quarta-feira, 9 de setembro de 2015

DIAS BONITOS

Estou trilhando meu caminho, cuidando do meu campo, vivendo a minha história, na verdade colhendo um dia de cada vez, tentando não olhar para o que esta a minha volta que seja desinteressante, mas realmente não querendo perder nada que seja importante pra mim. Já me senti menor do que o outro, já pensei que não seria capaz de tanta coisa, que hoje olho bem pra dentro da minha alma e penso, uau, quantas proezas já consegui fazer, quantos obstáculos já venci, quantos muros já derrubei, quantas manobras já dei pra chegar exatamente onde já cheguei. 

Por mais valentes que sejamos, uma hora o coração pede pausa, os cansaços chegam, e dar um tempo se torna necessário para colocarmos muitas coisas nossas no lugar. 

Falo destas urgências que a gente tem quando não sabemos esperar, quando não permitimos Deus de agir, quando não queremos ouvir ninguém por nos acharmos fortes e inteligentes demais ao ponto de arriscarmos tudo por algo ou alguém. 

Você tem uma vida, respeite-a, você também tem sentimentos, respeite-os, é isto que sempre ouço quando avanço os meus limites, quando os meus passos estão maiores do que a minha sensatez. 

Gente, não há nada melhor do que as experiências que adquirimos quando decidimos nos cuidar, quando nos silenciamos para ouvirmos o nosso coração, quando abraçamos a coragem de ser feliz sem apertos e sem sem tantas cobranças, sem tantas obrigações. 

Estou vivendo dias bonitos, entendam, eu não disse dias fáceis, eu disse dias bonitos....

POR  Cecilia Sfalsin

Nenhum comentário: