Pular para o conteúdo principal

Família...

Família... palavrinha tao pequena que possui tantos significados, às vezes nao muito agradaveis e outras agradáveis. 

Nao sou muito família, devido a tudo que ja enfrentei com ela e sem ela, entao nao sou muito ligado a essas paradas de estar em familia, porem este ano ver algumas situaçoes me deixaram mais pensativo e reflexivo sobre o que realmente é ser família. onde concluo que sou muito mais familia do que muitos de minha família que coisa de louco. Pois sempre quando as coisas nao estao em seu melhor momento quem ta la pra dar a cara pra bater... ou entao quem esta pra separar as desavenças... e ainda sou julgado e condenado... por uns ai... 

Com isso, tenho me questionado muito o que é ser família, atualmente na mídia ha comentários em que querem impor  uma lei em que familia pra ser considerada familia necessita da junção de um homem e uma mulher, tirando o peso de familia aos casais homoafetivos. O que descordo um pouco, até porque se formos analisar nao podemos resumir família a isso, a um encontro de um homem com uma mulher, ate porque muitas vezes o fruto de uma relaçao de um homem com uma mulher muitas vezes é consequencia de uma criança jogada no lixo, ou morta, ou entao maltratada. Se ser família resumir a isso... estao certos em instituir tal lei. Pra mim família nao se resume a isso, e os irmaos sem pai, que foram postos a adoçao?? nao sao família??? e o pai e o filho que perdeu a mae? ou filhos e mae que perderam o pai??? nao sao familias??? E aqueles que adotam o filho daqueles homens e mulheres que jogaram foram no lixo, puseram pra adoçao, ou mesmo perderam a guarda por abuso sexual, abuso de drogas etc??? nao tem direito a ter ou ser familia de alguem???

Esses dias atras, em um grupo no whatsapp, saiu um comentário sobre tal lei, postado por uma pessoa , que pra mim, nao tem o mínimo de conhecimento em igreja, pois se o tivesse saberia que ser cristão vai muito além disso. O que mais me espantou foi um conhecido advogado que no meio de muitos se levantou contra o argumento do cara, dizendo que se continuasse com tal desaforo iria entrar com uma causa judicial contra a xenofobia, homofobia... e o cara tava decidido, tinha ate salvo as mensagens para usar... mas como ninguem prolongou a conversa no grupo, pois a maioria tem um amigo, ou familiar que seja homo e nem por isso deixa de ser pertencente a nossa família. E como sou um tanto quanto curioso, perguntei-lhe o porque de tal posição e ele demonstrou que se ha preconceito atualmente é por falta de pessoas que defendam tais atos homofobicos, e disse com todas as letras mesmo nao sendo gay e nem concordam com a homossexualidade não se pode jogar na rede social tal assunto da maneira como foi posta e com os termos pesados utilizados, ainda mais sendo um grupo religioso!! Fiquei admirado e muito feliz por ter pessoas que ainda pensam na gente. E se for parar para analisar na Igreja é o local onde mais se evidencia a presença de homossexuais incubados. Por isso que pra mim em 2015 quero um amor, um amor pra vida toda e chamar de família!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos namorados sozinho?

Ah, é claro que eu fico triste, talvez até mais do que deveria ficar, porque se eu pensar nas experiências do passado, eu estou bem até. Mas sabe, tem certas horas que eu sinto vontade de ter alguém e não estou dizendo isso só porque é o dia dos namorados e eu não tenho alguém.  Eu estou dizendo isso, porque faz bem viver a dois, ter alguém para um abraço quente, um beijo demorado, um boa noite e um bom dia querendo saber se eu dormi bem.  Chega uma hora que perde a graça sair, conhecer alguém e ver que ali você não pode depositar expectativas porque depois de três ou quatro palavras, você percebe que mais vazia do que a sua vida sentimental, é a cabeça dessas pessoas quem vão para a noite só querendo preencher a sua cota de beijar quem puder.  Chega uma hora que você se olha no espelho e se pergunta: será que não chegou a hora de me permitir e conhecer alguém legal? Que tire esse medo que ficou estacionado em mim, achando que todo mundo vai ser como a minha última péssima experiência?  A…
O passado me ensinou que as pessoas não somem, perdem o interesse. 
O passado me ensinou a não acreditar em um “Estou com saudade” se não vier acompanhado de um “Como faço para te ver?”. 
O passado me ensinou a não me preocupar com coisas que só o tempo pode resolver. 
O passado me ensinou que não tem como um relacionamento dar certo se o orgulho for maior que o próprio sentimento.


siga no Instagram

BORA DESABAFAR...

Em frente a tantas coisas que a vida vai nos levando a viver, chegam determinados momentos que é quase que impossível continuar... sentimos como se o mundo fosse tirado do nosso chão e com isso obrigados a caminhar mesmo sem ter forças e/ou querer... Este ano tenho experimentado viver o silêncio diante das inúmeras situações que têm se apresentado em minha vida, aos inúmeros problemas e dificuldades e as coisas que se encontravam ocultas tem se tornado claras...  Talvez tudo isso seja eu enxergando a vida com um olhar maduro, onde posso limitar-me a apenas observar, rezar e, acima de tudo, SILENCIAR... Hoje tive um momento com Deus e nesse meu momento com Ele exigi, que Ele me fosse sincero e claro, que tudo que ainda se encontrasse oculto que eu precisasse saber que se pusesse às claras... Trinta minutos após meu diálogo com Deus, recebo sem muito esforço o que precisava saber... e isso já era algo que vem há dias... apenas pude perceber que só Deus é sincero com a gente, que expõe o que…