terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Meu cachorro...

Hoje é uma noite triste pra mim... o cachorro de casa morreu... aliás morreram com ele... ou seja mataram no...  SEM PALAVRAS...
Como estou indignado com um ser que seja capaz de comprar veneno e dar pra um animal que nao tem nada de mau, nao mordia, só gostava de  brincar e pular na gente... hoje de manhã, ao sair pra trabalhar la estava ele na porta a me esperar e me acompanhar até o portão... Quando voltei do traballho, como todos os dias, estava no alpendre de casa sentado posicionado a me esperar, cheguei, brincamos, ele tinha a mania de ao me ver entrar na minha frente, deitando me impedindo de passar sem ao menos lhe carinhar, brincar, gostava de morder meu pé... sabe aquela mordida carinhosa, sem forçar, so pra mostrar que tem amor pela gente... entao... essa ai... e quando nao pulava... coisa que ele mais amava fazer, se ele fosse com a cara da pessoa ele iria pular na pessoa pra brincar, e lamber... nao podia ficar de bobeira que vinha lamber minha mao... era o modo de sempre dizer pra mim ESTOU COM VOCE... quantas vezes conversamos... e dialogos cabeça... eu me cachorro, tinhamos altos papos... ele me entendia e eu a ele, eramos parceiro... ele nem era meu, nem nosso, e sim de meu irmao, que morria de ciumes de ver o modo como eramos ligados... mas era um carinho que ele mesmo despertou por mim, nao fiz nada que comprasse este carinho... 
Sempre no horario da saida da escola, alunos vêm comprar sacolé/gelinho... e com isso ele sempre sai e da umas voltas e retorna... sempre foi assim... bate no portao, ou começa a pular na maçaneta e entra, hoje foi diferente... ele saiu e voltou, ao voltar foi pra terra, coisa q jamais faz, cachorro fino, nao gosta de terra muito menos de barro, foi ai q minha irmã percebeu q o coitado estava agonizando... e nao durou minutos.. MORREU!!!

Sentiremos saudades Rex... antes foi o Bob, agora vc... mto injusto isso...

Nenhum comentário: