Pular para o conteúdo principal

Muito MAIS ++++

A última vez que escrevi foi há 04 meses, e naquele dia estava disposto a voltar a escrever e colocar nas palavras o que tenho vivido no meu cotidiano, porém o inesperado me acometeu, 20 dias depois recebi a noticia que estava com uma doença um pouco grave, uma infecção delicada, que precisou um pouco mais de minha atenção, foram 4 meses, ainda estou no meio do tratamento, creio que finalizando já, mas sobrevivendo.
Com este tempo pude perceber o quanto sou Mais: mais feliz, mais dedicado, mais cobrado, mais seguro, mais, mais, mais... mas creio que esse ser mais, é o que tem me feito sobreviver, tem me impulsionado, pois em meio as perdas que tive, perda de amigos, de vontade, de esperança, de sonhos etc. foi quem me amparou, e nao deixou que viesse a estagnar de vez na vida. Hoje digo que sobrevivo, resiliente, palavra que descobri vivendo-a constantemente no meu dia-a-dia, no trabalho e em casa, pois me dedico a isso de casa pro trabalho e do trabalho pra casa, por inumeros motivos, um deles é que sou mais pobre a cada dia kkk rsrs e sair, gastar sairam dos meus planos de vida. Ribeirao tenho ido somente pra estudar, acho que os espioes de minha vida ficarao felizes em saber disso rs. Aos finais de semana a única vontade que tenho tido é a de dormir, descansar, como trabalho com o cerebro e parece que a cada dia tenho sido exigido mais e mais... em casa entao nem se fala rs.
isso tudo só vem mostrar que mesmo diante de minhas fragilidades, de minhas limitações, de minhas incapacidades, sou MAIS... 
Mais amigo
Mais comum
Mais pé no chão
Mais calmo
Mais eu
Mais nós
Mais solidão
Mais caminho
Mais amparo
Mais serenidade
Mais paciencia
Mais irmão
Mais tolerante
Mais fechado
Mais aberto
Mais sensivel
Mais forte
Mais fraco
Mais fragil
Mais delicado
Mais nada
Mais tudo
Mais sonhos
Mais pesadelo
Mais pé no chão
Mais critico
Mais, mais, mais...
Se ficasse aqui escrevendo passaria horas dizendo quantas coisas mudaram em minha vida.
Pessoas tentaram calar minha voz, simplesmente por eu ser eu, porém nao adianta tentarem, pois minha vida é simplesmente eu... Às vezes tento entender por que sou tão visado por tanta gente, nao encontro respostas fundamentadas, tantas invejas, tantas pessoas kerendo o que tenho, alias o que nao tenho, com isso julgam, criticam, ameaçam entre outras coisas.
Ano passado havia parado de escrever por muitos que leram, liam sei la... meu blog e se sentiam incomodadas com o que liam, por medo talvez, ou por eu ser verdadeiro demais em minhas palavras... Alguns tentaram a todo custo mudar isso, mas acho q por mais que tentaram, desejaram e tal, nao consigo ficar longe das palavras, pois a minha vida é escrever e escrever sinceridades, os ameaçados retorno a dizer em nem um momento venho aki no blog pra tentar intimidar alguem, apenas escrevo o que vivi, vivo e viverei, nada além disso, até pq o que nao me envolve ou me cabe, nao me pertence e nem devo mencionar, pois tenho comigo que nao se deve dizer dos outros.
Hoje em meus 32 anos de vida, tem hora que penso que já vive 64 anos, de tantas experiencias que ja vive, de tantos tapetes que já me puxaram, de tantas pedras me lançaram, olhares, palavras etc. porem teimo em dizer que esses 32 anos me fizeram Mais, muito mais, e esse ser mais, nao é algo que me leve a ser orgulhoso ou mesmo melhor que alguem, muito pelo contrario, isso só me faz ser eu, e isso já me basta...
Sei que começarei a receber críticas por voltar a escrever livremente, mas aos desavisados, eu já aviso, volto mais, muito mais RESILIENTE. Não tenho mais nada a perder na vida, pois o que tenho só uma pessoa pode me tirar e mais niguém, pois ele é MAIS...
Hoje estou assim, como se ve na foto, mais gordinho, devido aos medicamentos que estava tomando, mas continuo o mesmo... JOSIMAR (ZIMA)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos namorados sozinho?

Ah, é claro que eu fico triste, talvez até mais do que deveria ficar, porque se eu pensar nas experiências do passado, eu estou bem até. Mas sabe, tem certas horas que eu sinto vontade de ter alguém e não estou dizendo isso só porque é o dia dos namorados e eu não tenho alguém.  Eu estou dizendo isso, porque faz bem viver a dois, ter alguém para um abraço quente, um beijo demorado, um boa noite e um bom dia querendo saber se eu dormi bem.  Chega uma hora que perde a graça sair, conhecer alguém e ver que ali você não pode depositar expectativas porque depois de três ou quatro palavras, você percebe que mais vazia do que a sua vida sentimental, é a cabeça dessas pessoas quem vão para a noite só querendo preencher a sua cota de beijar quem puder.  Chega uma hora que você se olha no espelho e se pergunta: será que não chegou a hora de me permitir e conhecer alguém legal? Que tire esse medo que ficou estacionado em mim, achando que todo mundo vai ser como a minha última péssima experiência?  A…
O passado me ensinou que as pessoas não somem, perdem o interesse. 
O passado me ensinou a não acreditar em um “Estou com saudade” se não vier acompanhado de um “Como faço para te ver?”. 
O passado me ensinou a não me preocupar com coisas que só o tempo pode resolver. 
O passado me ensinou que não tem como um relacionamento dar certo se o orgulho for maior que o próprio sentimento.


siga no Instagram

BORA DESABAFAR...

Em frente a tantas coisas que a vida vai nos levando a viver, chegam determinados momentos que é quase que impossível continuar... sentimos como se o mundo fosse tirado do nosso chão e com isso obrigados a caminhar mesmo sem ter forças e/ou querer... Este ano tenho experimentado viver o silêncio diante das inúmeras situações que têm se apresentado em minha vida, aos inúmeros problemas e dificuldades e as coisas que se encontravam ocultas tem se tornado claras...  Talvez tudo isso seja eu enxergando a vida com um olhar maduro, onde posso limitar-me a apenas observar, rezar e, acima de tudo, SILENCIAR... Hoje tive um momento com Deus e nesse meu momento com Ele exigi, que Ele me fosse sincero e claro, que tudo que ainda se encontrasse oculto que eu precisasse saber que se pusesse às claras... Trinta minutos após meu diálogo com Deus, recebo sem muito esforço o que precisava saber... e isso já era algo que vem há dias... apenas pude perceber que só Deus é sincero com a gente, que expõe o que…