Pular para o conteúdo principal

Há dias...

Fiquei um tempo meio que avulso, recolhendo inspiraçoes... se bem que se deixar escreve o dia todo ja que por mais silencioso que seja, amo escrever falando ou melhor falar escrevendo...
Com esse tempo fiquei envolvido com estes HA DIAS...
Ha dias em que nao queremos acordar, quando la levantar da cama, falar com alguem entao parece ser a morte, estar no meio de muitos nem sonhando, é um misto de solidao com tristeza, com melancolia que passa pela depressao junta com pessimismo e por ai vai... acho que todos passamos por coisas semelhantes ou talvez ate pior... Ha dias em que soh um olhar nos basta pra deixar-nos irado, uma palavra mal colocado nos fere... que posso de carencia seria isso?? Se é que pode se considerar carencia, as vezes penso que é excesso, do quê, nao faço a minima idéia... mas pode ser... como diz os filosofos: tudo depende da visao de quem vê... Esses dias insistem em querer me visitar nessa "amada" fase que vivo, paulatinamente, um misto de incertezas, medo, dúvidas... questionamentos... e por ai vai... As vezes esperamos muito do mundo e das pessoas que estao neste mundo e o que encontramos sao apenas frustraçoes e decepçoes... Falo como quem realmente sabe o que é ser um ser frustrante e decepcionado... Tenho 28 anos disso, o que me leva a ter uma enorme experiencia... Tem hora que me ponho dentro do meu esconderijo e quando faço isso é quando sou mais requisitado... ai ja viu né, somos inteiramente humanos e com o humano advem nossa necessidade de expressar nosso incomodo de ser retirado do meu local onde nestes HA DIAS... me sinto seguro, que na verdade nao é segurança pra mim e sim pras pessoas que estao a minha volta, pois quando estamos nestes HA DIAS... facilmente magoamos sem querer magoar...
Percebi que nesses ha dias profundos por mais que escondemos, fugimos do mundo, da realidade, o que no fundo queremos é que sejamos notados de alguma forma, apesar da luta de nao querermos ser notados e as vezes conseguimos e conseguindo ficamos mais ainda nesses HA DIAS... pra quem le parece ser loucura, mas na verdade todos nós humanos e talvez ate os nao humanos tambem, va saber... passamos por estes HA DIAS... dias de cor cinzenta... ha dias com cinza mais escuros, mais claros, tom mediano e por ai vai, tudo depende do grau dos HA DIAS... as vezes tento entender-me o motivo de ser assim e vejo que tenho que parar de querer entender tudo, pois ha coisas na vida que nao se entende e sim se vive... e pronto!!! Como assim??? Dificil aceitar ainda mais eu, um ser tao pensante... as vezes até demais... Os amigos nesta hora... vai saber onde estao... pois nao queremos sua presença, mas queremos a sua presença... dificil neh... Eu que o diga... falo de antemao, se voce tem um amigo/uma amiga deste jeito, saiba que nas horas em que ele lhe disser que esta tudo bem... tudo numa boa, melhor impossivel... tenha um pe atras pois neste momento pode ser que ele queira dizer a voce que tudo vai mal, muito mal... e quando disser que vai mal, poe o joelho no chao pois o negocio ta feio!!! São pessoas loucas... mas loucas que amam, que precisam de carinho, companhia, amizade, etc... as vezes essas pessoas sao as que nos parecem as mais fortes que conhecemos, o que na verdade sao as mais fracas e sensiveis... (Um viva pra sensibilidade!!!!) As vezes nao podemos ser sensiveis o bastante nesse mundo tao... me perco em poder expressar... Nestes HA DIAS... sao os dias que um OI faz diferença, um abraço entao... muda a vida... e as vezes os nossos problemas, os nossos umbigos sao tao grandes que nao conseguimos parar e enxergar a necessidade daquele(A) que esta ao nosso lado, pertinho da gente e sofre horrores pelo que a vida lhe oferece... Ha dias em que nos perdemos de nós mesmos... pois olhamos para nós e nao nos reconhecemos, coisa que muito me assusta: olhar no espelho e identificar uma pessoa que nunca vi... É assim que pessoas solitarias vivem... as vezes queremos entender o motivo pelo qual pessoas vivem na solidao... questionamos... mas nunca na verdade queremos mudar a situaçao de solidao da pessoa pelo medo de fazer parte do mundo "solitario" em que ela vive... a verdade é essa somos egoístas demais para podermos sair do nosso mundo não solitario e irmos até aqueles que se aprisionam em seu mundo SOLIDAO... pra quem vive nesse mundo sabe que HA DIAS, e como há... HA DIAS que desejamos nunca ter nascido; devido a tantas adversidades que a vida apresenta pra cada um de nós, ilustre seres solitarios... Ontem,pra variar né, perguntaram-mem por que, motivo, causa e razao nao namoro... por quê????HA DIAS que as pessoas nos fazem perguntas com respostas evidentes...
Esse é pra todos nós que vivemos este HA DIAS... que saibam quem nao estamos sozinhos, apesar de muitas vezes parecer, ha muita gente que sofre com o HA DIAS... e vamo juntar essa galera e tentar discutir o por quê de vivermos este tormento... Pessoal espero contatos...
e pra encerrar, HA DIAS...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos namorados sozinho?

Ah, é claro que eu fico triste, talvez até mais do que deveria ficar, porque se eu pensar nas experiências do passado, eu estou bem até. Mas sabe, tem certas horas que eu sinto vontade de ter alguém e não estou dizendo isso só porque é o dia dos namorados e eu não tenho alguém.  Eu estou dizendo isso, porque faz bem viver a dois, ter alguém para um abraço quente, um beijo demorado, um boa noite e um bom dia querendo saber se eu dormi bem.  Chega uma hora que perde a graça sair, conhecer alguém e ver que ali você não pode depositar expectativas porque depois de três ou quatro palavras, você percebe que mais vazia do que a sua vida sentimental, é a cabeça dessas pessoas quem vão para a noite só querendo preencher a sua cota de beijar quem puder.  Chega uma hora que você se olha no espelho e se pergunta: será que não chegou a hora de me permitir e conhecer alguém legal? Que tire esse medo que ficou estacionado em mim, achando que todo mundo vai ser como a minha última péssima experiência?  A…
O passado me ensinou que as pessoas não somem, perdem o interesse. 
O passado me ensinou a não acreditar em um “Estou com saudade” se não vier acompanhado de um “Como faço para te ver?”. 
O passado me ensinou a não me preocupar com coisas que só o tempo pode resolver. 
O passado me ensinou que não tem como um relacionamento dar certo se o orgulho for maior que o próprio sentimento.


siga no Instagram

BORA DESABAFAR...

Em frente a tantas coisas que a vida vai nos levando a viver, chegam determinados momentos que é quase que impossível continuar... sentimos como se o mundo fosse tirado do nosso chão e com isso obrigados a caminhar mesmo sem ter forças e/ou querer... Este ano tenho experimentado viver o silêncio diante das inúmeras situações que têm se apresentado em minha vida, aos inúmeros problemas e dificuldades e as coisas que se encontravam ocultas tem se tornado claras...  Talvez tudo isso seja eu enxergando a vida com um olhar maduro, onde posso limitar-me a apenas observar, rezar e, acima de tudo, SILENCIAR... Hoje tive um momento com Deus e nesse meu momento com Ele exigi, que Ele me fosse sincero e claro, que tudo que ainda se encontrasse oculto que eu precisasse saber que se pusesse às claras... Trinta minutos após meu diálogo com Deus, recebo sem muito esforço o que precisava saber... e isso já era algo que vem há dias... apenas pude perceber que só Deus é sincero com a gente, que expõe o que…