quarta-feira, 29 de abril de 2009

Algumas saudades...

Bom... o tempo não pára, não pára naaaaooo!!!
Essa semana completa 15 anos que meu amado pai faleceu, dia 1º sendo mais exato... E que saudade me bateu hoje a pessoa de um pai... lembrei daquele que foi meu genitor... concedeu-me por herança alguns traços fisicos, amor ao São Paulo, e a inteligencia inigualável... apesar de nao me achar tão inteligente quanto muitos insistem em dizer... meu pai faleceu quando eu ainda tinha 14 anos... um jovem adolescente confuso diante de todas as transformaçoes que estava passando. Mas o fato que me faz sentir saudade nao é simplesmente por ele ter falecido... é tambem pelo fato de nunca ter uma pessoa masculina na vida como exemplo de pai... e sinto que meu coraçao sente saudade de alguem assim... Meu pai bebia horrores... horrores mesmo, a cidade toda o conhecia... chamavam-no de CARREIRO, nao me perguntem o motivo pois ate hoje eu nao sei... alguns quiseram me apelidar de carreirinho, mas... um dia conto o que fazia com quem atrevia me chamar assim...
Apesar de sua ausencia, sempre o amei... e hoje sinto sua falta como pessoa e sinto mais profundo ainda a falta de uma pessoa PAI, se é que me entendem... acho que muitas situaçoes que vivencio hoje é fruto de tudo isso...Lembro do dia como se fosse hoje... dia 1º de maio, pleno domingo de corrida... como costume participava da missa as 8h na capela Nossa Senhora Aparecida, ainda era capela, e depois da missa tinha a corrida de F1, imagina... as 10h da manhã acontece o acidente com nosso amado Senna... que veio faltamente falecer as 16h21 do mesmo dia por morte cerebral... lembro que meu pai assistiu a corrida, tinha ficado sem beber desde a quarta anterior, e como ja sabiamos que quando isso ocorria ele passava mal, devido ao teor alcoolico no sangue... mas aquele dia seria diferente... de manha passou mal(dava certas convulsoes, tipo apilepsia)e se recuperou.. a tarde ficou pasmo com o falecimento de Senna, uma hora mais tarde começou a convulsionar-se cadencialmente, isso porque estavamos minha mae, minha irmã e eu em casa... sai... alias fizeram com que eu fosse atras dos meus irmaos ou do meu cunhado, que encontrei com o cunhado que foi ver o que podia ser feito... levou-o ao hospital e la foi recomendado que se encaminhasse pra Ribeirão Preto, uma cidade "vizinha", e foi o que fzeram... sei que nessa epoca costumava dormir cedo... e era umas 19h ja estava na cama... mas algo me acordou quando foi 21h20, nao sei explicar o que, mas sei que foi intrigante nao consegui dormir mais... entao levantei e fui pra sala assistir tv com a familia... e la pelas 23h chega meu cunhado com a noticia que ao chegar em Ribeirao Preto meu pai falecera... fatalmente... nao chegando ao hospital das clinicas vivo... morreu no caminho... Foi constato alcoolismo craniano... o alcool no sangue era tanto ja que atingiu o cerebro e... Apesar dele nao ser tão presente em minha vida, posso dizer que era o mimadinho do papai...Dava tudo o que podia dar... comprava cadernos, ensinou tabuada que nunca mais esqueci... Apesar da bebida era uma ótima pessoa... Senti muito a perda apesar de nao demonstrar, nunca demonstrei... Ficou a dor da saudade que nada nem ninguem conseguirá aliviar tal sentimento. Com toda situação aprendi a ser maduro, a ter equilibrio em momentos que julgamos nao dar conta... E as pessoas nao dao valores as pessoas que todos os dias fazem o nosso dia melhor...

domingo, 26 de abril de 2009

Que fim de semana...

Nossa este meu fim de semana parecia que nao iria acabar nunca, cansei mais que durante a semana.
Sabado acordei cedo fui pra aula de ingles, fui na igreja pagar e pegar as pizzas... depois fui pra EPA, fui a missa de abertura do ano catequetico, voltei pra casa, fui terminar alguns trabalhos free-lancers, fui dormir ja era 2h da matina sendo q teria que acordar as 6h, acordei as 6h fui pra EPA fiquei até 12h30, fui pra rodoviária pra ir pra guará, apareceu um cara chato contando toda sua historia de vida...fui pro seminario fikei la ate as 18h fui na casa da Maria em guara, fui pra rodoviaria, voltei pra sao joaquim, fui pra casa jantei, comecei a escrever meu artigo pro jornal paroquiano e estou aqui postando, pois to sem ideia pro jornal... a cabeça nao para...

Como me sinto na maioria das vezes...











Vamos rezar um pouquinho...


Isso ai, não to de brincadeira não... vamos rezar um pouquinho as vezes funciona, ameniza a situação, mesmo em meu momento cético... ainda quero rezar... mesmo ... é isso ai mesmo... rsrs as vezes dizemos tudo sem nada dizer... né!!!


ORAÇÃO DE CONSENTIMENTO


Jesus,

Creio que és o Médico divino que queres a minha saúde porque me amas,

Confio em Ti e em Teu plano salvífico para a minha vida.


Hoje me entrego em Tuas mãos

para que faças de mim o que quiseres.

Renuncio ao meu projeto de vida.

Hoje me desprogramo e Te entrego

todo plano, trabalho e apostolado

até aquele que julgo bom, eu Te entrego


Dou-Te o meu consentimento total e irrestrito

para que faças comigo o que quiseres

Deixo-Te livre para que cumpras em mim o Plano de Teu Pai,

custe o que custar, doa o que doer. Não importa

Abandono-me completamente em Tuas mãos.


Opera-me se necessário.

Extirpa esse tumor.

Mutila essa relação que me afasta de Ti.


Diz-me o que necessito ouvir.

Estou disposto a qualquer remédio

embora tenha mau sabor

a qualquer tratamento, embora doloroso

Faz livremente o que Tu sabes que é necessário

porque és meu Salvador e Senhor


Não te peço hoje que me dês e sim que tires o que me sobra,

o que não necessito e me atrapalha.

Não tenho medo porque confio em Ti.

Porque sei que Teu plano de amor supera o meu.


Assino hoje um cheque em branco,

para que, como o Oleiro Divino,

transformes este barro em nova criatura,

embora isso me custe fama,

êxito, bens, reputação...

e até a vida, contanto que seja transformado em Ti.


Amém


Dificil mas necessário rezar... se expor um pouco pra Deus e ver o que Ele pode fazer por cada um de nós...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

apenas só...

Olho para as estrelas tentando achar o brilho que falta em minha vida. Não sei mais se sou feliz, não sei por onde caminho e onde irei chegar. A carência, a vontade de ter você afagando meus cabelos, desejando meu corpo, consome e assola minha alma. Tento me libertar destes pensamentos, tento me livrar e me tornar de certa forma mais auto suficiente, menos dependente. Sei que posso ser feliz, sei que posso conseguir caminhar sem você do meu lado, só ainda não aprendi como fazer isto. Um dia eu irei aprender a dominar meus sentimentos, irei aprender que não devo entregar meu coração tão facilmente e também não devo me cegar por pessoas que jamais foram merecedoras do meu sentimento mais puro. Sou um garoto que está disposto a crescer e aprender a amar e ser feliz. Vou caminhando pela estrada da minha vida sem rumo, sem uma direção definida, quem sabe meu caminho se entrelace com o seu ou talvez nos afastemos de vez...

"Pequenos não são nossos sonhos e sim as pessoas que não são capazes de torná-los reais..."

Depois do preconceito, vem a igualdade.
Depois da discriminação, vem a aceitação.
Depois da condenação, vem a liberdade.
Assim como depois da chuva, vem o sol.

Preconceitos x Pré-conceitos

Hoje sabemos que nao existe mais a palavra composta: pré-conceito e sim preconceito(tudo junto e sem acento), porém o significado do pré-conceito ainda continua arraigados no coração dos homens e mulheres. Pré-conceito seria um conceito que adquirimos, criamos, formulamos de antemão diante de uma determinada situação, condiçao etc... e preconceito é forma pejorativo com os quais tratamos determinado assunto em relaçao a determinadas pessoas. Preconceito é crime, porém pré-conceito não... sabe por quê? Porque as pessoas pensam que preconceito só é agir de modo rude, egoísta com determinada classe(negros, homossexuais, pobres, judeus, cristãos etc). Mas o que vivemos no nosso dia-a-dia é muito mais pré-conceitos do que preconceitos... e todos nós, querendo ou não, possuimos pré-conceitos... e muitos... conceituamos tais coisas de antemão sem sabermos suas verdades... Quando deparamos com dois homens se abraçando o que logo passa por nossas cabeças? São homo, no minimo bi, ou entao duas mulheres. E quando vemos um casal na praça conversando de maos dadas, logo pensamos ser namorados... Ou então se vemos um negro vestido de branco em plena sexta-feira?? um macumbeiro no minimo... e tantas outras situaçoes que vivenciamos por ai... tanto recebendo quanto agindo com pre-conceitos...
Estava eu cá a pensar com meus pensamentos rs, lembrar todas as situaçoes que ja enfrentei esses pré-conceitos... alguns te marcam... imagina um negro, pobre, feio, de periferia entre outras coisas... ja passei por tudo quanto é tipo de pré-conceitos... todos mesmos... e se não bastassem alguns fizeram perderm pessoas, perder oportunidades... e tantas outras coisas que... apetece o coração... Hoje fiquei lembrando algumas situaçoes... mas não com pesar e sim com um olhar adulto, pois sei que se hoje estivesse em alguma situação semelhante eu teria uma atitude totalmente diferente...
Sei que não posso julgar ninguem, apesar de ser julgado constantemente pelas pessoas... Mas é muito triste ver pessoas que enraizam-se em seus pré-conceitos como se fossem uma verdade absoluta... Há pessoas que até hoje pensam que negros não são seres humanos, pasmem!!! isso mesmo... e com isso nos tratam como se fossemos animais irracionais... Outros pre-conceituam os homossexuais como promiscuos, mas ninguem pára(caiu o acento) pra conversar e tentar entender o que se passa na mente de uma pessoa com tais tendencias e pior acham que todos kerem ser como muitos que saem por ai com gritos tentam se mostrar o máximo... até explicar se for ver quantos homos, bi tem por ai sem ao menos percebermos ou imaginarmos... é muito fácil apontar um "erro", um "defeito"... mais facil ainda é julgar tais coisas como erro ou defeito... mas ninguem analisa as situaçoes a fundo... já parou pra pensar que um homosssexual que vive gritando, se transvestindo pode querer chamar atençao com essa atitude, ou entao os depressivos... aff!!! Quanta baboseira já ouvi do povo em relaçao a depressao: dizem que é doença de frescos, outros dizem que é do demonio, ainda dizem ser doença de rico etc... puro pré-conceitos... e conceitos que dilaceram as pessoas que vivem em tais situaçoes... cortam o coraçao e alma de uma forma inimaginavel... Hoje, antes de querer condenar alguem, tento entender a situaçao da pessoa... ninguem é o que é porque quer ser simplesmente... se fosse tão facil assim... aff nao queria ser pobre não... rsrs Muito menos passar pelo crivo do pré-conceito de muitos, e pasmem, de amigos... aliás... colegas, conhecidos...
Eu já vivi todas as realidades de pre-conceitos, TODAS mesmo... e sei muito bem o que se passa na cabeça de quem recebe um ato de pré-conceitos... dói a alma, dói o coração e acabamos por ter pena das pessoas que influenciam tal situaçao. Eu acho que nunca agi com pre-conceito, claro que possuo meus pré-conceitos... conceitos em relaçao a sexualidade, ao pecado, Deus, sentimentos etc... Somos pessoas que criamos pré-conceitos internos... o que não podemos é fazer uso deles contra as pessoas sem tentar entender a diversidade que a vida nos apresenta..., sem saber que as pessoas são cheias de frustraçoes, decepçoes, traumas... Sabe aquele conhecido que te irrita... já parou pra se perguntar por que ele te irrita tanto, te incomoda tanto... ou entao por que ter aversao de pessoas que vivem realidade diferente da nossa, até porque ninguem nunca sera igual a ninguem... eu nem quero... ja me basto, pois ja sou tao complicado... imagina juntar com as complicaçoes da vida alheia...
Vamos dar um bastas aos pré-conceitos... Eu me cansei de gente mesquinha, hipocrita... que senta no "rabo" e julga e condena aos outros... conheço muitos e creio que voce que lê tambem deva conhecer muitos. Por isso aqui vai:
Basta aos preconceitos, basta a homofobia, basta a fofoca, basta a critica, condenaçoa antecipada.... BASTA... VAMOS DEIXAR A HIPOCRISIA DE LADO e vivamos as nossas vidas...

POEMA (Cazuza)

Eu hoje tive um pesadelo
E levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo
E procurei no escuro
Alguém com o seu carinho
E lembrei de um tempo
Porque o passado me traz uma lembrança
De um tempo que eu era ainda criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço, um consolo
Hoje eu acordei com medo
Mas não chorei nem reclamei abrigo
Do escuro, eu via o infinito
Sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim
E que não tem fim
De repente, a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio, mas também bonito porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu há minutos ou anos atrás

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Solidão...

Tem hora que há sentimentos que gostaríamos que jamais existissem... ou que jamais nos atingissem, porém são esses que nos acertam em cheio!! E por mais que corremos deles, parece uma praga... Assim é a solidão comigo... mais uma vez me deparo na solidao... não é uma simples solidão... é A solidao... minha amiga de sempre, de muitos carnavais... Não sei o que fazer contra isso... Sei que não aguento mais viver nessa solidão... solidão que nao sei o que fazer para nao ser tomado por ela, até porque isso nao é possivel... pois se eu quiser sair dela posso perder alguns principios eternos da vida... alguns amigos... se bem que amigos ja se foram...
Sabe aquele nó que surge na garganta do nada... uma vontade de sair pelo mundo afora e nunca mais voltar... Se fosse tao simples assim ninguem teria problemas, ou acharia meios pra te-los de alguma forma...
Ando muito triste internamente... uma desesperança total até porque em minha situação não ha esperança... o que ha sao proibiçoes, m edo, julgamentos etc que acabam com nossa vida...
Estou cansado de ser sozinho... de ter que lutar por tudo e todos e ... Cansado de nao ter amigos... Cansado da familia que só pensa no seu bem-estar, de algumas pessoas que soh aproveitam...
Estou muito cansado... Tenho perdido o brilho pela vida... perdido a vontade, os sonhos, esperança e as forças... é lastimável...
Tem hora que acho melhor entrar no quarto e ficar deitado na cama sem ouvir a voz/barulho de nada e ninguem... Quero... nao quero...
Isso tudo passa, ao menos espero...

Acento agudo...

Subiu na cadeira e colocou a corda no pescoço.
Uma última olhada na carta de despedida presa na penteadeira.
Letras caprichadas, escritas com a mesma tinta vermelha com que corrigia as provas de redação dos alunos.
Faltava o acento na palavra suicídio. Deus um passo à frente para consertar o erro e ficou balançando no ar.
Morreu amargurado com aquela falha...
por Sibio Ribeiro de Castro

terça-feira, 21 de abril de 2009

Amigos... procura-se

Cadê voces?? Voces fazem tanta falta... Engraçado... como sentir falta de algo que nunca tivemos... De algo que sempre lutei em ter e mesmo assim... dificil... O engraçado é que sou amigo de todos, de todos mesmo... É só precisar de uma ajuda parece um ímã... apareço pra ajudar... quantos nao param e logo me ligam pedindo conselhos, ajudas, as vezes só pelo fato de voce as escutar ja faz a diferença na vida dessas pessoas... E eu??? Cadê todo mundo??? Hum, acho que não preciso!!!
Como faz falta uma pessoa pra partilharmos, conversarmos, sorrirmos, chorarmos, abraçarmos, nao fazer nada etc... Não falo de uma companhia amorosa não... fala de companheirismo mesmo... tipo poder sair juntos, conversar, tirar duvidas, desabafar... rir, chorar, silenciar... ou ate mesmo saber que essa pessoa está lá e é só ligar "prela"... Tem hora que acho que nasci pra viver sozinho, em meu mundo... mas ao mesmo tempo acho que nao nasci pra ser tão sozinho assim... quem culpar??? se é que podemos faze tal coisa...
De repente me bateu essa saudade no coração, saudade de um amigo... amigo que nunca tive, mas sempre quis ter... amigo que nos é um tesouro(quem encontrou um amigo é como encontrar um tesouro), um anjo(Quem tem um amigo tem um anjo), um parceiro, cumplice etc... e cada dia que passa vou descobrindo que nao tenho nada disso... nem amigo, nem tesouro nem anjo, parceiro e companheiro... tenho pessoas que precisam nao de mim, mas de si mesmas...
Hoje tenho um grande problema em fazer amigos, pois sempre que fazia, ou pensava ter feito, este que considerava amigo, pisava tremendamente na bola... aliás pisa... tem uns que até hoje insistem em nao ser amigo... Ja fiz a loucura de colocar um anuncio em post anteriores de: procura-se um amigo... e nada rsrs, se fosse facil assim... a deveria ter um monte né. Mas estou cá comigo... vivendo meu fim de feriado solamente, como sempre e com isso fico tentando encontrar algumas respostas... respostas quase impossiveis de serem achadas... e quando pensamos que as achamos descobrimos que estivemos o tempo todo enganados...
É bom ser amigo, mas alem de ser gostaria muito, muito mesmo de ter um amigo...
Procura-se por um amigo... onde você está...

Feriado prolongado...

Acho que feriado é sinal de serviço dobrado... Ficar em casa acabamos encontrando um monte de coisa pra serem feitas. E comigo não é muito diferente não... Desde sábado não parei um minuto se quer... são trabalhos da faculdade, free-lancers, igreja, casa entre outros... aff Não dou conta... mas está bom né... temos que nos ocupar, pois mente parada é oficina do diabo... e eu que sei o quanto sofro quando nao tenho nada pra fazer... por mais que aparento ser muito sossegado... nao consigo ficar muito parado nao... Esse tempo em que fiquei parado devo te arrumado meu guarda-roupa umas trocentas vezes, meu quarto ate mudei as posiçoes dos moveis... entre outras coisas... nao consigo ficar muito tempo parado nao., pois da angustia, depressividade etc... ja que sou depressivo cronico, tenho que me resguardar de situaçoes que tendem a me deixar mais depressivo ainda... mas fico mto alegre com a possibilidade de poder estar tendo tantas coisas pra se fazer... agora preciso arranjar meios pra angariar fundos pra pagar minhas dívidas(faculdade), pois com meu salario de fome... nao da nao... Cansa... mas é preciso pra depois poder desfrutar... assim espero... e luto por isso constantemente...
" O zelo por tua casa me consome..."

domingo, 19 de abril de 2009

sábado, 18 de abril de 2009

Uma caixinha de surpresas...

Sou uma caixinha de grandes surpresas... muito grande as surpresas por sinal. E as pessoas nao tem entendido muito bem isso, pois ao me verem ja tentam me definir, intitular e tantas outras coisas....
Alguns tentam me definir, entender como sou ou o que sou, estou... Mas nem imaginam que aki dentro existe alguem totalmente diferente do que imaginam...
Já ouvi dizerem a meu respeito que sou mitido, chato, bravo, forte, nariz empinado, gay, mimado, entre outros... O que não sabem é que sou tudo isso e mais um pouco... Queria entender porque as pessoas querem tanto definir as outras/ compreender sendo que não compreendemos a nós mesmos... Eu já desisti de tentar entender os outros, já que não entendo a mim mesmo... e nem preciso entender... bastamos viver as nossas vidas e aceitar os outros como são... com suas limitações...
Hoje consigo ver as limitações humanas e perceber que todos nós somos limitados, somos imperfeitos, falhos... claro que certas situações nao se justificam mas a partir do momento que somos humanos e nao olhamos apenas com nosso olhar humano, apesar de sermos humanos, nos humanizamos ainda mais nao sendo humanos... pois como diz Pe. Fabio: sou humano demais pra entender, compreender... este jeito que escolheste de amar quem não merece, e que aqueles que escolheste e tomastes pela mão, geralmente nao os quero do meu lado...
Ja vivi essa cançao em minha vida em vários momentos, varias situaçoes... Fiz uma vez um pekeno direcionamento espiritual com Pe. Fabio, por meio de email... até hoje recebo algumas mensagens... e sempre chegam naqueles dias e diante da situaçao que expus pra ele em um direcionamento ele me respondeu com essa música... apenas com o refrao... que muitas vezes falamos e pregamos algo e vivenciamos totalmente diferente e é assim que tem que ser, pois somos humanos e ao mesmo tempo seres completamente limitados...
Sou uma caixinha bem pequena, pequena mesmo.... porem com grandes surpresas... muito grandes... enormes... não surpresas ruins, mas surpresas que são necessárias a vida de alguem tao humanizado... E uma frase que ele me enviou que jamais esquecerei: Quanto mais humanos somos, mais divino nos tornamos...
Se queremos chegar a nossa perfeiçao humana, nos divinizemos sendo humanos... e abrindo nossa caixinha e pondo pra fora nossas surpresas... que na verdade nao sao tao surpresas o quanto imaginamos...

era só o que me faltava...

Hoje recebi a noticia que minha avó está na UTI, foi internada ha uma semana e hoje entrou em coma... e está lá na terapi intensiva... Isso tudo é consequencia de sua idade... esta idosa já... Estao "todos" lá... como sempre nós ficamos de lado... vieram avisar-nos só agora a noite... mas estou rezando pra que Deus faça a sua vontade acima de tudo... alguns estranham quando digo isso, mas ela ja cumpriu sua missão e ja ta na hora de estar na presença do Pai... pra quem ja aguentou a perda de um unico filho e um neto... agora é a vez dela se entregar ao pai... Desde já louvo a Deus pela sua vida... Ela foi minha baba qdo bebe...
Sei que a morte é algo presente em nossa vida, mas nao esperava isso agora nao... minha avó... ficará a saudade...

era só o que me faltava...

domingo, 12 de abril de 2009

Tantos porquês...

Ja conheceu uma pessoa que vive de questoes, questionavel ou questionadora... entao esse sou eu... Totalmente questionavel, quetionador... racional ao ultimo grau... e isso tem se intensificado mto... ainda mais agora... sao tantas perguntas sem respostas...
Por que tenho que passar por tudo isso? Será que fiz algo que merecesse tamanha solidao? Desprezo e acusaçoes de uns? Abandono de outros? Esquecimento de alguns? Condenaçoes??? Por que isso, por que aquilo? Por que sentimos tantas coisas que nao deveriamos sentir?Querer? Sonhar sonhos que nao passam de sonhos? Por que ter que evitar nos mesmos? Nao poder ser a nossa essencia???
Quanta dúvida, medo ao mesmo tempo... E respostas que ninguem ousa dar...

sábado, 11 de abril de 2009

SEXUADOS...

Somos sexuados demais... ao menos eu acho, minha opinião. O ser humano vivo se deparando com situações que levam ao sexo... ainda mais hoje em dia, em que as coisas estão facilitadas, e pra quem é sexuado como nós humanos, fica muito dificil se controlar, se é que as pessoas queiram se controlar... Porém, é tipo evitar o inevitável... somos inerentes à nossa sexualidade, aos desejos mais íntimos que a pessoa possui... mesmo que pareça que a pessoa nao tenha tal desejo... pode ter certeza que tem... talvez um desejo dinfuncinado por determinadas situaçoes, mas que todos nós somos sexuados, isso é fato irrevogável... agora ficar a pergunta: o que fazemos com este fato, com essa condição??? Desfrutamos livremente ou nos preservamos... Como falei em um post anterior, fui questionado por colega, em relaçao a minha sexualidade, no ambito de que nao fico falando de mulheres, entre outras coisas... O fato de muitas vezes nao enunciar nossos mais intimos desejos, pra muitos quer dizer que nao temos tal situaçao em nossas vidas, mas pelo contrário... somos e sou muito sexuado... muito mesmo, o que não quer dizer que vivo por ai em busca de momentos que me dê prazer nesta area de minha vida...
Essa semana estava pensando em relaçao a isso, as vezes seria tao mais fácil, ou nao, se nao fossemos tão sexuados assim, ou entao fossemos como os animais... soh sentiriamos atraçao no momento do cio da femea e não mais... Mas quisemos ser diferentes, deu no que deu...
Nossa sexualidade é muito complexa, fora os desvios que ela nos traz, tem ainda outros fatores que nos deixam em situaçoes contrangedoras: cheiro, toques, imagens, palavras, gestos... tudo nos sexualiza, tudo mesmo... ja li cada coisa sobre o assunto, que pasmem, em que as pessoas sentem prazer sexual com inúmeras situações... Não pense que voce seja diferente, que não é não, também temos isso em nós, é nos inerente... o que naõ podemos deixar-nos ser levados por tudo o que se passa em nossa mente e em nossa sexualidade...
Este assunto é um assunto que nao gostava de falar muito nao, mas hoje ja passei dessa fase falo na boa... claro que nao constantemente, ate porque nao somos só sexo em nossas vidas... As pessoas precisam lembrar disso...
Ja parou que pra prender nossas atençoes a determinados produtos, os marketeiros de plantao abusam de nossa sexualidade pra tentar atingir seus efeitos de vendas... Sabe por que? Pois esquecemos de pensar com a razao e pensamos mais com nossa sexualidade do que com o cerebro propriamente dito... Pra que em um comercial de cerveja um monte de mulheres de pouca roupas, pra nao dizer sem, estava vendo um comercial esta semana de chocolate, que amo de paixao, e tinha uma moça vestida de coelha, alias desvestida né... pois de coelho soh tinha as orelhas eu acho...
Ja somos sexuados e ainda os meios nos levam a mais sexualizaçao...por isso hoje tem se banalizado o sexo, todos ficam com todos a qualquer hora, de qualquer jeito... Os sentimentos, as responsabilidades, o compromisso viraram fatores secundários, muito secundários por sinal, hoje as pessoas praticam o ato sexual simplesmente por ter um momento de prazer...
E cade os prazeres que temos com as leituras de livros, indo ao cinema, ao teatro... isso virou segundo, pra nao dizer quinto ou sexto, plano...
Hoje a política é ficar com muitos, varios... etc, e isso falo nao só para os heteros nao, e sim pra homos, bi etc que tem por ai... ninguem mais quer ter compromisso com ninguem pois assim a vida fica mais facil e nao temos obrigação para com ninguem e nem dar satisfaçao...
Eu levanto a bandeira do amor, temos que antes de tudo amar e ser amado, mesmo sendo sexuados como somos, devemos nos comprometer, sermos fieis, responsaveis com o proximo e isso falo pra todas as bandeiras que tem surgido por ai... se as pessoas vivessem o compromisso, a fidelidade, o respeito, a responsabilidade tenho certeza que muitos pré conceitos que existem por ai ja nao existiriam mais... Mas, enquanto isso não acontece... vamos vivendo nossa vidinha diferenciada de muitos...
Falei e disse...

È ISSO AI...


sexta-feira, 10 de abril de 2009

Pre parando me...

Preparando-me, para quê, sei la...
Só sei que na vida tudo se prepara, até se formos nos deter a origem fundamentalistica da palavra...(pre para) parar com antecedencia, parar antes para uma determinada situação... Entao olhando por este olhar, estamos sempre nos preparando para alguma coisa...
Agora eu??? estou me preparando pra viver, chorar, alegrar, entristecer, ser feliz entre outras mais...
Preparando pra se tornar mais adulto a cada dia, mais responsável pelas minhas atitudes, vontades sonhos etc... A vida toda é uma pré paração, pré paramos pra ir pro céu, pro inferno, ou purgatorio, pra aqueles que acreditam... ou entao nos pre paramos para a morte, nossa ou de alguem... nos pre paramos pra casar... namorar etc... Quanta coisa precisa de uma pre paraçao...
E eu nao sou diferente de todos, ao menos nisso né, estou me pre parando pra quê...sei la... sei que tenho muita coisa pra fazer, realizar, lutar, chorar, alegrar, vencer etc... estou na fase euforica do transtorno... como percebem... ainda bem que estamos em epoca de pascoa... da pra comer bastante chocolate.... e acalmar um pouco essa pre paraçao... e em falar em pre paraçao...tenho que me pre parar pra ir na celebraçao da cruz... Apesar deste ano estar um pouco cético... la vou eu...

domingo, 5 de abril de 2009

Mais uma vez...

Olá amigos... se é que alguém lê esse negocinho aqui...
Bom... la vai mais um... não sei se ja disse, se já disse desculpe mas direi de novo... Sou da RCC(Renovaçao Carismática Católica) há 16 anos aproximadamente... e nesses anos ja fui coordenador de grupo por varias vezes... há dois anos deixei uma coordenaçao de grupo devido a uns problemas pessoais que estava passando, alias problemões, até porque né só sei viver em meio a grandes problemas, parece ímã...
Bom com isso fiquei dois anos em silêncio: sem pregar, conduzir, servir etc. e este ano o representante paroquial decidiu que deveria voltar a ter uma vida como antes de servir e tal... até entao estava despreocupado, com isso assumi uma turma de seminário e esta semana estavamos rezando na intençao da escolha de um novo coordenador do grupo, rezamos muito, aliás eu rezei muito, pois não queria ter que assumir algo que pra mim não dá mais, responsabilidades vêm certas posiçoes que me trazem muito sofrimento...
Bom rezei e ja tinha escolhido meu coordenador e seu auxiliar... até que na sexta uma irmã de caminhada chega ao meu serviço e disse que Deus lhe havia dito uma coisa... aff!! poderia nao ter me dito... Deus lhe revelou quem seriam os escolhidos, entrei em oraçao de novo... pediindo pra Deus mudar... ate explicar né... Deus nunca muda... mas fui na esperança de ser engano... mas nao foi
Fizemos a reunião, conversamos antes um pouco, rezamos e lá fomos nós pra mais uma votação, ja tinha ate me esquecido do que minha irmã de oraçao havia dito no dia anterior... Estavamos em 12, 10 votaram em Eduardo e um votou em Marcelo e o outro votou em mim, pra variar... antes haviamos combinado que quem recebesse a segunda maior votaçao seria o auxiliar entao nesse caso houve empate para auxiliar e la fomos nós mais uma vez votar para desempatar e advinha o que deu????
AFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
05 votos para Marcelo e 07 pro outro que no caso era eu... ve se pode umas coisas dessas... Eu que estava querendo me aposentar, ficar mais de boa, tranquilo entre outras coisas... mais essa... aceitei... com muito medo´, até porque o grupo esta passando por uma fase não muito boa... alguns servos de "peso" estao deixando, alias deixaram... e somos nós... não iria aceitar devido a minha condição... mas pensei... rezei(em 1 min) e decidi aceitar... ate porque temos ate julho pra assumir... ate la quem sabe... vou deixar Deus fazer, pois sou apenas auxiliar rs, que nao é tao apenas assim né... E já vivenciamos o que será... sabado estavamos só nós... é só nós que queremos assumir, aliás nao queremos tanto assim não... mas por Deus nos esforçaremos... ate onde conseguimos ir... digo mais por mim do que pelos outros... há dois ano me disseram que nao poderia coordenar... porque agora posso??? estranho... mas vamos lá a mais dois anos de luta... aff ja to ficand velho...

sábado, 4 de abril de 2009

IN MEMORIAN...


LESSIE sentiremos saudades...


Bom, eu tenho dois cachorros, aliás minhas sobrinhas têm, mas acaba sendo mais meus do que delas... O BOB e a LESSIE... ambos viralatas, mestiços com algumas raças... O Bob a gente nao se dá muito bem não, ele é muito molecão sem falar que bravo e brinca de morder, coisa que odeio, fora as travessuras que ele apronta... acaba com tudo que vê pela frente, tudo que vê tem que morder...Bom mas o que venho dizer aqui é sobre a minha amada Lessie; amiga, companheira, ouvinte etc, amo ela, quando minha sobrinha a encontrou a nossa primeira atitude foi a de não querer a tal cachorra, mas ela conseguiu nos conquistar com seu jeitinho tão meigo, educada... sabe aquela cachorra em que parece mais humana que a gente, então, essa era a Lessie... ela tinha uma queda por mim, rs, e eu por ela claro... só que veio a falecer ontem de manhã, quando sai pra ir trabalhar estava na porta de casa a espera de um agrado meu, pois era o único que estava em casa ainda e brinquei com ela, acarinhei e fui embora trabalhar, ela estava adoentada... pegou uma doença inexplicavel... eu acho que foi desgosto, pois ha um mês ela tinha dado cria a 06 filhotes e eles vieram a falecer um a um sobrando apenas dois... minha mae chegou do PIC e a viu amuadinha no canto foi la ver como estava e nao estava nada bem... estava soh esperando alguem de casa chegar... e faleceu!!! Liguei em casa na hora do almoço e minha mãe não quis me dizer que ela havia falecido, fiquei sabendo só a tarde quando estava saindo pra faculdade... ate estranhei... pois sempre que chego em casa ela eh a primeira que vem ao meu encontro pular pra receber um agrado... quando estava saindo pra faculdade perguntei onde estava ela e minha mae falou, assim na lata, doeu... como doeu... ela era minha amiga de todas as horas... na fase em que estava com minha depressao no topo, foi com ela que me amparei...

Quando voltei da faculdade foi caindo a ficha... quem iria me esperar no portao a noite quando chegasse da faculdade... quem iria, escondido, entrar em meu quarto e ficar deitado aos meus pés enquanto digitava no pc... quem irá latir quando algum estranho chegar em casa, pois o bob não late apenas morde mesmo até os donos se deixar... A Lessie era brava, mas era tão delicada, tão amável, tão meiga... fiquei lembrando os momentos em que estivemos juntos, os momentos em que brincávamos, até as vezes que ficavamos bravo com ela... ela era uma cachorrinha vira-lata misturada com a raça fox paulistinha... pequena, porém grande, pois todos tínhamos um grande amor por ela... Tenho uma lembrança dela que nunca esqueço... uma noite havia alguem querendo entrar no quintal, pra quê não sei, mas a pessoa ou as pessoas tentaram e permaneceram na frente de casa e ela ficou a noite toda rondando a casa latindo, protegendo-nos a gente... lembro que ia no fundo de casa e na frente não parava... e latindo querendo nos chamar a atenção e vermos o que era e principalmente ficarmos de sobreaviso. Era na verdade um casal de namorados que estavam na porta de casa... mas enquanto nao amanheceu ela nao aquietou... enquanto nao viu todos acordados, ela nao parou... quando lembro dela as lágrimas vêm aos olhos... era muito apegado a ela... ela não obedecia ninguem mais quando eu estava perto... somente ao meu pedido... Da foto ela é a de cara marron... ela era sempre feliz... o negão é o bob... o chato... irritante... rs mas o amo também...
Sei que ela irá fazer muita falta... apego-me demais aos meus amigos, mesmo que sejam animais irracionais, apesar de achar que ela era racional, pois tinha atitude que parecia que advinhava o que pensava ou o que estava sentindo...
Agora fica a saudade... Não choro de tristeza não, mas de alegria por ter podido te-la como estimaçao e por todo apoio que ela me deu nos momentos de muita dor, tristeza e sofrimento que passei... Tinha dia que nao tinha vontade de levar da cama tamanha a tristeza que eu passava... ai ela vinha ate meu quarto e começava a latir, enquanto nao levantava da cama ela nao sossegava... Hoje entendo o porque nao queríamos um cachorro... nos apegamos muito a eles... minha mãe está até doente, creio que seja emocional... mas iremos passar mais essa perda... que considero mais uma conquista... de uma grande amiga.
Sei que no céu não há cachorros, pois cachorros nao têm alma, dizem... até que provem o contrario... apesar de achar que sao seres repletos de alma... mas mesmo assim rezo por ela e agradeço a Deus pelas alegrias que pude ter junto com ela...