Pular para o conteúdo principal

Amigos que sufocam!

Amigos que sufocam não são verdadeiros amigos, mas sim, praticantes de obsessões psicológicas sobre a outra ponta da amizade, ou seja, oprimem os seus bons amigos.
De forma bem simples e, com base nas questões das relações humanas, podemos dizer que temos conhecidos, colegas, amigos etc. Entretanto, algumas pessoas, de forma consciente ou inconsciente, invadem terrenos que não são delas, tudo em nome da famosa frase: “Amigos são para todas as horas”.
Carências, desajustes, sentimentos de rejeição, solidão, insatisfações ou imaturidades, refletem o quanto há pessoas problemáticas e como se apóiam erradamente nas amizades para tentar se entender ou, no mínimo, viver em uma falsa harmonia.
Nossos amigos até poderiam ser nossas muletas, jamais as nossas pernas. A questão da amizade transita paralelamente às questões sentimentais, ou seja, quem ama respeita, confia e compartilha. Nas amizades não deveria ser diferente.
Nos inúmeros comportamentos exibidos pelos maus amigos, temos aqueles que cobram a nossa presença, que dão broncas quando nos ausentamos e que morrem de ódio quando nos vêem felizes com outros amigos ou com outras pessoas. Bate aquela sensação acompanhada da certeza doentia de que estão sendo trocados e que não merecem tal traição; então atacam ou ofendem. Tudo em nome de uma grande amizade.
As verdadeiras e grandes amizades são construídas pelas afinidades que nascem naturalmente em uma relação entre pessoas; não existem imposições ou competições. Verdadeiros amigos sabem renunciar e respeitar um afastamento se o momento assim se fizer necessário; sabem reconhecer que é um “momento” do outro amigo. Amigos não brigam para serem amigos, simplesmente “são amigos”.
Doar e receber faz parte desse processo, é uma troca, é um vai e volta. Infelizmente nem todos possuem a necessária maturidade para entender esse momento. Abusam do ato de somente querer receber, esgotam a fonte porque sugam desenfreada e desesperadamente o “outro”; atrevo-me a chamá-los de vampiros do ego alheio.
Na minha profissão, simplesmente cansei de presenciar amizades desfeitas; as pessoas enjoam dos sugadores crônicos. Sei que muitos defenderão a idéia de que são pessoas com problemas e que merecem sempre uma nova chance – “Coitadinho... ele é carente!”; se há problemas psicológicos, que sejam tratados em esferas profissionais específicas, não “dentro” das amizades – amizades não são psicoterapias. Uma amizade deve complementar aquilo que somos, e não, ser uma fuga de “nós mesmos”. Somente os maus amigos acusam o outro de não ser amigo, de não ter tempo para ele, de não querer ouvi-lo quando está extremamente atarefado; o mau amigo compete com tudo e com todos. Na sua visão distorcida ele é o centro do mundo, ou melhor, do universo.
Quando são manipuladores, pior ainda, porque conseguem fazer o outro sentir-se culpado, ou seja, o bom amigo se sente como um péssimo amigo. Jogam duro nas questões da chantagem... “Viu como você me deixou? E ainda diz que é meu amigo!”
Para vocês, os bons amigos, caso queiram, podem continuar nessa relação sem sentido, ou então, podem tomar a difícil decisão de se afastarem e, caso aconteça, não se sintam covardes ou egoístas, mas sim, defensores da própria integridade psíquica, fato que os maus amigos nunca respeitaram. 
Por Thiago Furlan

Eu quero um amigo ...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos namorados sozinho?

Ah, é claro que eu fico triste, talvez até mais do que deveria ficar, porque se eu pensar nas experiências do passado, eu estou bem até. Mas sabe, tem certas horas que eu sinto vontade de ter alguém e não estou dizendo isso só porque é o dia dos namorados e eu não tenho alguém.  Eu estou dizendo isso, porque faz bem viver a dois, ter alguém para um abraço quente, um beijo demorado, um boa noite e um bom dia querendo saber se eu dormi bem.  Chega uma hora que perde a graça sair, conhecer alguém e ver que ali você não pode depositar expectativas porque depois de três ou quatro palavras, você percebe que mais vazia do que a sua vida sentimental, é a cabeça dessas pessoas quem vão para a noite só querendo preencher a sua cota de beijar quem puder.  Chega uma hora que você se olha no espelho e se pergunta: será que não chegou a hora de me permitir e conhecer alguém legal? Que tire esse medo que ficou estacionado em mim, achando que todo mundo vai ser como a minha última péssima experiência?  A…
O passado me ensinou que as pessoas não somem, perdem o interesse. 
O passado me ensinou a não acreditar em um “Estou com saudade” se não vier acompanhado de um “Como faço para te ver?”. 
O passado me ensinou a não me preocupar com coisas que só o tempo pode resolver. 
O passado me ensinou que não tem como um relacionamento dar certo se o orgulho for maior que o próprio sentimento.


siga no Instagram

Dias dos namorados solteiro...

Dia dos namorados chegou e você vai estar sozinho. Ou por opção ou porque não surgiu alguém que te preenchesse da maneira que você merece. Não se culpe por isso.  Não ache que é um bicho de sete cabeças estar solteiro. Amanhã muitos casais estarão se declarando e reforçando o real motivo que os fizeram estar juntos. Amar alguém vai além de status e fotos bonitas seguidas de textões passando em sua timeline. Amor é comprometimento, troca e respeito. É saber que existem tantas outras opções por aí e ainda assim escolher quem ele se dispôs a amar e respeitar. Sabe, não se frustre se ainda não deu certo.  Se você não encontrou alguém a sua altura. Às vezes requer tempo e paciência. Você precisa estar cem por centro pronto, se amando em primeiro plano pra depois sair por aí tentando ser de alguém.  Esteja certo de que Deus capricha quando sua hora chegar. Melhor estar só, do que carregando nas costas um amor que não te eleva, e que além de parceria se torna carga. Melhor se reservar, acalmar …