Pular para o conteúdo principal

Relendo

Nossa!!! Acabei de reler meus comentários, todos sao apenas 30 e tinha alguns que acho que passaram tao despercebido... E hoje depois de 2 anos de blog vejo que como a vida muda em 2 anos... quando iniciei estava numa depre infernal, nao sai completamente, mas vejo que dei passos pra fora desse precipicio que antes parecia sem fundo, hoje vejo que mesmo nao tendo fundo, podemos nos agarrar nas beiradas e vamo que vamo, subindo de novo... claro que virá outros ventos querendo me derrubar, as vezes ate conseguirá... mas o que importa é que sobrevivi mais 2 anos... e esses dois anos foi como se tivesse sido gerado novamente e nascido com uma nova mente, uma nova vontade... mesmo em meios as frustrações e decepções...
Semana passada conversei com o meu pároco, cujo sou seu secretário de pastoral... ser secretário é algo que me persegue... E depois de um ano consegui revelar meu "segredo" que não é tao secreto assim... Foi um alívio e ao mesmo tempo um susto, pois foi como se tivesse dito que iria chover dai meia hora... tipo assim... como ele mesmo disse "nada muda", desde que nao prejudique a vida de igreja... ai ai ai... é... mais piolhos pra coçar e pensar... às vezes acho que devo parar de ser tao igrejeiro e ficar quieto na minha. Nao cantar, nao ir a grupos/movimentos, nao catequizar... ficar no meu canto... e quem disse que consigo... ou deixam né... quando menos espero já me vejo envolvido com a causa da igreja... já me perguntaram por que que nao me torno padre e tals, tento desconversar, pois se for explicar... nao iriam entender muito bem... fora que ficar em lugar durante 08 anos (1 propedeutico, 3 filosofia e 4 de teologia) em um lugar soh com homens... seria a pior das tentaçoes...
Nisso me pego a pensar novamente... será que posso prejudicar a vida de igreja... ou sei la... isso é algo a posteriori... vamo vivendo e refletindo o já... Nunca esperei compreensao de ninguem em relação a tais questões, até porque já fui tanto apedrejado, julgado e condenado e ate sentenciado, que essa esperança passa longe... quando voce houve de alguem significativo que "nao importa", voce fica procurando cabelo em ovo... ou entao se retrai, pois o mundo ensinou-nos a se proteger das pedras e quando nao há pedras pra se proteger, bate um vazio... um medo de que isso possa ser sinal de algo ainda pior... só sei que ao reler os comentários que recebi de amigos conhecidos, desconhecidos e anonimos volto a querer ser eu acima de tudo, e a nao importar com a opiniao alheia...
E tento prestar mais atenção no brilho da luz do que na escuridao das trevas...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos namorados sozinho?

Ah, é claro que eu fico triste, talvez até mais do que deveria ficar, porque se eu pensar nas experiências do passado, eu estou bem até. Mas sabe, tem certas horas que eu sinto vontade de ter alguém e não estou dizendo isso só porque é o dia dos namorados e eu não tenho alguém.  Eu estou dizendo isso, porque faz bem viver a dois, ter alguém para um abraço quente, um beijo demorado, um boa noite e um bom dia querendo saber se eu dormi bem.  Chega uma hora que perde a graça sair, conhecer alguém e ver que ali você não pode depositar expectativas porque depois de três ou quatro palavras, você percebe que mais vazia do que a sua vida sentimental, é a cabeça dessas pessoas quem vão para a noite só querendo preencher a sua cota de beijar quem puder.  Chega uma hora que você se olha no espelho e se pergunta: será que não chegou a hora de me permitir e conhecer alguém legal? Que tire esse medo que ficou estacionado em mim, achando que todo mundo vai ser como a minha última péssima experiência?  A…
O passado me ensinou que as pessoas não somem, perdem o interesse. 
O passado me ensinou a não acreditar em um “Estou com saudade” se não vier acompanhado de um “Como faço para te ver?”. 
O passado me ensinou a não me preocupar com coisas que só o tempo pode resolver. 
O passado me ensinou que não tem como um relacionamento dar certo se o orgulho for maior que o próprio sentimento.


siga no Instagram

Dias dos namorados solteiro...

Dia dos namorados chegou e você vai estar sozinho. Ou por opção ou porque não surgiu alguém que te preenchesse da maneira que você merece. Não se culpe por isso.  Não ache que é um bicho de sete cabeças estar solteiro. Amanhã muitos casais estarão se declarando e reforçando o real motivo que os fizeram estar juntos. Amar alguém vai além de status e fotos bonitas seguidas de textões passando em sua timeline. Amor é comprometimento, troca e respeito. É saber que existem tantas outras opções por aí e ainda assim escolher quem ele se dispôs a amar e respeitar. Sabe, não se frustre se ainda não deu certo.  Se você não encontrou alguém a sua altura. Às vezes requer tempo e paciência. Você precisa estar cem por centro pronto, se amando em primeiro plano pra depois sair por aí tentando ser de alguém.  Esteja certo de que Deus capricha quando sua hora chegar. Melhor estar só, do que carregando nas costas um amor que não te eleva, e que além de parceria se torna carga. Melhor se reservar, acalmar …