segunda-feira, 29 de junho de 2009

Nunca dê conselhos:
Os ignorantes nao darão atenção a eles
e os mais sábios não necessitam deles....
Voltar atrás é melhor do que
perder-se no caminho...

OS 3 R

R espeite a você mesmo
R espeite aos demais e
R esponsabilidade para todas as suas ações

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Adeus, Michael Jackson... buaaaaa

Ai vao algumas imagens do meu Rei, do nosso Rei do pop...





















Estou extremamente triste!!! Meu amado amigo, irmao Jackson veio a falecer... como assim??? A síndrome de Peter Pan nao funcionou... mesmo com todas as acusações, todos os boatos, ele pra mim nunca deixou de ser meu Michael...Na flor da idade, ainda um menino... O que vai ser de nós do meio??? A dor é incomensurável, insuportável pensar no mundo sem ele, um negro e um "homo" que fez a diferença no mundo... Ele fez a diferença na minha infância/adolescência, ainda semana passada estava baixando algumas músicas dele... black and white, we are the world... e tantas outras... Revolucionou o campo da dança, da música pop... A saudade será muito grande... Hoje o mundo chora, todas as classes... quem nao conhecia Michael??? DIFICIL dizer quem não o conheceu, o respeitou, o amou...

Imagens...

As imagens nos dizem muita coisa...


















terça-feira, 23 de junho de 2009

Amenidades...

Quanto tempo não faço um comentário do meu próprio punho... só tenho postado músicas que fala do momento em que estou vivendo...
Estou passando por uma fase de reconhecimento dos meus próprios valores... até que enfim né... isso mesmo, cansei de ficar me preocupando com o que os outros pensam ou deixam de pensar a meu respeito. Estou me assumindo como sou, com minhas incertezas, limitações, medos etc.
Vivo uma fase muito maluca, fazendo novas amizades, conhecendo novos ambientes, saindo mais pra ser mais notado pelas pessoas, ou seja, estou me impondo ao mundo... como realmente sou... Até minha máe tem assustado com meu jeito de estar vivendo, pois nao saia, ficava em casa a frente do pc e pronto... agora nao to tendo tempo pra isso muito... são tantos compromissos que às vezes nao sei qual escolher, como é diferente... Claro que ainda há o medo do novo, medo de sofrer as pedras que a vida nos impõe, mas dessa vez nao quero ficar esperando por esse diferente e sim eu ir fazendo o diferente acontecer em minha vida, já que sou diferente mesmo rsrs então assumamos a diferença... Com isso, algumas coisas têm ficado pra trás ou de lado, tenho me comprometido menos com as coisas cujo me comprometia muito e sofria mais ainda, pois deixava de viver a minha vida para a viver a vida de outros, de outra realidade... Escutava os problemas de todos e nao dava voz aos meus, ou entao fugia deles... Hoje tenho encarado a minha vida, primeiramente, pra depois ver a vida dos outros... Até porque todos temos problemas e só quem os vive sabe o tamanho que são.
Tenho saido mais, ido aos bares da city e fora dela, este fim de semana fomos a Ribeirão Preto em um show(Adriana Calcanhoto) na 9º Feira do Livro, estava maravilhosa... fizemos amizades novas... fomos a lugares que nos identificam melhor...como somos... foi maravilhoso...Voltamos e ainda saimos...
Com muita sobriedade tenho vivido momentos muito agradáveis, nao sei ate quando irá durar este momento, apesar de todos os pesares vejo que demorei demais pra acordar e ver esse lado, esquecer um pouco as pedras que ja levei e seguir a vida... se bem que se vier ser apedrejado novamente com certeza irei encarar de forma diferente, pois sei tudo o que possso vir a sofrer e os meios como superar, até porque na vida tudo passa, ate mesmo a vida passa e muitas vezes ela passa sem percebermos pois nos atemos aos problemas e as dificuldades e esquecemos de viver um dia de cada vez...

Por isso estou libertando-me de mim mesmo... móh loucura... mas essa era a minha realidade, era preso a conceitos que vinham de frente com minha realidade de vida e estou tirando do caminho essa realidade...

Abraços, deixa eu trabalhar um pouquinho!!!

I'm yours... only yours!!!

I'm Yours
Jason Mraz
Composição: Jason Mraz


Well you done done me and you bet I felt it
I tried to be chill but you're so hot that I melted
I fell right through the cracks, now I'm trying to get back

Before the cool done run out, I'll be giving it my bestest
And nothing's going to stop me but divine intervention
I reckon it's again my turn to win some or learn some

I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm yours

Well open up your mind and see like me
Open up your plans and damn you're free
Look into your heart and you'll find love love love

Listen to the music of the moment baby sing with meI like peaceful melody
It's your God-forsaken right to be loved love loved love
loved

So I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
This is our fate, I'm yours

I've been spending way too long checking my tongue in the mirror
And bending over backwards just to try to see it clearer
My breath fogged up the glass
And so I drew a new face and I laughed

I guess what I be saying is there ain't no better reason
To rid yourself of vanity and just go with the seasons
It's what we aim to do, our name is our virtue

I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
It cannot wait, I'm yoursI won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
This is our fate, I'm yours

Well open up your mind and see like me
Open up your plans and damn you're free
Look into your heart and you'll find that the sky is yours

Please don't, please don't, please don't
There's no need to complicate
Cause our time is short
This oh this this is out fate, I'm yours!

GOSTAVA TANTO DE VOCÊ!!! E AINDA GOSTO...


Gostava Tanto De Você


Composição: Edison Trindade


Nem sei porque você se foi

Quantas saudades eu senti

E de tristezas vou viver

E aquele adeus, não pude dar

Você marcou em minha vida

Viveu, morreu na minha história

Chego a ter medo do futuro

E da solidão, que em minha porta bate



E eu

Gostava tanto de você

Gostava tanto de você


Eu corro fujo desta sombra

Em sonhos vejo este passado

E na parede do meu quarto

ainda está o seu retrato

Não quero ver pra não lembrar

Pensei até em me mudar

Lugar qualquer que não exista o pensamento em você...


E eu

Gostava tanto de você

Gostava tanto de você

domingo, 21 de junho de 2009

Momento arco-íris






Um grande clássico da música mundial... e que de certa forma nos diz muita coisa... principalmente ao momento em que estou vivendo... Vamos sonhar gente, pois não se paga nada:






Somewhere over the rainbow...






Dorothy



Somewhere, over the rainbow, way up high.



There's a land that I heard of



Once in a lullaby.



Somewhere, over the rainbow, skies are blue.



And the dreams that you dare to dream



Really do come true.



Someday I'll wish upon a star and wake up where the clouds are far Behind me.



Where troubles melt like lemon drops,



Away above the chimney tops.



That's where you'll find me.



Somewhere, over the rainbow, bluebirds fly.



Birds fly over the rainbow,



Why then - oh, why can't I?



If happy little bluebirds fly beyond the rainbow,



Why, oh, why can't I?










Tradução: Além do Arco-íris



Certa vez eu ouvi alguém contar:



que além sobre o arco-íris há um lugar,



Onde o céu sempre azul nos faz sonhar...



Onde a gente consegue os sonhos realizar.






Por isso, quando a chuva tamborila na vidraça da janela



eu olho a região do arco-iris, tão bela!






Onde o céu sempre azul nos faz sonhar,Onde a gente consegue os sonhos realizar!!!











terça-feira, 16 de junho de 2009

Se...

Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber?
Quando é assim
Deixa vir do coração
Você sabe que eu só penso em você
Você diz que vive pensando em mim
Pode serSe é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou não
Mas você adora um se...


Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a um
Sei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braille
Do que você decidir se dá ou não
Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber?
Quando é assim
Deixa vir do coração
Você sabe que eu só penso em você
Você diz que vive pensando em mim
Pode serSe é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou
você adora um se...

Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a umS
ei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braille
Do que você decidir se dá ou não
Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a um
Sei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braille
Do que você decidir se dá ou não

sexta-feira, 12 de junho de 2009

JOSE

JOSÉ

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?

e agora, você?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,
você que faz versos,
que ama protesta,
e agora, José?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
Sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro, sua incoerência,
seu ódio - e agora?
Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.José,
e agora?


Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse…

Mas você não morre,você é duro, José!
Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja a galope,você marcha, José!José, pra onde?

SUTILMENTE

Ha musicas que tem a sutil sutileza de agir sutilmente em nossas vidas... rs
E ha tambem aquelas em que demonstram em letras, melodias, ritmos etc, aquilo que ha de mais profundo dentro de nós... uma musica pouco conhecida cantada pelo Skank tem falado muito de mim e para mim aos/dos outros...




E quando eu estiver Triste simplesmente me abrace
E quando eu estiver Louco subitamente se afaste
E quando eu estiver Fogo suavemente se encaixe...


E quando eu estiver Bobo sutilmente disfarce...
Mas quando eu estiver Morto suplico que não me mate
não dentro de ti
Mesmo que o mundo acabe enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

Nando Reis e Samuel Rosa

quinta-feira, 11 de junho de 2009

CONFISSÕES

em breve...

terça-feira, 9 de junho de 2009

Desejos...

Que fase mais óoo da vida, é essa que desejamos tudo... e nada ao mesmo tempo... quanto contraste em minha vida... E como sou nao muito normal, tenho desejos também não muito normais... de todos os tipos possiveis, claro que uns se agravam mais que outros... porem... eles la estao pra deixar a gente completamente confuso.... eu, mais especificamente.
É tão dificil se olhar no espelho e se perceber diferente do mundo, das pessoas com as quais convivemos, isso tem me feito pensar muito...tenho conhecido pessoas que possuem problemas semelhantes porem com uma visao diferente da minha realidade... isso tem me feito descobrir algo que antes nao me atinha a isso e agora estou mudando algumas pre opinioes... alguns conceitos... os que quiserem me criticar fiquem a vontade... ja passei por situaçoes muito piores
Entao vou viver... a minha maneira... com meus principios claro...

Voltando...

Depois de um tempo sem postar voltei...Estava muito cansado, com muito serviço e fora sem animo pra viver, por isso fiquei sem postar, e tambem teve a Festa da Soja e minha cidade, que fui todos os dias... experimentar algo diferente... Entao tentarei por em dia... meus sentimentos e pensamentos tantos que se passaram por esses dias...

terça-feira, 2 de junho de 2009

Alternatividade...

As vezes passamos por momentos tao complexos em nossas vidas, que é preciso utilizarmos dos recursos da alternatividade para podermos conseguir chegar a algum lugar. Estou vivendo um momento bastante depressivo, triste... agora o porquÊ nem eu sei... só sei que a unica vontade que tenho é a de chorar... e piora a cada dia mais... ja to acostumando com essa morbidez...
Semana passada tentei deixar de lado um pouco essa realidade indo a festa da soja, fui todos os dias, com uns "amigos" mas a festa acabou e a vida tem que continuar, com isso continuam os problemas também que nao sao nada poucos. Hoje nao fui a faculdade, to pensando em desistir...
Os problemas têm me sufocado de tal forma que nem pensar consigo... acho que ja faz um mês que nao vou as terças na faculdade tudo devido a uma amada professora... que nao simpatizo com o modo dela ensinar... e a determinadas exigências... com isso estou me f...
Tem os problemas emocionais que estao afloradissimos, essa tal solidão que me acompanha pra onde vou...nao sei mais o que fazer pra me livrar de tudo isso... sao cobranças de todos os lados possiveis... ja nao suporto mais a vida como ela é... Sabe quando perdemos a perspectiva de vida, a esperanca, vontade etc... é assim que me encontro... nao me espanto com mais nada diante de tudo o que ja passei nada pode me pasmar... Quero ser feliz como sou, mas o mundo nao nos permite tal coisa.
Este ano na festa me dei a oportunidade de conhecer uma alternatividade diferente, uma realidade que existe, porem nao a conhecia de perto e vi que nao sou tao diferente quanto pensava... descobri coisas que me entristeceu muito por tudo o que ja passei... descobri que há um mundo alternativo pra quem possui uma alternatividade ampla em seu intimo... e essa alternatividade é aceita de forma tao... sei la... achei estranho e legal ao mesmo tempo deixar de lado certos paradigmas e simplesmente ser a gente é no nosso mais intimo... o que mais me entristece hoje é saber que existe essa tal alternatividade... porem eu nao posso ainda fazer parte dela...