, 2 de janeiro de 2011

La vem 2011!!

E lá vem 2011, todo faceiro, com seus encantos e desencantos, a maioria das pessoas esperam um novo ano pra recomeçar a vida, a fazer as coisas de modo diferente, com mais gas, com mais entusiasmo e por ai se vai.
Comigo nao será muito diferente... tentarei ser mais eu... nao me importar com o mundo la fora e perceber meus sentimentos, minhas vontades e até quem sabe voltar a sonhar e a lutar pelos sonhos...
Como dizia a uma antiga amiga: "Eu quero viver" e já estou vivendo intensamente, ja no 2º dia do ano, pra q esperar 360 dias se voce ja pode fazer algo diferente agora, hoje... ja neste momento... entao eh o que irei tentar fazer em 2011. Ser sincero como ja fui um dia, sem medo de magoar e ser magoa, ser menos piegas, menos exigente comigo mesmo...
Passei minha virada de ano sozinho, como sempre, mas em Ribeirão Preto/SP, fui a uma danceteria apos as 24h... e no momento do virada estava em oração, agradecendo a Deus pelo ano de 2010, ano de tantas transformações pessoais, ano em que me vi como eu mesmo, sem me importar com o que as pessoas dizem/pensem sobre mim... claro que foi um ano dificil, pensei que nao daria conta de termina-lo mediante a tantas dores que enfrentei, mas sobrevivi... e 2011 ta ai cheio de novidades, espectativas, novas oportunidades, de perdas, vitorias, conquistas e agradeci por um bom tempo por mais essa oportunidade, por essa chance de mais um ano a ser vivido...
Ja no 1º dia Deus se revelou misericordioso para comigo me fazendo conhecer novas pessoas, além de ter escutado algo que havia pedido em oraçao no momento da virada, agora é lutar para que isso frutifique... 2010 foi um ano intenso para plantação de mim mesmo, agora é o ano de colher o que plantamos, em meio as tempestades que a vida muitas vezes nos imporá... ainda assim irei lutar, coisa que fazia tempo... Hoje estou buscando forças para lutar, para animar e reviver a alma...
E que Deus nos abençoe... e vamos de encontro as novidades!!! e que novidades!!!