terça-feira, 30 de novembro de 2010

Como sao as coisas...

Foi escrita ha um tempo e nao havia postado...


Hoje amanheci, jururu, bem pra baixo sabe... Sabe aqueles dias q voce quer ficar deitado o dia todo quieto num canto, de preferencia no quarto em sua cama... esse dia seria hj... Isso mesmo, seria, pois nada na minha vida é como gostaria que fosse. Sempre com mudanças de planos por vontades alheias... Fui no inglês e tive que compartilhar minha aula, pois a professora marcou outra aluna no mesmo horário e esqueceu de avisá-la... alias acordei com minha mae enchendo a paciencia... fui na igreja pra tirar uma bendita foto pro jornal e nao apareceu ninguem...Agora entrei no msn e de repente uma pessoa começou a tc comigo, comentou da minha frase, isso porquê nao tinha a intenção de provocar conversa, muito pelo contrário, e nao é que a conversa rendeu uns 30min, e foi como um desassossego pra alma... nunca tinha conversado com o carinha, quase deletei seu msn essa semana, em uma loucura que me deu em limpar msn e orkut, mas o dele permaneci... e hoje tive a ilustre visita e de poder conhece-lo melhor, pois das outras vezes o vi como um ser exotico exteriormente, e me deparei com uma criatura muito alem do que imaginava encontrar, e pra espanto a pessoa tambem tem blog, acho que pessoas pensante pensam e conversam em blog, ate porque nao ha com quem conversar papos cabeças, e foi o que nos aconteceu, sabe aquele amor a 1ª vista??? mas nao um amor sexuado e sim de almas, almas irmãs, ou gemeas... separadas por alguma coisa e com necessidade de se encontrar hoje, nao sei se teremos outras conversas, só sei que foi impar e muito preciso para o momento em que estou vivendo...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

BULLYING: Palavra estranha , mas c/significado de algo já conhecido. Vem do inglês e quer dizer "AMEDRONTAR" . Refere-se a atitudes ameaçadoras q. por meio de agressões físicas ou verbais e q. podem impedir o desenvolvimento FISICO e EMOCIONAL saudável. È a gressão física ou emocional que seja praticada contra uma criança. É o que ocorre com freqüência tendo como alvo aquela cça magrinha que passa a ser denominada “palito”, a alta que vira a “girafa”, o obeso que passa a ser conhecido como “baleia”, o de óculos que se transforma no “quatro olho” assim como o “vesgo”, o “barrigudo” , t ambém é muito comum em crianças Hiperativas Se demonstrarem aborrecimento, então é pior, a carga é maior e se perpetua pelo simples prazer de saber que o alvo foi atingido. Outras ações também podem estar relacionadas ao BULLYING, além de colocar apelidos, gozar, ridicularizar, expor a situação vexatória. Caracterizam-se por excluir, isolar, intimidar, dominar e ofender. E nao acontece apenas com crianças, há casos com adultos....

domingo, 21 de novembro de 2010

Poderia ser eu...

A cada dia que passa nossa sociedade está aterrorizante, para um público seleto no nosso país... Estou indignado, triste, com medo, com raiva etc... Esta última semana nao foi muito boa para o meio gltbs(gays, lésbicas, transexuais, bissexuais e simpatizantes). Vejam:


• Segunda(15/11) houve no Rio de janeiro a Parada Gay e logo após a Parada, um policial atirou em um jovem em sua barriga, simplesmente por ele ser homossexual (http://www.estadao.com.br/noticias/geral,jovem-agredido-apos-parada-gay-no-rio-recebe-alta,640387,0.htm)

• Na manhã do dia 14, 05 jovens agridem um jovem gay que estava voltando para sua casa com mais dois amigos da balada, sem mais nem menos o jovem chegou agredindo-o com uma lampada fluorescente, causando inumeros ferimentos no rosto do jovem homossexual. Ainda o sacana em seu depoimento disse com todas as letras que bateram no jovem por ele ser homossexual...

Estou horrorizado com tamanha... nao tem nem palavra pra dizer, tamanha crueldade, tamanho desrespeito para com o ser humano. Fico me questionando o que passa na cabeça de pessoas assim... Será que pensam que os homossexuais são animais, como pensavam dos negros anos atrás... Estamos chegando em um tempo de intolerância zero em todos os sentidos, com essas violencias a unica coisa que podem gerar é mais violência. E o pior de tudo que em ambos os casos os "santos" estão soltos por ai para fazerem mais vitimas... A lei ainda protegem pessoas como essa... Cadê o tal dos direitos iguais??? De-me meia hora com um do dois. São valentoes pois ou estao armados ou estao em bandos, claro pois sozinhos nao conseguiriam fazer o mal que gostariam... Fico inconformado com atitudes dessa e lamento muito pela nossa justiça. Como pode em casos como esse deixar os vilões livres...

Penso comigo que isso poderia ser com qualquer um, até mesmo comigo, com um amigo, com voce, parente seu. E aceitaríamos numa boa???

Nao sou a favor a lei da homoobia, porem quando vejo situações como essa, fico pensando que nao seria melhor??? Do mesmo modo que eles têm direito a ter uma vida livre, nós homossexuais também temos e precisamos de liberdade.

Estamos cansados de termos que viver trancafiados, pois o mundo social nao aceita, isso quer dizer que o mundo social nao aceita o ser humano? Só por ser tendente ao homossexualismo?? Onde é que vamos parar minha gente...

Voce já se feriu alguma vez com lampada fluorescente??? Sabe o mal que o conteúdo dela faz a saúde e à pele??? Eu já me machuquei com lampadas desse tipo uma vez, por acidente, e te falo que a recuperação da pele demora meses, e dependendo da gravidade nem ha recuperação. E onde os safados arranjaram essas lâmpadas, àquela hora da madrugada, com certeza nao foram a uma venda comprar. É extasiante.

O outro caso entao, pior ainda né, esperamos o que dos militares??? A nossa proteçao!!! Proteção como, se eles estao nos matando??? E o coitado nem preciso foi ainda... o justiça... tudo isso por causa da Parada??? Por ver inumeros jovens nas ruas dizendo o que é... Nao sou militante e nao sou a favor de Parada, fui em uma em Sertãozinho... e vejo que nao precisaria disso se todos respeitassem uns aos outros pelo que são... Agora a ir e atirar em um rapaz só por ser homossexual... isso é demais, mesmo que o rapaz o tenha paquerado, bastava dizer que é hetero, ou que nao estava afim, sei la... agora sacar a arma e atirar na barriga...

Eu nao sei onde iremos parar com tudo isso, sei que isso nao agrada em nada, pois se a justiça nao tomar uma atitude irá começar uma guerra... onde todos começaram a lutar pela sobrevivencia humana de si mesmo...

É triste saber de notícias como essa... as vezes voce pode pensar, claro o rapazinho deveria estar saltitando pelas ruas de São Paulo ou Rio, mas na verdade nao os caras sao mais machos que eu... nao dão pinta alguma de sua sexualidade e mesmo se dessem...

Quando li a noticia na segunda e na terça, chorei... pois poderia ser eu... ou qualquer um de nós...



Ultimamente tenho falado demais, aliás escrito... as palavras borbulham em minha cabeça e nao consigo conter, tenho que por pra fora, já que nao tenho ninguem pra escutar, se bem que mesmo tendo nao diria, devido a minha introspecção...
Com isso, ontem fiquei pensando e refletindo quem eu sou... e cheguei a reconhecer que nada sou... nada tenho, nada posso... é uma constancia em minha vida. Viver sonhos irrealizaveis... querer coisas que nao posso alcançar ou ter...
Percebi que cheguei aos 30 anos como um zé ninguém, nao sou nada academicamente... vivo uma solidão inmensurável, sem amigos... famílias... tem hora que penso que a minha sina é ser só eu e eu e mais ninguém, as pessoas apenas passam, nunca ficam e com isso eu vou ficando sozinho...
Queria que tudo isso fosse um pouco diferente, ter pessoas amigas do meu lado, alguém para amar e cuidar e ser cuidado, muito mais cuidado do que cuidar. Ser feliz, ou ter momentos de felicidades, pois nem isso possuo...
Questiono-me como consegui chegar até aqui, nessa vida tão mesquinha, onde sempre fui prejudicado, sempre fui humilhado etc. Como consegui sobreviver as pedras no caminho, pedras que outros puseram ou jogaram enquanto eu estava caminhando. Ás vezes olhos no espelho e desconheço a pessoa que vejo...
Saudades de coisas que nunca tive... Vontades irrealizaveis, sonhos... é assim a vida de todos? ou apenas a minha? Olho as pessoas a volta e parecem tao felizes, rodeadas de amigos... enquanto eu to aqui... só... é tão difícil viver!!!
Tem dia que dá vontade de parar tudo e desistir de tudo, tamanha é a pressão que recebemos no nosso cotidiano... pressao, solicitação, as cobranças e tantas outras coisas que advem a nós sem nos pedir licença, comigo entao, nem se fala. Vivo em mundo de lágrimas, tristeza, solidão e melancolia... onde nada posso, nada tenho e nada sou...
Quero ser alguem pra mim mesmo e para os outros. Será que ainda está em tempo???
Ser um bom profissional, um bom filho, um bom amigo, um bom irmão etc... Ja estou partindo pra 2ª etapa da vida que é a vida adulta, onde nos firmamos, mas vou firmar em que, nas minha irrealidades, nos meus sonhos abortados... Já sonhei com tanta coisa, ja tentei tanta coisa, quando menos espero algo aborta tal situação... amigos a mesma coisa, namoro nunca procurei, mas temo que seja a mesma coisa... Entrei na faculdade 2x e as 2x tive que desisti, entre em curso tecnico 2x e nunca consegui terminá-los... coordenaçoes de grupo a mesma coisa, sempre tenho que sair antes de terminar o período, tem hora que penso comigo que isso seja muito alem da nossa vã sabedoria humana, o fato é que nao estou nada feliz com tudo isso... e eu quero ser feliz, ao menos um minuto em minha vida...
Creio que um dos maiores erros do ser humano atual é tentar se enquadrar nos padrões previstos pela sociedade. Todos somos diferentes em algo e viva a essa diferença!!! Eu não sou igual a ninguém mas já tive muitos problemas por isso até mesmo porque o diferente, o desconhecido ainda é mal visto.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Queer as Folk ... eu indico

Tenho falado muito sobre as séries que venho assistindo, já assisti inúmeras e estou agora vendo a 2ª temporada de Glee e juntamente a 4ª temporada de Queer as Folk... quem nunca viu é muito boa, é de temática gls e conta um pouco da vida dos gls, de como vivem nesse mundo cheio de preconceitos, claro que tem alguns exageros, mas em 90% do seriado é a nossa realidade: sofremos muito devido ao pré-conceito social... vai ai minha dica. Assistam, baixem-na na internet é de tirar o chapéu, fora que os personagens dao um banho de interpretação e na vida real nem um deles sao homos...



Queer as Folk é o nome de duas séries televisivas dramáticas de sucesso, criadas por Russell T. Davies. O título é uma paródia com uma expressão inglesa: “ninguém é tão estranho como nós” (”nobody is so weird as folk”), com “ninguém é tão bicha como nós” (”nobody is so queer as folk”). A série original começou a ser produzida em 1999 pela Red Production Company para o canal “Channel 4? britânico. Contava os conflitos diários de três gays que viviam em Manchester. A série adaptada é uma co-produção EUA–Canadá e começou a ser transmitida no ano 2000 nos canais Showtime (EUA) e Showcase (Canadá). Conta a história de cinco gays e um casal de lésbicas que vivem em Pittsburgh, Pennsylvania. Há diferenças óbvias entre as duas séries: primeiro na quantidade de personagens e enredos, segundo nas cenas de nudez. Esta série é um marco na luta dos direitos GLBT, pois investe num enredo sem cunho pornográfico ou apelativo, retratando homossexuais como pessoas normais, vivendo o seu dia-a-dia.

Acontecem...

Acidentes acontecem, e como acontecem, tenho percebido ultimamente que tenho sido espectador de inúmeras, será um aviso que logo será comigo, ou entao que devo ajudar mais o próximo... ah sei lá!!
Hoje ao ir pra recepçao do meu serviço, pois trabalho no 1º andar na sala de cadastro, e cubro a ausencia dos da recepção, de todos... e por falar estou na recepção neste exato momento, sou meio que macaco gordo do setor, sei de tudo, tudo tentam me envolver, até hoje nao entendo o motivo... mas voltando, quando estava em uma dessas mudanças chegando o que vejo um acidente de moto, uma moto entrou na trazeira de uma brasília azul e nao amarela, por sorte nao aconteceu nada grava, apenas furou o pneu da brasilia e o cara lesionou o braço, mas nada que uma pomada anti-inflamatória nao resolva, mas o meu abismar com isso, é que essa cena tem ocorrido com muita frequencia aqui em frente, uns falam que imprudencia do motorista, outros jogam a culpa no motoqueiro que vive a correr, mas ninguem olha o asfalto... é isso mesmo o asfalto!!! O asfalto ta imperfeito com varios desniveis, lombadas que nao deveriam ter provocada pelo próprio asfalto de qualidade muito boa, boa pra quem vendeu ou comprou pois pros motoqueiros e motoristas que utilizam diariamente é um risco e traumatizante pra nós que vemos isso diariamente, acho que acontece a cada semana, quinzena um aqui em frente, a moço do PS ja ate conhece minha voz...
Precisamos fazer alguma coisa, mas o que??? Pra pedir voto minha amada "patroa" deixou seu trabalho, porém pra ver tais coisas ela nao é capaz, tem muito trabalho...

Estou indignado... e fica a pergunta: qual será o proximo a cair???

Vamos cantar um poukin

Humano demais




Eu fico tentando compreender

o que nos teus olhos pôde ver

Aquela mulher na multidão

Que já condenada acreditou

Que ainda havia o que fazer

que ainda restara algum valor

E ao se prender em teu olhar

por certo haveria de vencer



E assim fizeste a vida retornar aos olhos dela

E quem antes condenava se percebe pecador

Teu amor desconcertante

força que conserta o mundo

Eu confesso não saber compreender



Sou humano demais pra compreender

humano demais pra entender

Este jeito que escolheste de amar quem não merece

Sou humano demais pra compreender

humano demais pra entender

Que aqueles que escolheste e tomaste pela mão

Geralmente eu não os quero do meu lado



Eu fico surpreso ao ver-te assim

trocando os santos por Zaqueu

E tantos doutores por Simão

alguns sacerdotes por Mateus

E, mesmo na cruz, em meio a dor

Um gesto revela quem tu és

Te tomas amigo do ladrão

só pra lhe roubar o coração



E assim foste o contrário, o avesso do avesso

E por mais que eu me esforce

Não sei bem se te conheço

Tu enxergas o profundo, Eu insisto em ver a margem

Quando vês o coração, Eu vejo a imagem



Insônia...

Vivo esse mal, constantemente, devido a depressao crônica sempre dá essas esquisitices, nao durmo direito desde quinta passada, se durmo umas 2 horas é muito... não aguento mais... Tenho depressão cronica e quimicamente, o corpo nao produz lítio adequadamente, ai preciso repô-lo... Mas hoje conseguir durmir 1h30 +/-. e parece que dormir bem, até o momento de alguém vir me atazanar, pois quando estou nessa fase fico muito sensivel. Com tudo aflorado, mas tudo mesmo... nao pode nem relar, o corpo dói, dói de dor mesmo sabe... ontem nem fui ao ensaio devido ao trabalho e a instabilidade, é melhor ficar quieto nessas horas... muito quieto, mais do que já sou/estou...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Eu procuro/busco você

Ao me cair o Céu me ouve agora, Estou perdida sem razão depois de me entregar por inteira.
As tempestades de Inverno vieram e escureceram meu sol, depois de tudo que passei a quem posso me voltar?

Eu procuro você (2x)

Depois que toda a minha força se acaba é em você que posso ser forte

Eu procuro você (2x)

E quando as melodias se acabam é em você que ouço uma canção, eu busco você

Depois que perco a respiração não há mais motivo pra lutar, não há mais pensamentos de se reerguer. Procurando por aquela porta aberta. E cada caminho que tomei, levou-me ao desgosto. E não sei se irei fazer algo a nao ser levantar a minha cabeça

Eu procuro você


(Ponte)

O meu amor foi todo destruído (oh Senhor)

As minhas paredes caíram sobre mim

Caindo sobre mim (a chuva está caindo)



A chuva está caindo

A derrota está chamando (me liberte)

Preciso de você para me libertar

Leve-me para longe da batalha

Preciso de você para brilhar sobre mim



(Coro)

Eu procuro você

Eu procuro você

Depois que toda a minha força se vai é em você que posso ser forte



Eu procuro você

Eu busco você

E quando as melodias se vão é em você que ouço uma canção

Eu procuro você


Eu procuro você...

I look for/to you!!!

Sou tradutor, quase formado, tive que trancar matrículas devido a problemas financeiros, mas amante da tradução e faço ainda alguns bicos com traduçao, e essa semana recebi o pedido para fazer a tradução de uma música da Whitney Houston "I look to you!!" e por coincidencia essa foi uma das músicas do Glee, do 4º episódio, onde o pai de Kurt está em coma e Mercedes sua amiga canta esta canção para animá-lo... já era apaixonado por Whitney, agora sou ainda mais... como um bom tradutor antes de pormos a mao na tradução e começar a traduzir, precisamos pesquisar, saber a história do cantor, o motivo pelo qual ele escreveu a música, a intenção, para quem e assim por diante... e todos ao ouvirem essa música pensam em uma música romantica, de amor e tal, pasmem!!! é uma oração que ela faz a Deus em um momento de muita dor pra ela, onde está enfiada nas drogas e nao sabe como sair dessa vida... e diante de tudo que acontece... perda dos amigos, da família, carreira... ela escreve cantando a Deus essa oração... pedindo uma nova chance, antes de morrer... depois postarei uma das traduções que fiz da música, fiz três... normal... tradutor é meio louco mesmo rsrsrs... e depois que cheguei a essa pesquisa fui escutar a música... nao teve como nao chorar, pois muitas vezes me sinto assim no chão sem forças para levantar e continuar e a única coisa que podemos fazer é ir em busca de Deus, fonte de toda inspiração... fazia tempo que nao tinha um momento assim com Deus de chorar minhas dores, expor meus sentimentos, minhas decepções e frustrações... foi impar esse momento, posto a música em inglês... se tiver a oportunidade de ouvi-la... não perca tempo ouça... ela foi escrita como I look for you ou seja, Eu busco você, mas como músico sabemos que a palavras que perdem a sonoridade ao serem cantada, principalmente com a voz de Whit(só pros intimos tá), entao teve que alterar o for para to, que altera um pouco no significado, mas nao perde a essência...



I Look to you!


As I lay me down

Heaven hear me now

I'm lost without a cause

After giving it my all



Winter storms have come

And darkened my sun

After all that I've been through

Who on earth can I turn to?



(Chorus)

I look to you

I look to you

After all my strength is gone

In you I can be strong



I look to you

I look to you

And when melodies are gone

In you I hear a song I look to you



(Verse 2)

After I lose my breath

There's no more fighting left

Thinking to rise no more

Searching for that open door



And every road that I've taken

Led to my regret

And I don't know if I'm gonna make it

Nothing to do but lift my head



(Chorus)

I look to you

I look to you

After all my strength is gone

In you I can be strong



I look to you

I look to you

And when melodies are gone

In you I hear a song

I look to you



(Bridge)

My love is all broken (oh Lord)

My walls have come (coming down on me)

tumbling down on me (All the rain is falling)



The rain is falling

Defeat is calling (set me free)

I need you to set me free

Take me far away from the battle

I need you to shine on me



(Chorus)

I look to you

I look to you

After all my strength is gone

In you I can be strong



I look to you

I look to you

And when melodies are gone

In you I hear a song

I look to you



I look to you

I look to you...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Só quem já viveu sabe como é...

Tem certas coisas na vida que só quem já viveu ou vive sabe explicar. Há situações que nem as explicações conseguem se justificar aos efeitos que algumas atitudes causam.
Creio que deva ter lido nos jornais ou ouvido nos tele-jornais(agora eh separado) sobre bullyings. Palavra inglesa que tenta descrever a violencia física e psicologica intencionais e repetidas com o objetivo de intimidar ou agredir outro individuo que nao seja capaz de se defender, que pode ocorrer na escola, faculdade, trabalho etc.
Quanodo criança fui cometido por várias vezes por essa atitude, em varias situações ate mesmo dentro de casa e na igreja... Hoje vejo que fui forte em ter suportado algumas determinadas situações, algumas atitudes de pré conceitos que tive que enfrentar. Pessoas que se sentem maiores que as outras tentam intimidar pelo simples fato de alimentar o seu ego. Na escola recebia inumeros apelidos pelos moleques das turmas, ainda mais por ser diferente, gostar de estudar e sempre tirar notas boas, isso trazia constante desaprovação social... ja sofri de tudo o que possa imaginar: xingado, trancado no banheiro, ficar sem meu trabalho de escola... e o mais dificil de tudo é que tinha que enfrentar tudo sozinho, pois ninguem acreditava em mim, um outro problema que leva ao bullying o fato de ser o caçula em casa tinha que obedecer a todos os mais velhos, senao caia na cinta... Na igreja por possuir tendencias fui perseguido por uma turma, dizendo que estava com o capeta... ate explicar, cheguei a perder amizades devido a comentários maldosos desse povo, ainda uma semana atrás uma amiga antiga estava contando o que lhe disseram, os absurdos...
Escrevo isso para que as pessoas prestem mais atenção a sua volta, muitos estao sofrendo disso do nosso lado e acabamos por achar tais brincadeiras engraçadas, mas na verdade é mais um sendo vítima... e saiba que a vitima nunca reclama... aceita as insinuaçoes, brigas etc...
Só estou escrevendo pois há campanhas serias pra isso, mas precisamos de que todos tenhamos consciencia do que seja bullying...

As pessoas pensam...

Estou mais uma vez vivendo aquela fase de solidao, de repente olho pros lados e cade todo mundo???
Cadê os amigos, aqueles que diziam que aconteça o que acontecer estarao do nosso lado... Simplesmente sumiram... todos!!! ate os alternativos...
Um dia desses um disse que sou forte, que consigo lidar com situações dificeis... engano dele... sou tão fragil como uma pétala de rosa branca ao sol... sozinho nao sou nada e ninguem... acho que minha maior doença é essa ser apegado ao humano, as pessoas e as pessoas nao serem a mim...
Olho no espelho e vejo uma pessoa de 30 anos com alma de 60... passei por tantas dores, por tantas dificuldades, tive que me amadurecer antes de todos... Cade todo mundoooooooooooooooooooo!!!

Saudades do que nunca tive...

Demoro para aparecer, mas quando aparecço também... só lágrimas que corre...

Semana passada vi uma cena que me causou tamanha inveja... Um pai e um filho em uma lanchonete conversando, falando de mulheres, do trampo entre outras coisas... fikei vendo aquela cena com uma profunda dor no coraçao, uma saudade... saudade de algo que nunca tive e nunca terei, de um momento assim como esse... de sentar com o pai e conversar os assuntos mais banais possíveis, asneiras, tirar dúvidas... ou as vezes simplesmente abraçar meu pai... Um pai que nunca tive, meu pai morreu quando tinha 14 anos de idade, mas nunca foi um pai presente, devido ao vicio do alcool... cheguei a ficar meses sem ve-lo, pois saia sem ter acordado e chegava ja tinha dormido...
Vendo essa situação bateu uma saudade de um pai, daquela pessoa em quem temos mais medo do que nossa mae, respeito com suas opinioes, mesmo estando errado na maioria das vezes, saudades de uma conversa franca sobre sexualidade entre outras coisas... coisas que nunca tive em casa e nunca terei...
Confesso que naquele momento desejei estar no lugar daquele jovem, conversando, rindo com meu paipai... porém sai com os olhos em lagrimas, com a voz embargada e com o unico sentimento no coraçao: SAUDADES, DO QUE EU NUNCA TIVE...