domingo, 27 de dezembro de 2009

Recomendações 2009:

Esse ano de 2009 fiz inúmeras coisas diferentes entre elas: leituras, videos, festas etc. E tais atos mudaram-me interiormente e exteriormente... sendo capaz de aceitar-me e também a aceitar o próximo sem nem um tipo de pré conceito...
Assisti inúmeros Filmes:
Normais: Apenas amigos, 17 outra vez, 500 dias com elas, A proposta, A era do gelo 3, a Arte da Luta, American Pie I, II, III, IV, V, VI, VII, Anjos e demonios, Antes de Partir, Avatar, Ano UM, Coração de Tinta, Cura do Cancer da Mama, De bem com a vida, Fala Grega, I love you man, Marley e eu, Minhas adoraveis ex namoradas, Bairro 13, O cavaleiro, O labirinto do Fauno, O sequestro do metro 123, A orfa, Observar e relatar, Os normais 2, Pandorum, Supernatural, Um ano sem sexo, Um dia voce aprende, UM grande garoto, 2012, o misterioso caso de James Button, Transformers 2, Arraste-me para o inferno, GI JOE, G force, Inimigos públicos, se beber nao case, The Spirit, ... òtimos por sinal...
GLS: Noahs Arc(serie inteira), Um lar no fim do mundo, Bruno, Latter Days, Sheltter, Adam and Steve, Almost normal, Amnesia, Another Gay movie 1 and 2, Beautiful things, Breakfast with Scot, Ciao, Coffee Date, Cafe com leite, Starcrossed, Dorian Blues, Eating out 1 and 2, Eleven man out, Far from heaven, Father and son, Fresa y Chocolate, Get real, glue, Half a person, Hedwig, HOmofather, Juste Une question d'amour, Kiky boots, kiss the bride, LIE sem saida, Le ciel sur la tette, Lie Down with dogs, Like a brother, little ashes, locked up, love and other disasters, Mambo italiano, Mulligans, My sister keeps, Open Cam, the dreamers, Party monsters, Prayer for Bobby, Prom Queen, Rockhaven, Save-me, The Mudge boy, The sun of us, Slutty summer, Sordid loves, Story of a bad boy, Summer storm, Tan lines, Testosterone, The mustly unfabolous social life of Ethan Green, The wedding banquet, The conrad boys, The history boys, The trip, Tinha que ser voce, To Wong foo, Total Eclipse, Vacatioland, Wild Tigers I have Known... e nao
sao pornograficos sao lindos romances...

Tem tambem os livros: todos de Andre Vianco(perfect), A casa, Marley and me, Amor.com, Chuva de rosas, Eles perguntam ele responde, Intimidades de minha vida, Meu filho é homossexual e agora, Despedida de solteiro, O preço de ser diferente, Prazer em conhecer, Sou homem e amo outro homem, Anjos e dois destinos, Liçoes da carne, 3º travesseiro, Quase Levy um fora, Tudo depende só de mim, Um estranho dentro de mim, O pijama, o Segredo de... , O monge e o executivo, Quem mexeu no meu queijo, todos do Pe Fabio de Melo, A paixao no banco dos réus e muitos outros, acho q li um livro por semana ou mais...

Bom foi o que realizei em termos culturais, teve outras coisas tal como: Feira do livro em Ribeirao Preto(Show de Adriana Calcanhoto), Macaco e Cia., Virada Cultural em Franca, Noite Cultural na Unifran, Festa da Soja, Festa do Peao de Morro Agudo...

Retrô 2009.

Como todas as pessoas comuns, quando chega a última semana do ano começam a fazer uma retrospectiva de como fora o ano e já fazem planos pra 2010, eu também parei pra pensar como fora meu ano de 2009. Fiquei um dia avaliando, pensando, meditando, refletindo... No fim de 2008 havia feito o proposito de ser feliz, acima de tudo... mas como a vida nos prega peça constantemente... vivi a tristeza, mais uma vez, acima de tudo... nao faltaram motivos. Tive depressao, tive perdas e por ai vai... Porém, foi um ano intrigante, pois foi um ano de transição... Onde pude me aproximar de mim mesmo, reconhecer minha identidade e assumi-la pra mim mesmo, sem me apegar a conceitos e preceitos extra interiores. Este ano foi o ano em que pude me acertar como pessoa, mesmo que algumas feridas tenham sido necessárias... Deixei que minha condição, limitações nao fossem algo que me torturassem como sempre as tinha em minha vida... conheci meu mundo alternativo, e me fundamentei nele, li literaturas, filmes, encontrei pessoas do mesmo mundo e por ai fui... desvendando um mundo que até então me era desconhecido... sabia apenas do ouvir dizer. Com isso identifiquei-me, assentei-me e percebi que este mundo não é tão alternativo como muitos e, principalmente, eu pensávamos. Foi uma descoberta que quebrou muitos preceitos, pré conceitos estereotipados, que me fizeram ser eu mesmo, independente dos julgamentos e condenações que as pessoas taxam o próximo. Foi até bom...
Em janeiro fui convidado a voltar a servir na Igreja (RCC), em um seminário (em outra cidade - Guará) Seminário este que me fez deparar com realidades tão semelhantes e tão diferentes ao mesmo tempo da minha, mas foi algo que me fez crescer como pessoa e perceber que ainda sirvo pra alguma coisa, a princípio tive muito medo, pois voltar a trabalhar na Igreja onde fui tão severamente condenado e tirado do serviço como foi...
Em fevereiro dei um jeito de fazer um empréstimo para conseguir voltar a estudar, já havia pensado que não voltaria, pois até então estava desempregado, e as chances de voltar pra faculdade eram nem uma, mas voltei sem poder voltar... Ainda acho que foi loucura... mas às vezes precisamos idealizar e realizar certas loucuras pois podemos estagnar na vida.
Em março quando o desespero já era enorme, devido o desemprego, fui convocado pela prefeitura e voltei a trabalhar, pensando que recebia uma luz no fim do tunel... porem nao era o que pensava... tive que fazer outros empréstimos para poder continuar a faculdade, poder ter uma profissão na vida... ser alguém talvez... mas isso é complicado... pois vai virando uma bola de neve... No novo emprego encontrei novos "amigos", pessoas que tenho aprendido a cada dia... a lhe dar, fora os de fora rs que também nos dão liçoes de vida constantemente, mediante aos sofrimentos, as dificuldades que a vida impõe a cada um. E aprender a lhe dar com a falsidade de muitos, pra nao dizer de todos... coisa normal nos dias de hoje...
Em abril nada demais aconteceu, a nao ser pelo fato de minha avó adoecer e ir pra UTI... o que de lá não voltou nunca mais(viva). Foi um mês de expectativa, de espera... onde iniciei no emprego novo.
Em maio, minha avó veio a falecer, uma perda lastimável, não pensei que iria sentir tanto... e com essa perda percebi que precisamos aproveitar na vida cada momento dela, pois a vida pode passar sem ao menos percebermos pra que motivo viemos. Teve a Festa da Soja, que foi o começo de tudo... do meu mundo alternativo. Aproximei-me de pessoas iguais, conheci pessoas iguais e com isso fui descobrindo um mundo novo, novas amizades, novos conceitos, novos sentimentos, novos sonhos, novas vontades, novas descobertas etc. Foi ai que tudo começou... nem tudo.
Junho foi um mês que fui me abrindo ao novo, vendo as alternatividades que a vida vai apresentando a nós... as pessoas, as frustrações, as decepções... Em junho eu já era eu... e nao mais o eu anterior... rs.
Julho mês de férias, de extrapolar os sentimentos as sensações, fui pela primeira vez a um bar GLS, em frente a boate Diesel... me senti em casa... aliás melhor que em casa. Um lugar normal, porém de pessoas iguais, de respeito mútuo...
Agosto o mês dos ventos, sem nem um feriado, mês em que vamos acertando a vida, pois percebemos que o ano já começa a ir pro seu fim... e já a preparar para o fim de ano.
Setembro mes das arvores, e este ano mudando o protocolo, não fui ao Hallel, fui ao primeiro aniversário (churrasco) GLS, foi legal... Além de descobrir que nesse mundo existe muita falsidade entre as pessoas.
Em Outubro fiz pela primeira vez, depois de anos de convites, o Cursilho de Jovens Homens melhor impossível... estava precisando dessa parada pra voltar pra Deus, mesmo com as minhas limitações, foi um retiro em que me coloquei diante de Deus como sou, sem máscaras, medos e fui amado por Ele assim mesmo... foi ai que percebi que Deus é Deus acima de qualquer coisa/situação/condição/tendência... vi inúmeros diferentes iguais ali próximos de mim... foi muito bom... Também fui a minha primeira Rave GLS, é mole!!! E que coisa... foi perfeito... quebra de tabus, pois muitos criticam tais momentos dizendo ser lugares de promiscuidade, de prostituição etc. e não é nada disso, nunca me senti em um lugar tão respeitoso...
Novembro, mês passado, lutando ainda contra a depressão, conhecendo meus limites... com as crises sexuais à flor da pele, solidão em extremo...Ju, um grande amigo, se casou...
Dezembro, atual mês, de muitos casamentos de conhecidos(Dani, Lolita, Marcelo, Becare etc.) fui padrinho do Marcelo, e reflexão para 2010, planejando... e por ai se vai.
O ano de 2009, foi mais um ano que ficará pra história onde pude descobrir um mundo... claro que em meio a lágrimas, dor e sofrimentos, mas foi necessário para poder ser um pessoa mais livre... Sei que tudo o que planejei pra esse ano não cumpri em nada, mas creio que foi um ano de purgatório... de limpeza interior para poder receber mais em 2010.
Já pra 2010 nao faço planos para nao poder me frustrar ainda mais em minha vida...
Que venha 2010...

sábado, 12 de dezembro de 2009

Tentando

Estou em uma luta tremenda para me permanecer em pé... fisicamente, espiritualmente e psicologicamente... É tao dificil ser a gente mesmo, mediante a tantas coisas que o mundo nos traz, a tantas coisas que acontecem em nossas vidas de certa forma acabam sufocando quem realmente somos.
Estou tentando viver... porem... nao estou conseguindo... pra mim já... deu... ver, ouvir certas coisas que te ferem de uma forma tao... aguda. As pessoas acham que sou forte... sou mais fraco do que imaginam, muito carente, muito sensivel...
Hoje é sabado... a vontade q tenho é de somente ficar deitado... quietinho no meu canto... no escuro...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

O NATAL VOLTOU...

aFFF... Parece que fora ontem o Natal de 2008... que tédio esse período... pessoas felizes por nada, sendo que a vida continua a mesma, os problemas continuam os mesmos... como se o mundo pudesse mudar em um dia apenas...
è isso ai, nao gosto nem um pouco do natal, pois as pessoas soh pensam em festas, presentes etc... festas odeio festas pois sempre me deprimo, quando nao acontece briga, ja viu familia geande, agora presentes... faz mais de 10 anos que nao ganho um presente se quer no natal, a nao ser os por mim comprados ou trocados em amigo secreto que pra mim nao conta como presente... Pra quem gosta desta festividade:

FELIZ NATAL!!!

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Sem net...

Bom gente...

Voces devem estar assustados, pensando que abandonei meu blog de vez, não fiz isso não, ainda não... mas estou numa vida muito corrida, com um monte de problemas pra enfrentar... com um monte de abacaxi pra descascar.
Devido a situação que estou vivendo estou , novamente, fazendo análise psicológica e psiquiatra, tomando alguns medicamentos, pra ajudar a dormir novamente...
Sem net, pois a fase financeira não tem ajudado em nada... mto pelo contrario... to vivendo uma fase de muito trabalho e nada de pagamento... RS . o sonho da faculdade já foi pro saco... mais uma vez!!
Imagina eu sem net... que coisa ruim... não tem nada pra fazer em casa a não ser ler... isso mesmo não tenho ido a facul por uns pequenos problemas que... deixa pra La... entro na net no trampo, mas ultimamente não tenho conseguido nem respirar direito... está muito difícil estar em um lugar oposto a minha personalidade...onde as pessoas primam por ser rude... e injustas... mas espero logo mudar tal situação... voltar a prestar novos concursos ao menos pra receber um pouco mais e terminar minha faculdade... alias ainda nem sei quando poderei voltar pra La, se é que volto... mais uma vez... outra vez... ter que parar... pela metade algo começado... como tudo em minha vida... parece uma maldição para nunca acabar algo que tenha começado...

Ai que saudade da minha internet!!!

Liberdade... o que é que faço com essa tal liberdade!

Existe uma canção que diz:
... lágrimas são suor de almas que lutam só!!!

E ponho essa frase em minha vida... pois as lágrimas são o consolo das almas que vivem na solidão em busca de um sentido para viver, um motivo... uma chama que possa impulsionar-nos a irmos adiante.
Não sei muito como contornar muitas situações que a vida nos traz em nosso cotidiano. Tento ser eu, porém este eu tem um eu mais profundo que poucos conhecem...
A cada dia percebo que a liberdade não existe, que todos vivemos em um mundo preso nas teias das aparências, na necessidade de ser bem quisto por todos, para que todos tenham uma boa imagem dos outros e de si mesmos... Porém, ninguém é o que realmente, ou o que gostaria de ser... na verdade somos o que os outros pensam ver... necessitam ver, com isso nossa liberdade de vida, de escolhas, de decisão etc. tornam-se contos ou lendas...
Dizem que sou livre... mas ate hoje não usufruir de tal liberdade... ate porque meio que impossível ser livre no mundo em que compartilhamos. Não somos livres em casa, no trabalho menos, não igreja impossível, na escola... somos presos a parâmetros criados pelos outros... e ai de nós se não os vivenciarmos... ai sim seremos mais presos ainda.
Em casa experimento essa liberdade na pele... entro mudo e saio calado... RS... pra ver tamanha liberdade... não tenho direito nem sobre minhas próprias coisas... já viu caçula... ultimo a falar e o primeiro a apanhar... no trabalho a coisa não é muito diferente... mais novo em tempo de serviço... na faculdade, a faculdade...
O pior de tudo isso é não ser livre nem com os próprios sentimentos... odiamos quem não deveríamos, amamos quem nunca irá nos amar... sorrimos pra quem nos apunhalam, choramos com aqueles que riem de nós e por ai vai... Essa liberdade de vida é tão estranha...
Queria não chorar nem lamentar os problemas... queria ter a liberdade da felicidade espontânea e verdadeira...Ser sincero acima de tudo... sem perder a liberdade...

Amigos

Tenho um hetero “amigo” que temos nos tornado bons amigos... Amigos mesmos. Tenho aprendido com ele o que é ser humano, o verdadeiro sentido da amizade... Não sei até quando irá... Mas sei que tem feito a diferença para não me afundar ainda mais na depressão.
Todo dia a pessoa dá um jeito de conversar comigo pra saber como estou, é muito engraçado isso, pois nunca se importaram com minha pessoa, sempre tive que cair e levantar diante das situações sozinho, sem ninguém ao menos perguntar e ai???
Só temo que as pessoas venham a difamar, como em muitas outras vezes em que por medo, inveja ou sei lá o que, as pessoas maldaram das amizades que criava. Eu queria entender isso... Por que as pessoas acham que duas pessoas diferentes não podem se aproximar... Pior né... Quando nos aproximamos de pessoas iguais ai que maldam ainda mais da gente... Conheço várias pessoas que possuem as mesmas tendências que eu e são... É melhor não definir, pois não serei leve nas palavras... Pessoas que se escondem atrás de atitudes fóbicas, pré conceitos entre outras coisas.
Hoje ao rezar, ainda rezo viu gente... Mesmo sendo diferente..., e comecei a relembrar alguns amigos que passaram alguns que deixaram marcas, umas boas e outras nem tanto, que foram calejando meu coração de tal modo que hoje sou como sou em relação às amizades... Último “AMIGO” que tive... Que se dizia hetero... Em um determinado momento teve uma crise de ciúmes, que deu no que deu... Um ciúme doentio... A ponto de querer e fazer as mesmas coisas que fazia... Ate hoje não entendo o motivo de ter passado tantos “amigos” e nem um ter permanecido... Devo ter algum problema em relação a tal tipo de relacionamento...
Se alguém tiver o Catecismo da Igreja Católica dê uma lida nos parágrafos 2357 ao 2359 – “amizade desinteressada”... Esse é um termo que sempre trago em meu coração... Tento, pois sou humano como todo mundo, passível de errar e de ser tentado e também provado.
Ser amigo é saber tudo sobre mim/ti e mesmo assim ser seu amigo...
Alguns que passaram deveriam saber disso, aprender isso... Vivenciar isso...
Não quero que aconteça como a canção de Roberto Carlos que diz: quero ter um milhão de amigos... Não!!! Eu quero ter apenas um, desde que ele saiba tudo sobre mim, minhas fraquezas, chatices, medos, qualidades, defeitos, tendências, pecados etc. e mesmo assim continuar sendo amigos...
Vai pra você GRANDE... Obrigado pela sua amizade e preocupação com minha pessoa... VLW!!!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Definam-me

Estou fazendo um tratamentopsicológico e o psicólogo pediu-me para abordar algumas pessoas com as quais conviva no meu dia-a-dia e veja como elas me definem, vêem-me, pensam ao meu respeito etc...
Por isso resolvi ver o que o blog pode ajudar nesse tratamento...
Então ai vai é simples, você responde com um comentário seu de como você me define.... sejam sinceros hein!!!

No fundo do fosso


Há coisa na vida que incessantemente nos tentam por a cada dia mais pra baixo e nos humilhar cada vez mais...
Pois é, estou vivendo uma fase que não sei nem como explicar direito, pois até agora não estou entendo o que se sucede, são tantos problemas, são tantas desavenças, são tantas humilhações, falta de sorte, de fé entre outras coisas mais...
Cheguei ao fundo do fosso, pensei que a vida não seria tão pior quanto já se estava sendo, mas vejo que nada está tão ruim que não possa piorar.
Perdi todas as minhas esperanças, sonhos, força de vontade, animo... por que??? Pois de nada servem... parece mais que estou remando, remando, remando e não saio do lugar como se meu barquinho estivesse atracado ao cais... como sabem estou com 29 anos quase trinta... e nesses anos todos nunca fui feliz, nunca pude ter as coisas que sempre quis, quando consigo algo, algo maior faz perder tal conquista e isso acontece em todas as areas da minha vida: trabalho, relacionamento, família, amizades etc. tudo mesmo... é um enorme desgosto que se achega ao coração... tem dia que questiono a mim mesmo por que vir ao mundo... Pra SOFRER? Não agüento mais isso... é sofrimento atrás do outro, decepções, frustrações... entre outras coisas. Tentei ser feliz de varias maneiras... e nada faz ser totalmente feliz.
Sinto-me como um grande perdedor... já perdi tudo, alias quase tudo... só falta a vida... Se bem que... Não seria ruim... Mas não depende de mim...
Os amigos quando penso que encontrei, levo um baita... os sonhos... são apenas sonhos, se bem quem nem sonho mais, para não me frustrar ainda mais. Com a maturidade vamos descobrindo que viver é algo não muito agradável, ao menos em minha vida... Sabe quando se perde o gosto, o sabor de algo... é assim que me encontro na maioria das vezes... principalmente agora... por mais que tentem dizer que seja fase, pode ate ser que seja, porem depois virá outra e outra e outra e outra... e uma pior que a outra, pois é assim que se vai em minha vida...
Sinto-me no fundo do fosso, isso mesmo, fosso e não poço... Pois alem de estar em tremendo buraco, pra piorar estou no meio de mrds... Soterrado nelas... E sair delas... Muito complicado...

Para o mundo, só um pouquinho... pois já passou da hora de eu descer...

Estar de luto...




Estar de luto é algo que muitas vezes nos acometem no decorrer de nossas vidas, e já passei por varias vezes por isso... e indiretamente estou mais uma vez vivendo esse período, não por mim mas por alguns conhecidos que vieram a falecer.
E toda vez que me encontro nessa situação de morte, relembro como é difícil passar por isso, por mais que nos preparemos,nãos estamos suficientemente preparados para tal situação, muito pelo contrario.
Eu perdi meu pai quando tinha 14 anos, e pra mim foi uma das coisas mais terríveis que um jovem pré-adolescente pode viver em sua vida. Mesmo que meu pai não fosse tão presente, porem o amava muito... e quando passamos por tal situação o sentimento que nos acomete é da perda de uma parte de nós mesmos... já faz 15 anos que ele veio a falecer e até hoje ainda não me acostumei muito com a ideia, pois até hoje faz muita falta a presença de um pai em minha vida. Ate por que desde criança a imagem que tinha de pai era a de um homem, bêbado, que chegava em casa fazendo o maior fuzuê... passava semanas sem ve-lo pois saia cedo antes de acordar e voltava ainda estava dormindo, quando vinha para casa... Porem o amava... meus irmãos dizem que é porque eu sou o caçula e ele mimava muito... aliás o único que fazia isso... tudo que pedia pra ele, ele dava um jeito de me conceder... lembro até hoje do dia em que ele veio a falecer, foi em um domingo... o mesmo da morte de Ayrton Senna... meu pai até viu o acidente de manhã e a declaração da morte na parte da tarde, só não imaginava que poucas horas depois seria ele que passaria pela mesma situação, de modo diferente... Morreu com 50 anos, parecia ter uns 65 devido a bebida, causa mortis: alcoolismo craniano... pois é... morreu de tanto beber... que no sangue continha mais álcool que água propriamente falando. E pra não bastar meu irmão mais velho(dos homens) teve morte semelhante, foram perdas inigualáveis, incomparáveis que nunca um ser humano pode superar, pois por mais que o tempo passe, mais o sentimento cresce dentro de nós... (só se tem saudade de quem se ama...)
Aprendi a olhar pra morte de uma maneira completamente madura, pois a morte fez com que abreviasse minha maturidade... com 15 anos era muito mais responsável que muitos homens de 30 ou 40 anos...
Tinha compromissos de gente grande, tive que aprender com a vida a viver... não tive ninguém pra ensinar-me como fazer, como lhe dar com inúmeras situações que a vida nos oferece constantemente, acho que isso foi me forjando ainda mais... na dor... Todo sofrimento tive que passar só, quieto no meu canto para não incomodar e nem atrapalhar a vida das pessoas com as quais convivia. Não sei ate hoje como consegui sobreviver tantas coisas, tantas frustrações e tantas perdas... parece que a cada dia que passa, vou perdendo um pouco de mim pelo caminho...
E fico pensando como a vida nos é ingrata... somos sujeitos a tudo e mais um pouco... As vezes penso que ao nascer fui colocado umas 10x na fila do sofrimento... ate hoje não sei o que é ser feliz... se é que saberei um dia...
Falo do estar de luto devido aos acontecimentos que me vieram, hoje faleceu o pai de um amigo/conhecido, uma professora muito querida, e ontem faleceu um jovem por suidicidio... e tambem um amigo virtual... Com tanto luto ao meu redor, dei-me a chance de filosofar um pouco sobre o estar de luto... não pelo simples fato de treva que é passar por tal situação, mas pelo fato de que sempre que passamos por esta fase nunca estamos preparados pra tal... pois o pior luto é o luto de si mesmo... quando morremos por nós mesmos, perdendo a alegria, a vontade , o animo...
Por isso, declaro... Estou de luto!!!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Eu já...

Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade...
Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

AntiSOCIAL...

Tem pessoas que nos define de cada forma...Hoje devo ter ouvido voce é anti-social umas 10 vezes sem exagero, se nao for mais... só porque gosto de ficar na minha, no meu canto, sem ter que me envolver muito a fundo... quando nao disse voce é reservado, sério etc. São coisas que muita das vezes nossas atitudes fazem com que as pessoas nos definem de tal modo, mas anti social, sou nao. Ate prezo para o bom relacionamento em todas as areas, setores, departamentos da vida.
Acho que o problema é porque como vivo rodeado de mulheres, é isso mesmo, mulheres... nossa deoooss, nao dá... e nao gosto de mulher, nao pelo fato da minha condiçao, mas pelo fato que nao tenho paciencia mesmo, ta bom tambem por serem mulheres, e trabalho com maioria mulher, em casa tenho mais contato com minha mae e irma, na escola soh tem eu e mais um homem na sala... ai ja viu neh... fora que mulher tem umas manias de mulher... que nao dá neh rsrssrs Mas nem por isso eu sou anti social... só nao me abordem muito incisivamente, nao fica pegando, tocando, esfregando, se aproximando etc. pra uma boa conversa com mulheres, principalmente, preciso de espaço pra respirar, pensar, etc e tem umas que meu deooos... é de ser anti social mesmo... as vezes consigo mudar de humor por causa de determinadas atitudes, como tenho sorriso sardonico, o que se torna mais facil ainda... de alegre ficar bravo em kestao de segundo...
Pela última vez: EU NAO SOU ANTI SOCIAL!!!

Chocado!!!

Estou completamente chocado!! E olha que pra eu ficar chocado... vai tempo e coisa...
Na última semana aconteceu um episódio inusitado, inesperado, indefinivel... sou um pouco exagerado em definir a situação se é que é possível definir... só quem passa por isso sabe...
Semana passada, na quarta-feira(16/09), 05 "crianças" atacaram uma outra com chutes, socos etc. fico imaginando a cena... voce acabando de sair da escola e 5 "amigos" de sala, que ao menos deveriam ser amigos, o aborda e começa a lhe dar socos, ponta pés, unhadas... gente é o cumulo isso... quando me disseram nao atentei ao grau da situação... ate parar pensar e começar a ver todo rebouliço que começou a se ter no fato, comecei a identificar a situaçao... E vejam tal fato passou em todos os jornais possiveis da TV... as vezes podem pensar que seja apenas extremismo, midiatismo ou coisa do tipo, mas não é não...
Trabalho na assessoria da educaçao de minha cidade e com isso vamos tendo acessos a alguns fatos... e como ja ouvimos na tv, nos jornais a criança vinha constantemente sendo atormentada, abordada pelos amigos por ser gago, ter problemas na dicção, imagina a situação... nao da pra imaginar neh... isso acontecia dentro da escola, dizem, nao estava la pra ver, porem... melhor nao comentar. Professores e funcionarios ja presenciaram situaçoes menos grave do que essa do dia 16, e qual a reação deles diante disso... o assunto é pra ser resolvido fora da escola e ninguem tem haver com as diferenças das crianças. COMO ASSIM??? Chocou a minha alma... claro que há situações que nao podemos interferir, mas nessa??? uma criança com problemas de dicção ser alvo de preconceitos e ninguem a defender, pra mim isso é o mesmo que apoiar o preconceito... tinham que corrigir, ensinar, comunicar os pais entre outras coisas, mas nunca permanecer callados... jamais... Será que ninguem ouviu falar de Bulling e que é crime inafiansável??? impossível né... Agora vem o pior, o que aconteceu com as 5 crianças???? nada, nao pode pois sao menores e nem pra FEBEM podem ir, com isso estao ai livremente continuando com seus atos preconceituosos, sem nem um tipo de punição, corretivo sei la o que poderiamos fazer nessa situaçao, menos permanecermos calados... Hoje vi um dos autores... desculpem dizer, mas um projétil de bandido... se com 09 anos está já assim imagina quando estiver com 18 anos... seguram suas bolsas e carteiras pois o perigo anda solto...
Isso me choca, revolta-me de tal maneira... Pois já passei por situações semelhantes, ja fui inumeras vezes quando criança abordado na escola por "amiguinhos" fortes, que se achavam os espertalhoes entre outras coisas, pessoas que não sabiam e nao sabem até hoje respeitar as diferenças humanas, e como é dificil passar por tudo isso, às vezes as pessoas pensam por que nao falam o que estao passando, por que nao poem pra fora tudo isso, simples de responder, é pelo simples fato de que nem mesmo os nossos nos respeitam pelas nossas diferenças... com esse fato as imagens de quando eu era criança tem supitado na memoria, as piadas, as risadas, as abordagem... quanta humilhação...
gostaria de ter um minuto com esse menino agredido e olhar nos olhos dele e apenas lhe dar um abraço e dizer ao pé do ouvido: Estou com voce!!! pois o sentimento que mais passa no coraçao de crianças que sofrem tais ataques é da solidao, desamparo... pois nao consegue mais superar tal situçao vivem com medo... medo de tudo....AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

EU TO CHOCADO!!!!

sábado, 19 de setembro de 2009

eu faço parte desta festa com: UMA CARTA PRA MIM


Que coisa hein, minha amiga que me apresentou este mundo "bloguístico", já completa um ano de existência... daqui uns dias eu também... e pra fazer parte desta festa, la vamos nós participar deste evento - BLOGAGEM COLETIVA - que me parece o máximo... Bom la vai a minha carta:
Ola, Bom dia Josimar
Tudo bem com você?! Bom como te conhecço bem, luto para que estejas melhor diante de toda situação adversa que tem passado... nesse ultimo ano.
Gostaria de dizer-lhe que estou contigo sempre, em todos os momentos, em todas as situações e que o amo, mesmo com seus grandes defeitos...
Essa carta que te escrevo é pra lembrar de todos os momentos que passamos juntos durante esses quase 30 anos de vida conjugada, inseparável. Sei que passamos por muitas barreiras pra chegarmos até aqui, hoje, e sabemos que iremos ainda enfrentar por muitas outras... Mas quero que saiba que aconteça o que acontecer estarei contigo em toda situação, mesmo quando eu não querer estar... fazer o que... somos inseparaveis mesmo... Quando comecei a pensar no que poderia escrever para voce, fiquei buscando tantas coisas que poderia externa aquilo que sinto por voce... ou externar os sentimentos que guardo por ti... mas vi que palavras sao tao pequenas aparentemente para demonstrar que estamos, eu e eu, juntos ate o ultimo instante. Sei que ultimamente nao tem sido nada fácil enfrentar todos os problemas que a vida tem trazido à tona sozinho, sei que gostaria de nao estar tão só como estás, mas veja bem nao estás tao só, voce tem a mim, alias temos a nós rsrs...
Quantas vezes voce quis desistir de tudo... e nao sei como... mudou seu pensar... Quantas perdas passou que parecia que arrancavam pedaços de voce... "amigos" que vinham e tiravam as preciosidades que tinha... As perdas que a vida condiciona a cada um... Mesmo que voce pense que durante todos esses anos foram mais perdas que conquista.... Até procurei uma pra citar, mas seja qual for a que eu cite, voce irá por um porem nela... entao prefiro nao citar nada...
Estava eu pensando neste último ano... último ano dos 2.*, já que ira pra 3.0 daqui uns meses, e neste ano por mais dificil que está sendo, tem algo que é louvável dizer: estás chegando a maturidade humana, tornando-se um homem maduro, não tão homem assim claro, mas homem... você me entendeu.
Foram quase 30 anos de muito sofrimento, nao sei como você conseguiu chegar até aqui, mas não importa como... o que importa é que chegou... mesmo se arrastando as vezes, lutando com a vontade de ficar na cama pro resto da vida e não ver a casa de ninguem... Mesmo diante das humilhações, das acusaçoes inúmeras que sofreu na vida toda, nas perseguições e julgamentos e principalmente nas condenaçoes que até hoje existem...Nesses 2.9s aprendi muito com voce, a ter persistencia mesmo nao querendo ter, a ter animo mesmo no desanimo, a ser alegre na tristeza e na dor... e tantas outras coisas. E falo pra você sai desse marasmo de melancolia, tristeza e solidão... á curtir a vida... como? não faço a minima ideia... Até porque as coisas passam que passam e voltam ao mesmo lugar... Não precisa pensar no cansaço que é a sua vida, mas olhe pra frente e continue... mesmo que muitos possam nao vir a acreditar em ti...
Por isso que adoto o lema pra sua vida:
Que a minha vida nunca seja notada
e a minha ausência jamais seja sentida.
Vou ficando por aqui e desejando que voltes a sonhar, a ter esperança pela vida e pelos sonhos que a vida nos vai permitindo sonhar e lutar por eles...
E saiba que de CORAÇÃO... amo voce!!!
kisses

Josimar

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

SAUDADES...


Recebi esse texto de um amigo... amigo mesmo... a gente raramente se ve, se fala, se encontra devido que com o tempo a vida foi nos direcionando para caminhos diferentes... é um amigo que amo muito, muito mesmo... e hoje criei coragem e conversei com ele sobre minha tendência, morrendo de medo de perder mais essa amizade, mas foi tao... apaixonante, sereno, suave a situaçao que nem acreditei... e ainda por cima me presenteou com este texto... lindo... por sinal... E vejo que a cada dia que passa o lema ao meus amigos a cada dia se fundamenta ainda mais... Gu... muito obrigado por sua amizade... Amo vc meu amado amigo!!!


( O verdadeiro amigo é aquele que sabe tudo sobre ti e continua sendo teu amigo...)



A DOR QUE DÓI MAIS

Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, dóem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Dóem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.
Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.
Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.
(Martha Medeiros)

terça-feira, 1 de setembro de 2009

ATE´ CORTAR OS PRÓPIOS DEFEITO PODE SER PERIGSO. NUNCA SE SABE QUAL É O DEFEITO QUE SUSTENTA NOSSO EDIFÍCIO INTEIRO...

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

excentricidades...

Quantas coisas acontecem em nossas que muitas vezes gostaríamos apenas de entende-las, mas... ato quase impossivel...Porém a insistencia de querer entende-las ainda continuam sendo grande.
Hoje fui a Sao Paulo pela prefeitura de minha cidade, representar e pegar algumas informaçoes para um novo projeto, foi um momento de deixar de lado os problemas e viver em um mundo nao tao proximo assim... porem que nao faz parte de minha realidade diaria.
Bom falando mais de mim... algumas excentricidades... voltando ao assunto que falei dias atras... as vezes alguns podem se questionar porque motivo somente agora venho expor tal tendencia... Mas ate chegar a esse ponto passei por inumeras situaçoes, sentimentos, duvidas, confusoes etc.... nao foi nada facil ver pessoas que voce ama e dizem q amam voce do nada sairem de sua vida e inventarem estorias diversas a seu respeito... comigo aconteceu tais coisas diversas vezes e de inumeros modos e meios... sofri muito e muito mesmo a ponto de entrar em depressao varias vezes... uma luta constante... Hoje eu vejo que tudo mudou, mesmo q muitos possam vir a julgar-me o azar de quem me julga e condena...Sou muito mais eu e descobri que sou assim nao porque escolhi e nem por opçao... mas sim uma condição imposta pela vida... isso é algo a se explicar com muito mais tempo, pois as pessoas nao entendem e nao conseguem dintinguir isso... que nao há opção e sim condiçao... ou alguem qundo nasce é questionado se quer ser homem ou mulher?
Por isso, vou caminhando com as minhas excentridades, com minha vida do jeito que ela é... agora se as pessoas se incomodarem... sinto em informar que pra mim... nao to nem ai!!!

domingo, 23 de agosto de 2009

ENTREVISTANDO EU MESMO...



Algumas coisas sobre mim, que pode ser que você saiba ou não, em nenhuma ordem especial...
estou apenas compartilhando com as pessoas coisas sobre mim.
As instruções estão no final:


01 - Nome: Josimar


02 - Quantidade de velas no teu último aniversário? 25 - brincadeira é 29, mas com alma de 15 ainda

03 - Tatuagens? nem uma


04 - Piercings? aff. ... nao nem um


05 - Já foi à África? Não


06 - Já ficou bêbado? Acho que não... o que nao quer dizer que nunca tenha bebido


07- Já chorou por alguém? Sim e muito

08 - Já esteve envolvido em algum acidente de carro? nao...

09- Peixe ou carne? Peixe e carne

10 - Música preferida? Guardião de Ziza Fernandes


11- Cerveja ou Champanhe? Champanhe, sou chic beinheee!!!

12 - Metade cheio ou Metade vazio? Metade Cheio sempre o lado bom prevalece

13 - Lençóis de cama lisos ou estampados ? Lisos...

14 - Filme preferido? Shelter e Latter Days,


15 - O que vc nao aceita? Magoar as pessoas que eu amo... não admito

16 - Coca-Cola simples ou com gelo? Nenhuma, nao bebo refrigerantes...

17 - Quem dos teus amigos vive mais longe? Os que não sao amigos...

18 - Quem você acha que vai responder a esse e-mail mais rápido? Vai saber...

19- Quantas vezes você deixa tocar o telefone antes de atender? Uma no máximo... odeio telefone tocando...

20 - Qual a figura do seu mouse-pad? Nao tenh, pois é notebook


21 - Pior sentimento do mundo? Perda de um amigo por traição da confiança...


22 - Melhor sentimento do mundo? Amor e amizade - quem tem um amigo tem um anjo


23 - O que uma pessoa não pode ter para ficar com você? falsidades


24- Qual o primeiro pensamento ao acordar? nem um... sou extremamente rude ao arcordar, evito até pensar...

25- Qual o último pensamento antes de dormir? Mais um dia vivido e vencido, obrigado Senhor!!!


26 - Se pudesse ser outra pessoa, quem seria? eu mesmo

27 - O que você nunca tira? o filho de uma mãe...


28 - O que você tem debaixo da cama? outra cama - é treliche


29 - Qual a pessoa que talvez não te responda? O ser humano é imprevisivel

30 - Aquele que com certeza vai te responder? Voce


31 - Quem gostaria que te respondesse? Todos


32 - Qual livro vc está lendo? O Preço de ser diferente


33 - Uma saudade? de alguns amigos que eram tao presentes e hj tao ausentes, de um pai, da minha infancia,de cantar e dançar...


34 - Uma característica tua: mesmo nos problemas sempre ter um sorriso no rosto, pois o coração é meu mas o rosto do irmão. Ser extremamente organizado com as coisas dos outros, pois com as minhas é uma tremenda bagunça, e ser amigo a ponto de guardar inumeros segredos, situaçoes, etc...


35 - Decepções que tive em minha vida: nossa... sao tantas... perdas que nunca imaginei perder, sonhos que nunca pude realizar, desejos que nunca pude concretizar...

36 - Lugares em que morei : São Joaquim da Barra - vila martus(03 anos) e no joao paulo(há 26 anos) ...


37 - Programa de TV que assistia quando criança: Thunder Cats, He man, She rah, Caverna dos dragoes, BJ, Super Maquina, Aguia Azul, smorffs, Xou da Xuxa(nao perdia um, assisti o primeiro programa em 86), Clube da Criança(Angelica), Programa do Sergio Malandro, Mara Maravilha, Anjos da lei, Dallas, jiraya, os flashman, os changeman, googleboys, jaspion, jyban, black come rider, etc era um menino que nao sabia viver sem tv... rsrs

38- Programas de TV que assisto hoje : Noah's Arc

39 - Lugares em que estive e voltaria:
Ituverava, Franca, Ribeirao Preto, Rio de Janeiro, Sao Paulo, Aparecida, Uberlandia etc...

40 - Formas diferentes que me chamam: Jo, josi, Zi, Zima, Jozima, ma, ti mai(sobrinhas) , zimar(sobrinhos), Josimar... acho que só... nao gosto muito do josi, mas se me chamarem atendo normalmente, mas gosto mto de JO(minha bo que criou rsrsrs)


41 - Pessoas que me mandam correios quase todos os dias Serve e-mail??? Guilherme, Cecilia, Unifran, etc


42 - Comida Favorita: Arroz, batata, bife, todos os tipos de massas... e comidas leves amoooooo


43 - Lugar em que desejaria estar agora: em uma lugar silencioso...

44 - Espero que este ano eu possa: Ser muito feliz... superar todas as adversidades que enfrento no meu cotidiano...



Aqui está o que você tem que fazer: - Por favor, não estrague a diversão. - apague todas as minhas respostas e escreva as tuas. - Depois, post em seu blog e espere os comentários dos amigos e tambem Você descobrirá muitas coisas a respeito de seus amigos. É sempre bom saber um pouco mais de quem se gosta!!! A teoria é que você vai aprender bastante sobre pequenos fatos de seus amigos e conhecê-los muito mais também.

sábado, 22 de agosto de 2009

Compilando a vida

Estou em um momento na vida de compilações, ou seja, de funilações, de analisar tudo e tentar achar algo que valha a pena. Compilando vida, sentimentos, sonhos, vontades, pensamentos etc... para tentar chegar a um denominador comum que possa me impulsionar a voltar a luta pela vida, pelos sonhos etc.
As vezes passamos por situações na vida que deixam tremendas marcas em nos e as vezes essas marcas nao se delimitam a se manter em nós como tambem nas pessoas mais proximas... Estou cansado de tantas coisas, mesquinhez etc...Tem hora que acho que cansei mesmo foi de viver... tenho a idade natalina de 29 anos e meio, porem sinto internamente como se ja tivesse vivido um século ou mais, diante de tudo que já passei nessa vida... quantas frustraçoes, decepções, perdas infinitas... quantas... tantas... acho que cansei foi disso tudo, de patinar e nao sair do mesmo lugar... andar e andar e morrer na praia... sei que viver nao é facil, que muitas coisas ainda poderao vir acontecer... mas queria só uma pontinha de alegria... nao precisa ser muita nao...
Pior coisa é chegar a um ponto na vida que voce olha pra todos os lados e percebe que tudo o que voce lutou, sonhou, dedicou etc soa como em vão... que nada irá mudar, nada irá acontecer... só isso... To extremamente cansado de minhas limitas limitaçoes... há dentro de mim uma ausencia de esperança, uma ausencia de espectativa... Simplesmente vivo... por que??? nao sei, só sei que ainda vivo... nao porque quero... pois por mim... Cansado das pessoas olharem com pena, com medo, com nojo, com... Faz 05 dias que nao durmo já... e até agora nao sei o que tem feito eu perder o sono, pois nao tenho me preocupado com nada mais, qualquer coisa pode acontecer que nao me preocupo, nao me desespero etc. Como ja passei por muitas coisas hoje a vida perdeu sua cor... sua alegria... seu brilho!!!
Enquanto as coisas nao acontecem e sei que nunca acontecerão, vou indo... compilando a vida!!!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Acredita em anjo
Pois é, sou o seu
Soube que anda triste
Que sente falta de alguém
Que não quer amar ninguém
Por isso estou aqui
Vim cuidar de você
Te proteger, te fazer sorrir
Te entender, te ouvir

E quando tiver cansada
Cantar pra você dormir

Te colocar sobre as minhas asas
Te apresentar as estrelas do meu céu
Passar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel

Vou secar qualquer lágrima que ousar cair
Vou desviar todo mal do seu pensamento
Vou estar contigo a todo momento
Sem que você me veja
Vou fazer tudo que você deseja

Mas, de repente você me beija
O coração dispara
E a consciência sente dor
E eu descubro que além de anjo
Eu posso ser o seu amor...
Se a tristeza te rouba as palavras
Se as razões se perderam no tempo
Relembrar as histórias passadas
Desperta saudade
Se alguém prometeu te amar
Mas depois partiu
Te deixando sem mesmo explicar
Sem dizer adeus
Deus conhece a tua verdade
E as saudades do teu coração
Em segredo teu Deus te espera
Quer te consolar
Então volta só Deus é amor
Que não passa e não passará
Então volta
Só Deus é resposta que vale a pena esperar
De amor vive o coração de Deus, de amor
Amor que não se cansa de amar!!

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Sofrer... pra que isso???

Queria entender o motivo pelo qual algumas pessoas sofrem tanto assim na vida... por que alguma delas nunca podem ser felizes em nem um instante.
Faz tempo que nao escrevo... pois nao tenho tido tempo pra isso e muito menos animo, pois a vida a cada dia que passa tem se tornado tão amarga... que às vezes penso que tomo fel todos os dias ao acordar e ao dormir... Estou em um misto de confusao, medo, angustia, dor, sofrimento etc, tudo de uma vez... pensamentos que vão e ficam e nao querem jamais sairem de nossas cabeças, dos coraçoes, da vida... parece que estou vivendo um verdadeiro inferno...
Já perdi certas esperanças na vida, alguns sentidos e algumas vontades... pois já nao adianta mais lutar, pois sinto como se estivesse patinando em meio a lama... e nao se sai do lugar, é só sujeira que consigo fazer. Já cansei de ser peso na vida de muitos, ja cansei de ... enfim de tudo... Acho que as coisas nao tem mais soluções nao...
Os amigos... amigos? um dificil uma pessoa como eu ter "amigos", companheiros? um só o sao quando os interessam... ai entao já viu... a solidao é a companhia de todos os dias, de todas as horas e momentos na vida. Até porque sofrer mais ainda por causa de outrem, só pioram as coisas, e piorar mais do que já está... dificil... se bem que nada é tao ruim que nao possa piorar...
Esse tempo que fiquei sem postar tentei conquistar a felicidade de varias formas, indo a luta, correndo atras e ... é so muralha que encaro, deparo na vida... e enormes, e já estou hiper, super, ultra, mega cansado de ter que enfrentar tudo isso, ja nao tenho tantas forças assim mais nao...
Nessas ferias tentei viver tudo intensamente: sair, ir a bares, shows, boates, conhecer gente nova, sair do armário(literalmente)... e enfim, nada funcionou, volto a estaca zero... pra mim já basta...
Não sei mais o que fazer diante de toda essa situaçao que tenho vivido... e nao adianta explicar, pois as pessoas nao entenderiam...
Sofrer... pra que isso???? Acho que quando nasci devo ter entrado umas 100x na fila do sofrimento... aff!!!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

um amigo me mandou...

Há pessos em nossa vida que se tornam especiais pelo simples fato de estarem em nossas vidas... e uma delas as vezes nem percebemos sua presença... Hoje é dia do AMIGO, em meio a tantos um me mandou um recado no msn, que nao esperava nunca receber dessa pessoa, como brigamos tanto rsrs, pensei que a pessoa nem me considerava amigo e nao é que... Leiam:

"Amigos são antigos estranhos, que o coração, a seu modo, fortaleceu ,são familiares, que devido aos desencontros das existências, e experiências diversas, o sangue não concebeu, mas na real dimensão, são os verdadeiros escolhidos, aqueles que relembraremos o amor que se viveu, os que chamamos quando nos encontramos aflitos, formas visíveis e concretas de virtudes e sentimentos divinos que se deu, e ultrapassando qualquer derrota e glória, só queremos mesmo é ter com quem dividir história, e construir os dias, da forma mais perto possível, de ser meritória, obrigado pela realidade que nos compete, sabe da importância que tem e o que te remete, e que possamos usufruir das infinitas possibilidades, para nunca ser tarde, e vivenciar, a amizade que se estabeleceu "

G. C.
Amei, cheguei a me derramar em lágrimas, obrigado!!!

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Que dor doída/doida....

Não sei se já disse alguma vez, mas reitero a todos que quando mais novo 23 eu acho tive nódulo na garganta e acabou se transformando em coisa mais grave, mas o susto ja passou hoje tenho apenas fendas nas cordas vocais, GRAÇAS A DEUS!!!, que a torna um pouco anasalada e rouco entre outras coisas, mas o que desejo dizer não é dessa doença não e sim de duas outras que agravaram devido a isso...
Devido aos fortes remédios que tomava minha imunidade ficou um pouco debilitada e hoje eu sou muito sensível em relação a doenças... e de uns anos pra cá tenho desenvolvido o bendito FURÙNCULO, que nasce de uma infecção capilar, ou seja, de um pêlo encravado... e pêlo encravado eu sou expert... pois tenho foliculite queloidiana(que isso???), é uma doença que dá na gente(homens na maioria das vezes) quando raspamos os pêlos, e quando crescem encravam(síndrome de peter pan) não querem crescer jamais... com isso, inflamam e surgem uns caroços, o rosto parece um ralador... sofro desse mal... e com isso tenho também pelos no corpo todo, e quando tornamos adultos os pêlos caem e querem crescer novamente, resultado tenho foliculite no corpo todo... nao posso raspar, depilar nada que esse... aparece... e em certas regiões mais sensíveis, ou mais peludas, não sei explicar o verdadeiro motivo, a inflamaçao é mais agravante e tornam-se furúnculos que nao deixa de ser um tipo de foliculite... e o trem doi pra burro e pra gente também... E acabou de aparecer dois... Gente o trem doi que pelo amor de Deus hein... to tomando tudo e mais um pouco rsrsrs, pois como sabem, dor e eu nao somos muito amigáveis nao... pra sentar... que sacrifício! é dolorido demais... e ainda tenho que trabalhar sentado, por horas
O meu ja ta ate vazando... devido aos remédios, rápido, pois apareceu segunda... e geralmente dura 07 dias pra furar... dessa vez está sendo rapido... ja to passando ate uma pomada pra cicatrizar logo, pois demora a cicatrização também... Não aguento mais... estou tomando até um depurador sanguineo pra ajudar a evitar os benditos furúnculos, o que gostaria mesmo era de nao ter o bendito da foliculite queloideana, pois dói e muitoooo, odei fazer barba por isso, pra fazer ja é um sacrifício, e o depois entao... nem se fala...

Eu e minhas dores doloridas......... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Nunca dê conselhos:
Os ignorantes nao darão atenção a eles
e os mais sábios não necessitam deles....
Voltar atrás é melhor do que
perder-se no caminho...

OS 3 R

R espeite a você mesmo
R espeite aos demais e
R esponsabilidade para todas as suas ações

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Adeus, Michael Jackson... buaaaaa

Ai vao algumas imagens do meu Rei, do nosso Rei do pop...





















Estou extremamente triste!!! Meu amado amigo, irmao Jackson veio a falecer... como assim??? A síndrome de Peter Pan nao funcionou... mesmo com todas as acusações, todos os boatos, ele pra mim nunca deixou de ser meu Michael...Na flor da idade, ainda um menino... O que vai ser de nós do meio??? A dor é incomensurável, insuportável pensar no mundo sem ele, um negro e um "homo" que fez a diferença no mundo... Ele fez a diferença na minha infância/adolescência, ainda semana passada estava baixando algumas músicas dele... black and white, we are the world... e tantas outras... Revolucionou o campo da dança, da música pop... A saudade será muito grande... Hoje o mundo chora, todas as classes... quem nao conhecia Michael??? DIFICIL dizer quem não o conheceu, o respeitou, o amou...

Imagens...

As imagens nos dizem muita coisa...


















terça-feira, 23 de junho de 2009

Amenidades...

Quanto tempo não faço um comentário do meu próprio punho... só tenho postado músicas que fala do momento em que estou vivendo...
Estou passando por uma fase de reconhecimento dos meus próprios valores... até que enfim né... isso mesmo, cansei de ficar me preocupando com o que os outros pensam ou deixam de pensar a meu respeito. Estou me assumindo como sou, com minhas incertezas, limitações, medos etc.
Vivo uma fase muito maluca, fazendo novas amizades, conhecendo novos ambientes, saindo mais pra ser mais notado pelas pessoas, ou seja, estou me impondo ao mundo... como realmente sou... Até minha máe tem assustado com meu jeito de estar vivendo, pois nao saia, ficava em casa a frente do pc e pronto... agora nao to tendo tempo pra isso muito... são tantos compromissos que às vezes nao sei qual escolher, como é diferente... Claro que ainda há o medo do novo, medo de sofrer as pedras que a vida nos impõe, mas dessa vez nao quero ficar esperando por esse diferente e sim eu ir fazendo o diferente acontecer em minha vida, já que sou diferente mesmo rsrs então assumamos a diferença... Com isso, algumas coisas têm ficado pra trás ou de lado, tenho me comprometido menos com as coisas cujo me comprometia muito e sofria mais ainda, pois deixava de viver a minha vida para a viver a vida de outros, de outra realidade... Escutava os problemas de todos e nao dava voz aos meus, ou entao fugia deles... Hoje tenho encarado a minha vida, primeiramente, pra depois ver a vida dos outros... Até porque todos temos problemas e só quem os vive sabe o tamanho que são.
Tenho saido mais, ido aos bares da city e fora dela, este fim de semana fomos a Ribeirão Preto em um show(Adriana Calcanhoto) na 9º Feira do Livro, estava maravilhosa... fizemos amizades novas... fomos a lugares que nos identificam melhor...como somos... foi maravilhoso...Voltamos e ainda saimos...
Com muita sobriedade tenho vivido momentos muito agradáveis, nao sei ate quando irá durar este momento, apesar de todos os pesares vejo que demorei demais pra acordar e ver esse lado, esquecer um pouco as pedras que ja levei e seguir a vida... se bem que se vier ser apedrejado novamente com certeza irei encarar de forma diferente, pois sei tudo o que possso vir a sofrer e os meios como superar, até porque na vida tudo passa, ate mesmo a vida passa e muitas vezes ela passa sem percebermos pois nos atemos aos problemas e as dificuldades e esquecemos de viver um dia de cada vez...

Por isso estou libertando-me de mim mesmo... móh loucura... mas essa era a minha realidade, era preso a conceitos que vinham de frente com minha realidade de vida e estou tirando do caminho essa realidade...

Abraços, deixa eu trabalhar um pouquinho!!!

I'm yours... only yours!!!

I'm Yours
Jason Mraz
Composição: Jason Mraz


Well you done done me and you bet I felt it
I tried to be chill but you're so hot that I melted
I fell right through the cracks, now I'm trying to get back

Before the cool done run out, I'll be giving it my bestest
And nothing's going to stop me but divine intervention
I reckon it's again my turn to win some or learn some

I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm yours

Well open up your mind and see like me
Open up your plans and damn you're free
Look into your heart and you'll find love love love

Listen to the music of the moment baby sing with meI like peaceful melody
It's your God-forsaken right to be loved love loved love
loved

So I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
This is our fate, I'm yours

I've been spending way too long checking my tongue in the mirror
And bending over backwards just to try to see it clearer
My breath fogged up the glass
And so I drew a new face and I laughed

I guess what I be saying is there ain't no better reason
To rid yourself of vanity and just go with the seasons
It's what we aim to do, our name is our virtue

I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
It cannot wait, I'm yoursI won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
This is our fate, I'm yours

Well open up your mind and see like me
Open up your plans and damn you're free
Look into your heart and you'll find that the sky is yours

Please don't, please don't, please don't
There's no need to complicate
Cause our time is short
This oh this this is out fate, I'm yours!

GOSTAVA TANTO DE VOCÊ!!! E AINDA GOSTO...


Gostava Tanto De Você


Composição: Edison Trindade


Nem sei porque você se foi

Quantas saudades eu senti

E de tristezas vou viver

E aquele adeus, não pude dar

Você marcou em minha vida

Viveu, morreu na minha história

Chego a ter medo do futuro

E da solidão, que em minha porta bate



E eu

Gostava tanto de você

Gostava tanto de você


Eu corro fujo desta sombra

Em sonhos vejo este passado

E na parede do meu quarto

ainda está o seu retrato

Não quero ver pra não lembrar

Pensei até em me mudar

Lugar qualquer que não exista o pensamento em você...


E eu

Gostava tanto de você

Gostava tanto de você

domingo, 21 de junho de 2009

Momento arco-íris






Um grande clássico da música mundial... e que de certa forma nos diz muita coisa... principalmente ao momento em que estou vivendo... Vamos sonhar gente, pois não se paga nada:






Somewhere over the rainbow...






Dorothy



Somewhere, over the rainbow, way up high.



There's a land that I heard of



Once in a lullaby.



Somewhere, over the rainbow, skies are blue.



And the dreams that you dare to dream



Really do come true.



Someday I'll wish upon a star and wake up where the clouds are far Behind me.



Where troubles melt like lemon drops,



Away above the chimney tops.



That's where you'll find me.



Somewhere, over the rainbow, bluebirds fly.



Birds fly over the rainbow,



Why then - oh, why can't I?



If happy little bluebirds fly beyond the rainbow,



Why, oh, why can't I?










Tradução: Além do Arco-íris



Certa vez eu ouvi alguém contar:



que além sobre o arco-íris há um lugar,



Onde o céu sempre azul nos faz sonhar...



Onde a gente consegue os sonhos realizar.






Por isso, quando a chuva tamborila na vidraça da janela



eu olho a região do arco-iris, tão bela!






Onde o céu sempre azul nos faz sonhar,Onde a gente consegue os sonhos realizar!!!











terça-feira, 16 de junho de 2009

Se...

Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber?
Quando é assim
Deixa vir do coração
Você sabe que eu só penso em você
Você diz que vive pensando em mim
Pode serSe é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou não
Mas você adora um se...


Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a um
Sei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braille
Do que você decidir se dá ou não
Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber?
Quando é assim
Deixa vir do coração
Você sabe que eu só penso em você
Você diz que vive pensando em mim
Pode serSe é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou
você adora um se...

Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a umS
ei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braille
Do que você decidir se dá ou não
Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a um
Sei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braille
Do que você decidir se dá ou não

sexta-feira, 12 de junho de 2009

JOSE

JOSÉ

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?

e agora, você?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,
você que faz versos,
que ama protesta,
e agora, José?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
Sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro, sua incoerência,
seu ódio - e agora?
Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.José,
e agora?


Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse…

Mas você não morre,você é duro, José!
Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja a galope,você marcha, José!José, pra onde?

SUTILMENTE

Ha musicas que tem a sutil sutileza de agir sutilmente em nossas vidas... rs
E ha tambem aquelas em que demonstram em letras, melodias, ritmos etc, aquilo que ha de mais profundo dentro de nós... uma musica pouco conhecida cantada pelo Skank tem falado muito de mim e para mim aos/dos outros...




E quando eu estiver Triste simplesmente me abrace
E quando eu estiver Louco subitamente se afaste
E quando eu estiver Fogo suavemente se encaixe...


E quando eu estiver Bobo sutilmente disfarce...
Mas quando eu estiver Morto suplico que não me mate
não dentro de ti
Mesmo que o mundo acabe enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

Nando Reis e Samuel Rosa

quinta-feira, 11 de junho de 2009

CONFISSÕES

em breve...

terça-feira, 9 de junho de 2009

Desejos...

Que fase mais óoo da vida, é essa que desejamos tudo... e nada ao mesmo tempo... quanto contraste em minha vida... E como sou nao muito normal, tenho desejos também não muito normais... de todos os tipos possiveis, claro que uns se agravam mais que outros... porem... eles la estao pra deixar a gente completamente confuso.... eu, mais especificamente.
É tão dificil se olhar no espelho e se perceber diferente do mundo, das pessoas com as quais convivemos, isso tem me feito pensar muito...tenho conhecido pessoas que possuem problemas semelhantes porem com uma visao diferente da minha realidade... isso tem me feito descobrir algo que antes nao me atinha a isso e agora estou mudando algumas pre opinioes... alguns conceitos... os que quiserem me criticar fiquem a vontade... ja passei por situaçoes muito piores
Entao vou viver... a minha maneira... com meus principios claro...

Voltando...

Depois de um tempo sem postar voltei...Estava muito cansado, com muito serviço e fora sem animo pra viver, por isso fiquei sem postar, e tambem teve a Festa da Soja e minha cidade, que fui todos os dias... experimentar algo diferente... Entao tentarei por em dia... meus sentimentos e pensamentos tantos que se passaram por esses dias...

terça-feira, 2 de junho de 2009

Alternatividade...

As vezes passamos por momentos tao complexos em nossas vidas, que é preciso utilizarmos dos recursos da alternatividade para podermos conseguir chegar a algum lugar. Estou vivendo um momento bastante depressivo, triste... agora o porquÊ nem eu sei... só sei que a unica vontade que tenho é a de chorar... e piora a cada dia mais... ja to acostumando com essa morbidez...
Semana passada tentei deixar de lado um pouco essa realidade indo a festa da soja, fui todos os dias, com uns "amigos" mas a festa acabou e a vida tem que continuar, com isso continuam os problemas também que nao sao nada poucos. Hoje nao fui a faculdade, to pensando em desistir...
Os problemas têm me sufocado de tal forma que nem pensar consigo... acho que ja faz um mês que nao vou as terças na faculdade tudo devido a uma amada professora... que nao simpatizo com o modo dela ensinar... e a determinadas exigências... com isso estou me f...
Tem os problemas emocionais que estao afloradissimos, essa tal solidão que me acompanha pra onde vou...nao sei mais o que fazer pra me livrar de tudo isso... sao cobranças de todos os lados possiveis... ja nao suporto mais a vida como ela é... Sabe quando perdemos a perspectiva de vida, a esperanca, vontade etc... é assim que me encontro... nao me espanto com mais nada diante de tudo o que ja passei nada pode me pasmar... Quero ser feliz como sou, mas o mundo nao nos permite tal coisa.
Este ano na festa me dei a oportunidade de conhecer uma alternatividade diferente, uma realidade que existe, porem nao a conhecia de perto e vi que nao sou tao diferente quanto pensava... descobri coisas que me entristeceu muito por tudo o que ja passei... descobri que há um mundo alternativo pra quem possui uma alternatividade ampla em seu intimo... e essa alternatividade é aceita de forma tao... sei la... achei estranho e legal ao mesmo tempo deixar de lado certos paradigmas e simplesmente ser a gente é no nosso mais intimo... o que mais me entristece hoje é saber que existe essa tal alternatividade... porem eu nao posso ainda fazer parte dela...

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Estou vivendo momentos dificeis, crise existencial, emocional e afetiva, todas ao mesmo tempo, o que me faz enlouquecer. Hoje na Universidade, em minha aula vaga fui fazer um momento de silêncio, escrever um pouco, pois escrevendo consigo expressar o que sinto... e chorei... fazia tanto tempo que nao chorava de derramar lagrimas, soluçar etc. foi um desprendimento da alma, com isso lembrei da Cançã de Almir Sater que Pe Fabio tem cantado muito por ai: TOCANDO EM FRENTE, que resume bem o que estou vivendo no meu dia-a-dia, nao sei como ainda continuo tocando em frente, caminhando... só sei que ainda estou, até quando só Deus o sabe.

Mas queria que esse sofrimento de ter que sofrer por tudo na vida cessasse, devo ter um jugo hereditário tremendo por tudo isso, ou sei lá o porque de passar por tudo isso... Sofro ate pra atravessar a rua... Claro que sou um pouco hipérbole, mas em tudo na vida nunca consegui com facilidade, alias, as poucas coisas que ainda me restam né...

Já pensei em desistir de tudo várias vezes, e ainda penso... tenho perdido completamente as espectativas, até porque o que se espera de uma vida regada de dor e sofrimento... mas vou tocando em frente, sonhando por um dia de alegria, tranquilidade, paz, etc. as vezes as pessoas me veem sorrindo... mas mal sabem elas o que se passa em meu coração... Nao será eu quem direi...

A música Tocando em frente me fez parar pra pensar na vida, na minha vida mais especificamente... ando devagar pois um dia fui muito apressado e me dei muito mal, o apressado come cru ou quente demais como diz o ditado... e apesar das lagrimas derramadas, ainda continuo com o meu sorriso, tem dia que me dói sorrir, porem ninguem é obrigado a conviver com um mal humorado, rabugento etc, pois assim é minha alma... da mesma maneira que é preciso chuva para florir é preciso paz para amar, pelo jeito nunca amarei... e realmente cada um de nós compomos nossa estrada mediante as dores, alegrias, conquistas e perdas, amamos, choramos, sorrimos. Será que é possivel ser feliz assim como sou?

é uma questao que só eu posso responde-la, mas diante de tudo o que tenho passado na vida, ja nao tenho tanta certeza de que felicidade exista... se existe passa sempre longe de minha pessoinha... é como caminhar pelas ruas olhando as vitrines, vendo roupas, objetos, etc e nao poder te-los nunca, assim é minha vida... e com isso vamos tocando em frente, sem perspectiva... sem sonhos, sem esperança, sem amigos, sem tudo e com nada... a única coisa que me pertence é esse nada em tudo...sou rico em ser nada, que coisa engraçada e malfadada...

Como sei que ninguem le meu blogto, esponho meus sentimentos mais aberto aqui, claro que ainda posso me abrir mais, por ser a reserva em pessoa sofro mto com isso... e o blogto é meu companheiro do dia-a-dia...

As lágrimas insistem em querer marejar os olhos, mais uma vez, em busca de abrigo da alma solitária que tenta encontrar um lugar quente, aconchegante, enquanto nao encontro vou cantarolando:

Tocando em Frente

Almir Sater
Composição: Almir Sater e Renato Teixeira

Ando devagar porque já tive pressa

Levo esse sorriso porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe

Só levo a certeza de que muito pouco eu sei

Eu nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,

É preciso amor pra poder pulsar,

É preciso paz pra poder sorrir,

É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente

Compreender a marcha e ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro levando a boiada

Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou

Estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,

É preciso amor pra poder pulsar,

É preciso paz pra poder sorrir,

É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,

Um dia a gente chega, no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história

Cada ser em si carrega o dom de ser capaz

E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs

O sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar,

É preciso paz pra poder sorrir,

É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa

E levo esse sorriso porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história,

Cada ser em si carrega o dom de ser capaz

E ser feliz

Ficou um pouco longo...mas é bom...

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Eu se eu fosse voce? 3

Bom essa é uma pergunta que grita dentro de mim... ja parou pra pensar e se eu fosse voce? e se voce fosse eu? quanta coisa nao seria diferente...
Essa semana o cinema cultural que esta tendo em sao joaquim esta passando este filme o 2, e isso me faz filosofar um pouco, mas antes vamos a divulgaçao... desde semana passada a Prefeitura Municipal Setor da Cultura tem feito momentos cinematograficos aqui na nossa pacata cidade, porem no ultimo final de semana somente 3 pessoas foram assistir, pode? Isso porque o filme era: O menino da porteira - com Daniel, tudo de bom o filme, mas as pessoas perderam a oportunidade, ate eu, pois nao pude ir... agora essa semana esta passando se eu fosse voce. Se voce for de sao joca, os filmes tem passado la no salao do estacionamento do Hotel Mauad Plaza, nao paga nada, tem que pegar ingressos nas escolas ou no setor de educação(meu trampo), ha sessoes as 9h, 15h, 19h, e 21h sendo que as 09h, 15 e 19h é sessao pra menores, e das 21h pra adultos. Nos horarios das 09 e das 15h esta passando a turma da Monica e as 19h e 21h Se eu fosse voce 2. ate sabado, depois muda a programaçao, isso vai ate dia 24 de maio...
Bom voltando ao motivo pelo qual resolvi utilizar este titulo foi que fikei imaginando a situaçao do casal Gloria e Toni do filme e tentando colocar em nossa realidade, ja imaginou se pudessemos passar por essa troca... Como seria hein? Ja imaginou eu sendo voce e voce sendo eu... com todos os problemas que tenho, com todas as limitaçoes, inclinaçoes e tendenciasetc ha pessoas que jamais iriam gostar de tal situaçao, ou entao entenderiam realmente o que eu passo, mas nao sendo egoista, e se eu fosse outras pessoas... aff fico imaginando no lugar daqueles que ja me atiraram inumeras pedras um dia, sera que faria o mesmo? ou pior? imagino no lugar dos que falam mal de mim pelas costas... Só de pensar ja cansei e nao quero isso nao... nao iria gostar da situaçao, do que possa vir acontecer, sentir, descobrir... quanta coisa, mas se eu fosse voce...