sábado, 26 de setembro de 2015

FAMÍLIA

Uma palavrinha tão pequena, com grandes significados, porém tentam resumir seu significado legalmente falando.
Não sou a melhor pessoa pra falar sobre família, pois família foi um grande peso, pois sempre passei por inúmeras situações dificeis com a minha família e devido a ela. Então eu evito consideravelmente o assunto, pois nao tive uma real identidade familiar, um berço familiar, ainda mais agora!!!
Pois é...
Passou-se na câmara do legislativo que a definição de família é a 'união entre homem e mulher', sim e os filhos se tornam pertencentes a esta família por ser frutos dessa união.
Vemos por ai, grandes discussões, principalmente por "grandes' teólogos católicos e não católicos, onde declaram que a ideologia gay veio para destruir o sentido de família no país e no mundo. Chove comentários, desaforos etc para tentar defender a família e criar um conceito que para mim se torna, totalmente, desnecessário, nao pela minha sexualidade, mas pelo que vemos no país, quiçá no mundo.
Acho que quando propuseram tal lei esqueceram de alguns detalhes que são muito presente em nossa sociedade, quando faz tal definição. Pois, as pessoas que sao criadas pelos avós? nao podem se considerar família? e os que sao criados pelos tios, pelas tias, irmãos, padrinhos etc por ter acontecido algo com os pais, ou os proprios pais terem abandonaddo ou mesmo abusado violentamente ou sexualmente dos próprios filhos??? Isso que é família? viver em um lugar hostilizado, onde sua segurança está corrompida, destruida?? 
Fiquei chocado quando soube desse tal projeto, espero que JAMAIS seja sancionada essa lei. Sou católico, conheco minha doutrina, a respeito e a sigo, mas em nem um lugar tanto na bíblia, catecismo, doutrina social etc, se restringe família como pai e mãe, até porque se formos considerar alguns aspectos biblicos encontramos, pais tendo "casos sexuais" com filhos no antigo testamento, onde o homem possui inúmeras mulheres, para poder se satisfazer... e ai??? 
Não tive um berço familiar autêntico, pois fui criado com a ausencia de meu pai, pois era alcoolatra e mau tinhamos contato.
Ouvir da boca de algumas pessoas, que pra mim são mais ignorantes que qualquer definição possível, dizer que uma criança nao pode ser adotado por casal de homossexuais, pois irá corromper a criança, a criança ja irá nascer no meio do pecado, da perversão etc. Agora uma criança pode ser abandonada pelos pais heteros, ou abusado por esses pais, que nao demonstra nem um pingo de carinho, preocupaçao e remorso. Ou preferem que as crianças sejam pelo sistema de abrigo, orfanatos etc onde sao tratadas apenas como objetos que foram depositadas ali e pronto...
Não concordo, nao aceito, e nao irei nunca concordar com essa definição, a palavra família possui um significado muito mais amplo do que essa definiçao de uniao sexual de um homem e mulher. 
Família é o lugar onde nos sentimos seguros, protegidos, acolhidos e amados. Onde sabemos que tudo pode nos acontecer e é pra lá que devemos voltar pra encontrar nosso alicerce nossa segurança, consolo, conforto ...
Alguns defendem que a família tem sido destruida, etc, até concordo, mas isso não se dá  simplesmente pelo fato da sexualidade, de um ou outro levantar uma bandeira se assume gay ou nao, esssa destruição, vem de muito antes, de inúmeros fatores, agora simplesmente acusar a homossexualidade ou ideologia de genero... é simplesmente pensar pequeno...

Nenhum comentário: