segunda-feira, 31 de maio de 2010

Pérola negra...


Hoje amanheci com essa música da Daniela Mercury na cabeça... Também depois de estar no show dela era o mínimo que poderia acontecer. O show foi o máximo... melhor impossível... Ouvir músicas que marcam a cultura do nosso país, que defende nossa raça entre outras coisas... Claro que se formos parar pra olhar só pelo lado religioso podemos concluir que estavamos em uma sessão de roda de camdomblé devido as músicas, sao semelhantes, pra nao dizer as mesmas, invocações espíritas que ocorrem em alguns terreiros... fora os trajes... baianos de inicio e fim do show... porém nao quero me ater-se a religiosidade, até porque isso é irrelevante a essa altura do campeonato, claro que muitos "católicos" que conheço devem ter ficado horrorizado só de ver a abertura do show que foi uma grande batucada, iguais aquelas que se faz ao invocar e anunciar a chegada de uma "entidade" espírita. Se bem na verdade ela estava invocando, pois é adepta a tal realidade... o que nao a faz menor e nem maior e, muito menos, melhor ou pior que alguém...


Ontem foi um dia libertador pra minha alma, onde fiquei sozinho na festa, pois os "amigos" deixaram-me, além de precisar ficar só... Dancei horrores, cantei entao nem se fala... Senti-me como se tivesse meus 15 anos novamente... até porque suas músicas fizeram minha adolescência, onde me acabava dançando... era bom demais... Enquanto cantava saia da minha prisao melancólica... qdo dei por mim estava só no meio de pessoas que nunca tinha visto na vida, gente te paquerando... foi muito bom sentir-me vivo novamente... sentir essa dor de cabeça por uma noite mal dormida, as juntas todas doloridas por ter dançado durante o show todo... poderia nao ir mais nem um dia que já valera a pena... Fora que o show foi regado por gls a todo lado... havia gente de tudo quanto é canto da região... parecia uma parada... rsrsrs


Diferente, mas muito bom... E agora estou naquela fase de lapidar minha pérola interior... buscar a felicidade... do meu jeito, mesmo em meu mundo alternativo... nao sendo um mundo fácil e muito menos aceito pelas pessoas, por isso vamos criando nosso mundo alternativo, pra que ninguém faça de você o que já foi feito tempos atrás...


O mais engraçado é voce no meio dessa patuscada, encontrar pessoas que te condenam pelo que voceê é ou entao condenam estar ali nessa situação, ainda mais sendo ela espírita assumida em suas canções... ver pessoas que defendem a radicalidade... dançando pulando, bebendo etc... é surpreendente... bom por um lado por ver que abriram os olhos, talvez e triste por saber que vivem uma duplicidade... Um ex-amigo, se é que existe esse termo, pois amigo que deixa de ser nunca o foi... Estava la, na maior folia, na maior empolgação, com o namorado (que mora em outra city - Orlandia)... pois é... e eu que sou... deixa pra lá... é muito bom perceber que Deus é justo e sentir alívio por nao se deixar levar pela mesquinheza de muitos... Se alguns quiserem me condenar, que condenem, já fui condenado mesmo... mais do que já me condenaram na vida... isso é ficha...


só sei que agora sou: PÉROLA NEGRAAAAAAAAAA... e vamo cantando pra passar o dia...

terça-feira, 18 de maio de 2010


Todas as pessoas, por mais fortes que sejam, passam por momentos de insegurança. Isso não as faz menos fortes. a fraqueza surge apenas quando queremos fazer de conta que não passamos realmente por momentos de dificuldade e posamos de orgulhosos. Pedir ajuda a quem se confia não é má ideia, o grande lance é saber em quem confiar!!




Estou procurando alguém pra confiar...




Na verdade estou procurando alguém pra me proteger... Hoje recebi essa mensagem em um email e achei interessante, pois ontem havia posto a mensagem em meu msn: Pros outro o melhor pra mim... Essa reticencia tem um significado interno pessoal... to cansado de ajudar a todos a minha volta, to cansado de ser considerado o bonzinho... se é que consigo mudar essa imagem que as pessoas tem, claro que nao irei sair por ai fazendo estripulia, apesar da vontade. Só cansei de proteger e nunca ser protegido... quero alguem que me proteja, que se preocupe comigo... cansei de sofrer sem causa... ou por causa de outrens... Estou tentando sobreviver nesse mundo mesquinho onde as coisas são todas camufladas, onde as pessoas ao invés de cuidarem de si mesmas, fazem o possível pra cuidar da sua vida, aliás pra detonar a vida da gente... eu cansei disso... cansei de sofrer esperando pra ser feliz e nunca ser... Sonhar e nunca alcançar... Eu DESISTO...




Desisto de ser feliz, de alcançar os sonhos, as metas, DESISTO da vida... desisto dos outros e de mim mesmo...


simplesmente DESISTOOOOOO

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Marionetes...


Hoje comecei o dia com essa imagem... marionetes, até procurei uma imagem que pudesse externar tal figura...


A cada dia que passa tenho a plena certeza de que a sociedade em que vivemos possui um pré conceito das coisas, pois nao possui o suficiente grau de pensar por si só... buscam e defendem valores, que outros deixaram, ou entao que outros insistem por defender, esquecendo que todos nós somos livres e temos o direito de pensar por si só, com sua própria cabeça e com isso chegar a conclusões únicas e particulares diante da sociedade que nos tenta em fazermos engolir os pré conceitos que são inseridos pela massa... Massa essa que muitas vezes pensam somente em si, em suas necessidades e prioridades pessoais...

Vocês podem estar se perguntando por que motivo, causa, razão e/ou circunstância eu estou dizendo tudo isso... Na verdade nem eu sei ao certo... Só senti a vontade de externizar esse grito que muitas vezes fica abafado dentro de nós por grandes pensadores, filósofos, políticos, religiosos etc. e que muitas vezes acabam por engolir os nossos pensamentos e vontades, fazendo de nós como marionetes que não possuem vontade própria. Quantos conceitos guardamos dentro de nós sem ao menos questionarmos o por quê das coisas, simplesmente ouvimos e acatamos, não fazemos menção de nada... Apenas engolimos o que outros regojitam... nao temos mais a preocupação de questionar, de entender... simplesmente aceitamos e pronto!!!


por isso, eu cansei de ser marionete, e estou vivendo por mim mesmo... com meus conceitos, vontades e sentimentos... e os outros que querem continuar como marionetes... que me desculpem... mas...

Análise pessoal da música: Hoje Muitos choram...


A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.

Sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam.

Fazer de conta que tudo está bem, quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar. Calar-me para ouvir, Aprender com meus erros, afinal eu posso ser sempre melhor.

A lutar contra as injustiças, sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.

A ser forte quando os que amo estão com problemas, ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho, ouvir a todos que só precisam desabafar.

Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos, perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão, amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor.

Alegrar a quem precisa, pedir perdao, sonhar acordado, acorda pra realidade (sempre que fosse necessário), aproveitar cada instante de felicidade.

A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar, ensinou-me a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las, a ver o encanto do pôr-do-sol.

A sentir a dor do adeus e do que se acaba, smepre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser. A abrir minhas janelas para o amor e a não temer o futuro.

Ensinou-me e está me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá=lo como um diamante que eu mesmo tenho que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.

Como está meu coração...


Hojes muitos choram... mas não desistem de viver...


O vento bate na janela

Eu busco asas pra voar

Pra bem mais perto de você

Bem mais perto de você


Estamos livres, mas sozinhos, abandonados

Por quem tinha que nos defender

Por quem tinha que nos defender


Hoje muitos choram, mas não desistem de viver

Hoje muitos choram sorrindo...


A vida passa como um rio

E não é mais tudo tão lindo

nos resta apenas confiar em Deus

nos resta apenas confiar

São só palavras e promessas dissimuladas, sem noção

Que muitas vidas correm em suas mãos

Que muitas vidas correm em suas mãos


Hoje muitos choram, mas não desistem de viver

Hoje muitos choram sorrindo...


Meu último final de semana...


Um pouco atrasado pra postar, mas eis meu último final de semana e inicio do mes de maio...




Terminei de ler o livro O curioso caso dos quatro(GLS), muito bom por sinal caso alguem o queiro o tenho como e-book. e Terminei também de assistir a série Kyle XY: ( Um Jovem de 16 anos que acorda numa floresta á beira de Seattle, nu e sem lembrança de sua vida. Ele é como um bebê em sua flata de conhecimento da vida social humana. Essa série acompanha a vida de Kyle enquanto ele tenta decifrar os mistérios que o rodeiam...) Uma série que nos leva a questionar alguns pontos de nossas vidas. Fora algumas frases marcantes como: "Nossa realidade é apenas uma cópia imperfeita do mundo das ideias que é o mundo perfeito e imutável." Entre tantas outras...




Estou passando por um período de muita reflexão pessoal, como sou muito racional e pensante, estou pensando em tudo ultimamente, até entao nao sei o por quê, sempre que passo por períodos assim, alguma decisão tenho que tomar em breve, é como se já me precavesse por algo que está a acontecer... mas, deixarei isso pra mais tarde, quando realmente precisar decidir algo em minha vida. Só preciso por pra fora um pouco desses sentimentos que venho guaradando dentro de mim...


Sexta fui a noite com um amigo a uma boate gls, e percebi que precisava desse momento, de estar no meio de semelhantes, agir com naturalidade, sem o peso do pré conceito, sem as ideologias que encontramos por ai. Apenas fiz o que se faz nesses lugares... rsrs dançar... e percebi o quão solitário sou... bateu um misto de alegria e tristeza ao mesmo tempo, pois percebi que por mais que seja eu nao sou rsrsrs(confuso!!!) fora o sentimento de inveja de ver os casais...

No sábado fui pro seminario, onde participo como formador, fui convidado a ir a um aniversário, até gostaria, mas devido a escassez financeira, e tambem por ter compromisso no domingo de manhã, fiquei assistindo filmes, peguei uma nova serie (Dante Cove's) alem de deparar-me comigo mesmo, com minhas realidades internas e profundas, percebi que em nem um momento da minha vida me admirei pelo que sou ou como sou... lembrei de tudo que já passei, que enfrentei, todas as frustrações, decepções etc.

No domingo de manhã fui fazer a palestra, o compromisso que tinha, fui falar um pouco sobre SANTIDADE. Quanta responsabilidade, pois meu conceito de santidade está muito diferente do que era há uns 4 anos. Mas foi um momento muito bom, fazia tempo que não me sentia bem falando de Deus., sentia um pouco de saudade dessa sensação. e vi que as coisas tem sempre que partir da gente, nao podemos ficar esperando pelos outros. A tarde estava quase me resolvendo ir ao aniversário, mas preferi continuar no meu mundo alternativo, refletindo um pouco mais sobre a vida... além de me encontrar decepcionado com algumas pessoas que estariam nesse tal aniversário, fiquei estudando mais um pouco... Meu coração está ardendo, mas nem sei ainda o por quê, é como se estivesse sentido algo de antemao. Uma vontade de ficar quietinho no meu canto, chorar um pouco...


Cadê meus amigos??? Cadê aqueles que diziam/dizem me amar??? Que admiram etc... Cade esse povo?? Pra onde foram? Se é que existem ainda, ou existiram... acho que nao passa de utopia... Esse fim de semana foi ímpar, de por pra fora as feridas que há muito venho guardando...Precisa me expor pra mim mesmo... quanta coisa, quanta casca de feridas... Fora a saudade que de repente bateu, no sábado fez 16 anos que meu pai faleceu... parece que foi ontem...


Mas, mesmo diante de tudo isso ainda estou firme, até quando??? Prefiro nem pensar pra não sofrer ainda mais. Sei que essa constante (SOLIDAO) é algo que me acompanhará por um longo tempo...